quarta-feira, 1 de abril de 2020

Pandemia x Eleição 
Da coluna do Mário Assunção (Portal Noca) 



No auge da pandemia do novo coronavírus no Brasil, nos deparamos com a finalização do prazo de transferência de domicílio eleitoral e filiação partidária para quem almeja ser candidato nas eleições municipais em outubro de 2020. Mesmo com todas as restrições do distanciamento social imposto pela pandemia, os políticos precisam decidir em qual partido político irá disputar a eleição vindoura.

Com a alteração das regras eleitorais que impõem o fim das coligações partidárias para vereador, o partido precisa ser todo montado com o máximo de candidatos possíveis e competitivos para conseguir o máximo de cadeiras no legislativo. 

No passado, os pretensos candidatos se filiavam em determinados partidos e na convenção em agosto os partidos faziam coligações para ficarem mais competitivos. Hoje, com o fim das coligações, a filiação partidária é o passo mais importante para o pré-candidato começar a alicerçar sua vitória nas eleições. 

Com essa mudança, fortalecem-se os partidos, antecipam as decisões, reduz o número de partidos na disputa e, consequentemente, o número de candidatos. Isso acontece porque é necessário que cada partido supere a barreira do coeficiente eleitoral para poder disputar as vagas ou terá que se aventurar na disputa das sobras.

Assim, como não houve alteração do calendário eleitoral, todos precisam até o dia 03 de abril para estarem devidamente filiados para concorrer nas próximas eleições.
Prefeitura recupera bueiro entre os bairros Campo de Belém e Fazendinha 


A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, está recuperando um bueiro triplo na 5ª Travessa São José, que interliga os bairros Campo de Belém e Fazendinha. Metade da rua foi arrastada quando o bueiro foi atingido por uma tromba d’água na última grande chuva na cidade.


“Infelizmente, no último sábado uma tromba d’água levou esse bueiro triplo, que tinha mais de 15 anos de executado, mas a força da água foi tão grande que levou. Nós estamos dando uma resposta à população com esses trabalhos em locais essenciais como este, que interliga dois bairros muito populosos da cidade”, frisa Murilo Novais, secretário de Infraestrutura.


O secretário lembra que tanto na zona urbana, quanto na zona rural, os trabalhos seguem firmes, mesmo com a equipe reduzida por conta da covid-19.
“Nós da gestão do prefeito Fábio Gentil estamos preocupados com o que está acontecendo, com as coisas que são de emergência. Nós paramos o nosso atendimento presencial na secretaria, mas às coisas que são essenciais estamos dando prioridade. Nós paramos obras que deram pra serem paradas, mas estamos concentrando todas as respostas nos casos mais urgentes e de extrema necessidade”, afirma Murilo Novais.

Ascom/PMC
Socorro Felix oficializa sua pré-candidatura, filia-se ao PTB e lança apoio ao grupo de Tino Castro e Magno Chaves, como oposição no Legislativo 


Como pré-candidata e despontando no cenário politico como um nome forte a uma vaga na Câmara Municipal, Socorro Felix nos respondeu ao perguntarmos sobre ser mulher e oposição: 

- Ser oposição não é ser do contra, mas, fiscalizar e cobrar em vias de fato, ações não realizadas com dinheiro público. Caxias, precisa de oposição, de pessoas com novo olhar, um olhar diferenciado e novas ideias frentes de nossos problemas e como mulher acredito e confio que seja possível fazer esta mudança tão necessária.

- Caxias nunca teve oposição de verdade, somente conveniência partidária e isto é percebido nas sessões realizadas no plenário da Câmara de nossa cidade.

Socorro é uma mulher de convicções, e uma delas é acreditar numa nova política para nosso município. Com decisão em estar no grupo de Tino Castro e Magno Chaves a mesma coloca que TINO CASTRO e MAGNO CHAVES é a opção de Renovação visada por muitos para mudar o cenário da Velha Política de Caxias. Contudo a pré candidata diz respeitar os demais nomes colocados a disputa majoritária. 



Ex-prefeita Luiza Rocha abandona 'Grupo da Esperança' em São João do Sóter 


A ex-prefeita de São João do Sóter (MA), Luíza Rocha (foto), abandonou seu grupo de origem o qual lhe deu dois mandatos de prefeita e, se juntou a outro grupo de políticos e empresários de São Luís. 

Os comentários nos bastidores da política sotense não são outros; se não a traição de Luíza Rocha ao Grupo da Esperança. 

Acreditando ainda ser unanimidade política entre os sotenses, ela abandonou amigos, familiares e eleitores para encabeçar uma aventura que não reflete uma situação sólida em termos políticos. 

Ao lançar-se como pré-candidata a prefeita, Luíza coloca em risco até a continuidade do trabalho do grupo que pertenceu a vida toda. Ela que anunciará no próximo sábado o partido ao qual deverá se filiar; com esta decisão pode favorecer o adversário e pré-candidato Wellington Moura, que comemora tal fato da ex-gestora municipal se aventurar no próximo pleito. 

De acordo com os analistas políticos, ao se candidatar, Luíza Rocha estaria rachando (tirando) um pouco dos votos do Grupo da Esperança, liderado por seu ex-marido Clodomir Rocha e fortalecendo indiretamente os ‘Mouras’. Sem fazer nenhuma análise da situação, a ex-prefeita coloca, familiares, amigos e a cidade na berlinda, pois sua candidatura não tem expressão. 

Luíza Rocha foi eleita prefeita por duas vezes em São João, com a força do grupo que pertencia, liderado por Clodomir Rocha, pai de seus filhos e ex-cônjuge. Clodomir, ao contrário, permanece firme liderando o Grupo da Esperança e, já manifestou seu apoio à atual prefeita Josa, eleita também com a força e liderança política de Clodomir. 

Desde que ensaiou sua candidatura, diversas lideranças políticas e comunitárias abriram mão de apoiá-la, entendendo que o atual grupo, que está à frente do executivo municipal, reúne todas as condições de manter São João do Sóter em pleno desenvolvimento. 

Por outro lado, as informações dão conta que o empresário que trabalha na área da comunicação em São Luís, e que seria o cabeça de "tramar” a candidatura de Luíza Rocha, nunca esteve em São João do Sóter e desconhece o contexto político local, que envolve o trabalho administrativo, construído por duas décadas pelo ex-gestor Clodomir Rocha que continua sendo uma das maiores lideranças políticas da região dos Cocais. 

Incrédula, a população sotense aguarda o desfecho dessa situação e, muitos já se questionam, se a ex-prefeita terá coragem de pôr em risco, um legado construindo pelo Grupo da Esperança com muita luta e até dor e percas irreparáveis. 

No final se o pior acontecer e o grupo de oposição liderado por Wellington Moura levar a melhor, não tenha dúvida que o fardo da culpa, será creditado na conta de Luíza Rocha, por familiares, amigos e políticos de toda a região.

fonte: Capital do Leste 
Pré-candidata a vice-prefeita de São João do Sóter, Rosa Bezerra, se filia ao PCdoB

A pré-candidata a vice Rosa Bezerra com o esposo
vereador Cleiton Bezerra 
A funcionária da Casa de Saúde, Rosa Bezerra, se filiou ontem, dia 31, ao PCdoB (Partido Comunista do Brasil). Ela é a pré-candidato a vice de São João do Sóter na aliança do PDT e do PCdoB que tem o ex-vereador Wellington Moura encabeçando a chapa. 

A saída de Rosa Bezerra do PSB, partido ao qual ela estava filiada, foi encaminhada na semana passada, e, a desfiliação junto ao TRE-MA foi oficializada no inicio dessa semana. 

A informação da filiação de Rosa Bezerra ao Partido Comunista do Brasil foi confirmada pelo deputado estadual Adelmo Soares. 
Junior Martins comemorou aniversário do filho em família 



O pré-candidato a prefeito de Caxias pelo PSC Junior Martins, junto com sua esposa Danielle,  realizou nesta terça-feira (31), em sua residencia, um evento simples para comemorar o aniversário de 11 anos do seu filho Pedro Martins. "Um bolo e muita alegria nos parabéns do aniversário do Pedro. Deus continue abençoando sua vida", postou Junior Martins na sua rede social Instagram (print acima). Aproveitando a oportunidade, este redator parabeniza o aniversariante Pedro, desejando-lhe felicidades e muitos anos de vida. 

SETUR lança edital do Programa "Tour Ilha do Tesouro" 
A medida visa auxiliar setores turísticos impactados pela pandemia 


Estão abertos os credenciamentos de serviços de hospedagem para atender futuras demandas da Secretaria de Estado do Turismo (SETUR) do Programa “Tour Ilha do Tesouro” que vai fornecer aos alunos do 2º e 3º ano do ensino médio da rede pública do interior do estado a oportunidade de conhecer os principais atrativos históricos e culturais de São Luís.  A medida, lançada agora, é uma das ações para tentar diminuir o impacto causado no setor hoteleiro do estado após a suspensão de voos e turismo causado pela proliferação do novo corona vírus no país.

O edital, publicado nesta segunda-feira (30), visa selecionar propostas para o fornecimento de voucher no quantitativo de 600 diárias, incluindo hospedagem e o fornecimento de café da manhã, a fim de atender as demandas do Programa “Tour Ilha do Tesouro”.

O secretário estadual de Turismo, Catulé Júnior adiantou que, por conta do caráter emergencial, o processo de participação precisa ser dinâmico para facilitar o credenciamento dos meios de hospedagem. “Obedecendo o edital, iremos dar agilidade ao processo, tanto nas inscrições quanto durante a análise da documentação exigida para que ocorra de forma rápida pela Comissão de Seleção. Essa é apenas uma parte do edital que também contemplará restaurantes da capital.”, explicou Catulé Júnior.

No edital consta que o valor do voucher a ser pago aos hotéis, pousadas e hostels credenciados no presente edital será de R$ 100,00 (cem reais) referente ao apartamento duplo. Os meios de hospedagem devem apresentar proposta para um quantitativo mínimo de quarenta hóspedes, cada meio de hospedagem deverá hospedar delegações completas, que serão acomodados em apartamentos duplos ou triplos.

Como participar

As inscrições são gratuitas e podem participar deste credenciamento hotéis, pousadas e hostels da cidade de São Luís. Os interessados podem se inscrever pela internet no período de 30 de março a 03 de abril de 2020 exclusivamente pelo e-mail: editais.seturma@gmail.com, com envio da documentação exigida no edital, mencionando o seguinte assunto: EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO 003.2020 HOSPEDAGEM-SLZ

Os meios de hospedagem deverão ter inscrição regular e atualizada no CADASTUR; enviar cinco fotos das áreas onde serão realizadas a alimentação dos hóspedes, da recepção e dos quartos; ter Certidão Negativa de Débito junto a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – CAEMA (ou “Declaração de Não Usuário” fornecida pela CAEMA, caso o inscrito não seja usuário dos serviços desta; não poderá está no Cadastro Estadual de Inadimplentes (CEI); ter conta corrente bancária de pessoa jurídica, dentre outras.

Os licitantes interessados poderão acessar mais informações no site da SETUR – http://www.turismo.ma.gov.br bem como obter esclarecimentos sobre o processo de credenciamento pelo e-mail editais.seturma@gmail.com.  CONFIRA O EDITAL

Cronograma

Atividade/Prazo

Publicação do Edital: 30 de março de 2020

Publicação da Comissão de Seleção: 30 de março de 2020

Período de Inscrições: 30 de março a 03 de abril de 2020

Análise da documentação: 06 a 07 de abril de 2020

Divulgação do resultado final: 08 de abril de 2020

Dentre as soluções apontadas a SETUR também irá realizar edital para artesanato, hospedagem e alimentação de outras cidades turísticas.

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, a SETUR lançou recomendações aos meios de hospedagem como fechamento de áreas coletivas e da comunicação com a Secretaria da Saúde em caso se hospedes que apresentem sintomas da COVID-19

terça-feira, 31 de março de 2020

Irmão da ex-vereadora Fátima da Baixinha morre após infarto 


Morreu na tarde desta terça-feira (31) devido a um infarto, Evandro Rocha, mais conhecido como Pinto da Granja (foto acima). Ele era irmão da ex-vereadora Fátima da Baixinha.

Pinto tinha diabetes e problemas no coração. Recentemente ele passou por cirurgia cardíaca em um hospital de São Luis, mas não resistiu, vindo a falecer hoje a tarde na capital maranhense..  

Ainda não há informações do local onde acontecerá o velório. 

O Blog manifesta a família enlutada os mais sinceros votos de pesar. 
Vereador Neto do Sindicato pede desfiliação do PCdoB 


O vereador e candidato a reeleição Neto do Sindicato (foto) protocolou nesta terça-feira (31) no TRE-MA sua desfiliação do PCdoB. Ele deverá se filiar num partido que fará parte do arco de aliança de apoio ao prefeito Fábio Gentil que vai tentar se reeleger. Não há informações sobre o nome do partido para onde migrará o edil governista. 

Neto foi eleito para o 1º mandato de vereador em 2012 pelo PT. Em 2016 se reelegeu pelo PCdoB.

O ex-comunista tem até sexta-feira (03) para ingressar numa nova sigla e assim ficar apto para buscar o 3º mandato na Casa do Povo. 

Ao que tudo indica, baseado nas movimentações dos partidos chamados de nanicos, o destino de Neto do Sindicato deve ser o Republicanos do prefeito Fábio Gentil. A nanicada não quer dar guarida a nenhum vereador da atual legislatura.  

É aguardar e conferir. 
Professor Arimatéa se desfilia do PSL e filia-se ao MDB de Cesar Sabá 


O professor Arimatéa (foto), militar reformado da Marinha Brasileira, nesta terça-feira (31) se desfiliou do PSL e filiou-se ao MDB de Cesar Sabá. 

O educador chegou a lançar sua pré-candidatura a prefeito de Caxias pelo PSL, mas diante da mudança repentina nos rumos do partido, o agora pré-candidato a vereador decidiu reforçar o grupo do MDB que tem o empresário Cesar Sabá como candidato a prefeito de Caxias pelo sigla emedebista. "Único partido que tem idéias definidas para Caxias é o MDB", disse o professor Arimatéa. 

Flávio Dino: 'o governante já não consegue demitir seus ministros'


Para o governador do Maranhão, Flávio Dino, já não há dúvida que o País enfrenta uma “crise de governabilidade”. Para ele, uma das evidências do problema é a contestação aberta entre as posições defendidas por Jair Bolsonaro para lidar com o coronavírus que são contrariadas pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, com apoio de outros ministros expressivos como Sérgio Moro e Paulo Guedes.
Seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de outras autoridades médicas, Mandea tem defendido a adoção do maior isolamento possível para deter o avanço do coronavírus e recebeu apoio maciço dos governadores e prefeitos. Bolsonaro, ao contrário, ficou praticamente sozinho na defesa do relaxamento da quarentena. E mesmo contrariado pela linha adotada por seu subordinado Mandetta sabe que seria um desastre político demiti-lo nessa situação.
“Mais um grande sinal de crise de governabilidade: o governante já não consegue demitir seus próprios ministros. Não os coordena, não os suporta, mas não tem força para fazer substituições. Passada a crise sanitária, Brasil vai ter que encontrar saída para a crise instucional”, afirma Flávio Dino.
Do BR Político
Só alegria...


Subtenente Oliveira (2ºBPM) e Francisco Santana 
Quem anda sorrindo à toa é o senhor Francisco Santana, que teve sua motocicleta CG 150, cor preta,  tomada de assalto no dia 25/03/2020, por volta do meio-dia, quando o referido veiculo era conduzido pela irmã do proprietário e vítima. Para piorar ainda mais a situação os meliantes também levaram o CRLV. Mas, a providência divina não falha, através da brilhante atuação dos Policiais Militares do 2° BPM, a motocicleta do cidadão Francisco Santana foi recuperada e tirado de circulação mais um meliante, graças ao trabalho incansável de abordagens realizadas pela Polícia Militar. A recuperação da motocicleta aconteceu nas imediações do condomínio Village, no bairro Itapecuruzinho, por volta das 16 horas do dia 28/03/2020, praticamente 72 horas após ser roubada, segundo informações da vítima.

Esta foi mais uma das atuações dos agentes de Segurança Pública da Polícia Militar, que, bem como os Bombeiros Militares e demais funcionários públicos que atuam na saúde, educação, entre outros órgãos das áreas essenciais, que batalham dia e noite, faça sol ou faça chuva, para cuidar e proteger a sociedade brasileira, seja qual for o Estado da Federação. 


As vezes incompreendidos pelos governos nas três esferas e dos três poderes e até pela sociedade que juramos defender com risco da nossa própria vida! Infelizmente, somos poucos compreendidos e valorizados, quando não, somos acusados de onerar as contas do Estado. Precisamos reconhecer a importância dos funcionários públicos, sobretudo da segurança e saúde, com o perigo de se infectar com o Covid-19, que continuam seu trabalho de salvaguarda da população.  

É bom lembrar, o caso da antiga reivindicação do piso salarial nacional, quando nós da PMMA (Caxias), eu liderando a AMAIC-PMBM, junto a outros Polícias Militares e Corpo de Bombeiros dos 27 Estados, em 2013, no Governo Dilma, ocupamos o Salão Verde do Congresso Nacional em Brasília, no movimento PEC-300. Se neste e em outros momentos de tensão histórica entre o capital e o trabalho tivéssemos o apoio da sociedade que protegemos e servimos, teríamos êxito em nosso movimentos por direitos trabalhistas e quem sabe, viveríamos momentos de mais educação, saúde e segurança, ou seja, menos violência. Continuaremos a luta para ver respeitados nossos direitos e conquista por melhores condições de trabalho e salários, enfim, de vida. Pra frente e sempre! 

Subtenente Oliveira (2ºBPM) 
Cuidados com a energia devem ser redobrados durante a pandemia do coronavírus 


Energia é um item indispensável na vida dos maranhenses, especialmente nesse momento de isolamento social em decorrência da pandemia do coronavírus. A energia elétrica é necessária para que as pessoas consigam trabalhar, entreter as crianças e se manter informado.  E nesse período em que a melhor forma de combater a disseminação da COVID-19 é evitar espaços com aglomeração de pessoas e permanecer mais tempo em casa, é importante seguir algumas dicas da Equatorial Maranhão sobre como utilizar a energia de forma segura para todos.

Para o executivo de Segurança da Equatorial Maranhão, Francisco Ferreira, “’os cuidados no uso da energia elétrica devem ser mantidos sempre. As suas instalações elétricas devem estar em boas condições. É importante evitar improvisos e ter o cuidado de não ligar muitos aparelhos na mesma tomada, e nem ao mesmo tempo. Lembre-se de não utilizar o celular enquanto o carregador estiver ligado à tomada, ” enfatiza Francisco.

Confira abaixo as orientações para utilizar a energia de forma segura:

Água e energia

A água e energia não combinam e potencializam o risco de acidentes. Por isso, é importante evitar o contato com equipamentos elétricos com as mãos e/ou pés molhados e realizar consertos em instalações elétricas em locais úmidos e molhados;

Para trocar a temperatura do chuveiro é importante que ele esteja desligado e o corpo não deve estar molhado. Além disso, recomenda-se usar calçado de borracha na hora de fazer a mudança;

É preciso cuidado em relação a resistências dos chuveiros elétricos. Nunca altere o tamanho nem reaproveite resistências queimadas.

Lâmpadas e tomadas

Antes de trocar uma lâmpada, desligue o interruptor. Não toque na parte metálica do bocal, nem na rosca. Não exagere na força ao rosquear, pois o vidro pode quebrar em sua mão;

Atenção ao uso do famoso “T” (benjamim) para ligar aparelhos elétricos. A utilização do objeto pode dar origem a um curto-circuito ou princípio de incêndio, se houver sobrecarga na instalação elétrica. O correto é usar filtro de linha como opção para ligar vários equipamentos ao mesmo tempo;

Não se esqueça de verificar sempre a voltagem correta do aparelho antes de conectá-lo à energia. Observe o diâmetro dos pinos e jamais force a conexão deles em uma tomada. Também nunca retire qualquer pino dos plugues, isso pode causar sobrecarga e graves acidentes.

Instalações de antena e reformas

Não instalar antenas próximo à rede elétrica, pois há risco de contato na fiação e consequente choque;

Ao fazer pequenos reparos, também é necessária atenção e respeitar a distância mínima com a rede da Equatorial. Dessa forma é possível evitar contato acidental de escadas e andaimes com a rede elétrica.

Francisco ressalta ainda sobre o uso racional de energia elétrica. “Lembre-se: é importante economizar energia neste período para não ter surpresas desagradáveis quando a conta chegar”, destaca Francisco.

A Equatorial orienta ainda que se alguém for vítima de choque elétrico, não se deve tentar tocar na pessoa que está recebendo a carga. A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou chave geral e ligar para emergência no 193 ou 192.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Maranhão
Maranhão alcança 31 casos de coronavírus 


O secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, nas redes sociais, confirmou na noite de ontem, 30, que o número de casos do novo coronavírus voltaram a subir no estado.

O Maranhão já soma 31 casos. Somente nesta segunda-feira foram 206 casos descartados e mais 8 confirmados.
Todos os oito novos casos foram registrados em São Luís. São eles: homem, 48 anos; mulher, 43 anos; mulher, 60 anos; homem, 35 anos; mulher, 27 anos; mulher, 33 anos; homem, 41 anos, e mulher, 35 anos. Dos novos casos confirmados nesta segunda (30), dois estão internados. Os demais seguem em isolamento domiciliar.

segunda-feira, 30 de março de 2020

Aldeias Altas segue sem nenhum caso do Coronavírus 
Após o posicionamento da OMS em anunciar a Pandemia do Coronavírus, a Prefeitura de Aldeias Altas tem orientado os moradores que, diante de qualquer sintoma da doença, procurem o posto médico ou o hospital. Até o momento, a cidade não tem nenhum registro do Covid-19, mas está preparada para lidar com essa questão e reforça que os moradores FIQUE EM CASA!
A população deve ficar atenta às orientações repassadas pelos canais oficiais, tanto pela Prefeitura, como pelos Governos Estadual e Federal.
A Prefeitura está acompanhando rigorosamente a situação do Coronavírus e disponibilizará, sempre que houver, informações sobre os casos e as medidas a serem tomadas, seguindo as determinações preconizadas por esferas superiores, como a Secretaria de Estado de Saúde e o Ministério. 
Veja abaixo o boletim desta segunda-feira (30) atualizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Aldeias Altas. 


"Bolsonaro precisa ser contido", dizem presidenciáveis...

Em documento conjunto divulgado nesta segunda-feira 30, o governador Flávio Dino e os ex-candidatos a presidente Ciro Gomes, Guilherme Boulos e Fernando Haddad pregaram a necessidade de renúncia do presidente

Para os quatro presidenciáveis, Bolsonaro precisa ser contido em seus crimes
contra o povo brasileiro 
Os pré-candidatos a presidente da República Flávio Dino (PCdoB), Guilherme Boulos (PSOL), Fernando Haddad (PT) e Ciro Gomes (PDT) emitiram nota nesta segunda-feira, 30, em que pregam a necessidade de de o presidente Jair Bolsonaro ser contido e,m suia ações contra a população do país.
Bolsonaro é mais que um problema político, tornou-se um problema de saúde pública. Falta a Bolsonaro grandeza. Deveria renunciar, que seria o gesto menos custoso para permitir uma saída democrática ao país. Ele precisa ser urgentemente contido e responder pelos crimes que está cometendo contra nosso povo  afirmam os presidenciáveis.
Na avaliação de Dino, Haddad, Boulos e Gomes, Bolsonaro atrapalha todas as ações no Brasil contra o coronavírus.
Jair Bolsonaro é o maior obstáculo à tomada de decisões urgentes para reduzir a evolução do contágio, salvar vidas e garantir a renda das famílias, o emprego e as empresas. Atenta contra a saúde pública, desconsiderando determinações técnicas e as experiências de outros países  afirmaram.
Irresponsável, Bolsonaro circulou por Brasilia, desrespeitando determinação
de quarentena e estimulando bolsominions à desobediência civil 
Para os quatro presidenciáveis, as ações de Bolsonaro forçam o Congresso Nacional a legislar em meio á emergência. Ele pregam também ações conjuntas e coordenadas dos governadores para evitar o caos gerado pela irresponsabilidade do presidente, criticado no mundo inteiro.
Abaixo, a íntegra da nota dos quatro presidenciáveis:
O BRASIL NÃO PODE SER DESTRUÍDO POR BOLSONARO
O Brasil e o mundo enfrentam uma emergência sem precedentes na história moderna, a pandemia do coronavírus, de gravíssimas consequências para a vida humana, a saúde pública e a atividade econômica. Em nosso país a emergência é agravada por um presidente da República irresponsável. Jair Bolsonaro é o maior obstáculo à tomada de decisões urgentes para reduzir a evolução do contágio, salvar vidas e garantir a renda das famílias, o emprego e as empresas.
Atenta contra a saúde pública, desconsiderando determinações técnicas e as experiências de outros países. Antes mesmo da chegada do vírus, os serviços públicos e a economia brasileira já estavam dramaticamente debilitados pela agenda neoliberal que vem sendo imposta ao país. Neste momento é preciso mobilizar, sem limites, todos os recursos públicos necessários para salvar vidas.
Bolsonaro não tem condições de seguir governando o Brasil e de enfrentar essa crise, que compromete a saúde e a economia. Comete crimes, frauda informações, mente e incentiva o caos, aproveitando-se do desespero da população mais vulnerável. Precisamos de união e entendimento para enfrentar a pandemia, não de um presidente que contraria as autoridades de Saúde Pública e submete a vida de todos aos seus interesses políticos autoritários. Basta! Bolsonaro é mais que um problema político, tornou-se um problema de saúde pública. Falta a Bolsonaro grandeza. Deveria renunciar, que seria o gesto menos custoso para permitir uma saída democrática ao país. Ele precisa ser urgentemente contido e responder pelos crimes que está cometendo contra nosso povo.
Ao mesmo tempo, ao contrário de seu governo – que anuncia medidas tardias e erráticas – temos compromisso com o Brasil. Por isso chamamos a unidade das forças políticas populares e democráticas em torno de um Plano de Emergência Nacional para implantar as seguintes ações:
– Manter e qualificar as medidas de redução do contato social enquanto forem necessárias, de acordo com critérios científicos;
– Criação de leitos de UTI provisórios e importação massiva de testes e equipamentos de proteção para profissionais e para a população;
– Implementação urgente da Renda Básica permanente para desempregados e trabalhadores informais, de acordo com o PL aprovado pela Câmara dos Deputados, e com olhar especial aos povos indígenas, quilombolas e aos sem-teto, que estão em maior vulnerabilidade;
– Suspensão da cobrança das tarifas de serviços básicos para os mais pobres enquanto dure a crise;
– Proibição de demissões, com auxílio do Estado no pagamento do salário aos setores mais afetados e socorro em forma de financiamento subsidiado, aos médios, pequenos e micro empresários;
– Regulamentação imediata de tributos sobre grandes fortunas, lucros e dividendos; empréstimo compulsório a ser pago pelos bancos privados e utilização do Tesouro Nacional para arcar com os gastos de saúde e seguro social, além da previsão de revisão seletiva e criteriosa das renunciais fiscais, quando a economia for normalizada.
Frente a um governo que aposta irresponsavelmente no caos social, econômico e político, é obrigação do Congresso Nacional legislar na emergência, para proteger o povo e o país da pandemia. É dever de governadores e prefeitos zelarem pela saúde pública, atuando de forma coordenada, como muitos têm feito de forma louvável. É também obrigação do Ministério Público e do Judiciário deter prontamente as iniciativas criminosas de um Executivo que transgride as garantias constitucionais à vida humana. É dever de todos atuar com responsabilidade e patriotismo. 
transcrito do Blog do Marco D'Eça 
Presidente Bolsonaro não pode demitir o ministro Mandetta 


Aliados de Luiz Henrique Mandetta disseram para a Crusoé que Jair Bolsonaro não tem “condições políticas” para demitir o ministro da Saúde.

Um deles explicou:

“Bolsonaro não possui nenhum nome com as qualidades do Mandetta para o lugar. Além disso, o Mandetta conquistou a confiança da família brasileira com as posições técnicas e embasadas na ciência.

transcrito do Blog do Ludwig 
Flávio Dino alfineta Bolsonaro: "não estamos perdendo tempo com passeios dominicais" 


O presidente Jair Bolsonaro fez um passeio pelas ruas de Brasília na manhã deste domingo (29). Ele foi a uma farmácia e a uma padaria no bairro Sudoeste, na capital federal. Nas ruas, a presença do presidente provocou pequenas aglomerações, contrariando as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS). Depois foi ao centro de Ceilândia, onde uma aglomeração maior se juntou. A saída de Bolsonaro aconteceu um dia depois do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, dizer que as pessoas devem permanecer em casa, em isolamento social.
O governador do Maranhão, Flávio Dino, deu uma indireta ao passeio do presidente em meio à crise da pandemia do coronavírus. Ao comentar notícia sobre a falta de médicos no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, porque 90 profissionais foram afastados por estarem com coronavírus, o governador afirmou que “todos devemos olhar para esse perigo derivado da multiplicação muito rápida de casos de Coronavírus, ou seja, além de não haver leitos, não haver profissionais de saúde disponíveis. Por isso que estamos adotando medidas efetivas, não perdendo tempo com passeios dominicais”.
Blog do Clodoaldo 
João Alberto fecha MDB, entra em isolamento e acha que eleições serão adiadas 

João Alberto, presidente estadual do MDB, se isolou. Na foto o ex-senador aparece
com o pré-candidato a prefeito de Caxias, Cesar Sabá, e com os deputados
federais Baleia Rossi (pres. nacional do MDB) e João Marcelo (arquivo blog) 
Presidente do MDB do Maranhão, o ex-senador João Alberto, 84 anos, está convencido de que as eleições municipais marcadas para outubro serão adiadas. Não para uma data distante, no ano que vem, mas para dezembro. Ele não vê como realizar articulações partidárias, montagem de chapas, realizar convenções e realizar campanha com o eleitorado em estado de guerra contra um vírus letal. E baseia suas impressões no seu próprio exemplo,: na sexta-feira (20), há 10 dias, suspendeu o serviço de atendimento a lideranças da Capital e do interior, dispensou os funcionários, trancou a sede do partido, foi para casa e entrou em isolamento, que vem cumprindo com determinação e disciplina.

domingo, 29 de março de 2020

Vitima de Covid-19 no Maranhão morreu na UPA da Cidade Operária, em São Luis 


Morreu na tarde deste domingo (29), na UPA da Cidade Operária, em São Luis, a primeira vítima maranhense do novo coronavírus.
A morte foi confirmada pelo secretário de Saúde, Carlos Lula. 
Segundo apurou o blog do Gilberto Leda, o paciente já chegou na unidade com graves sintomas de insuficiência respiratória.
Ele seira transferido para o Hospital Carlos Macieira, mas não houve tempo.
Dra. Cleide vota em ações do governo estadual para enfrentar a pandemia 


Em duas sessões por videoconferência – na terça (24) e sexta-feira (27) da semana que passou, a deputada estadual Dra. Cleide Coutinho (PDT) votou favoravelmente uma série de medidas tomadas pelo governador Flávio Dino para o enfrentamento do Corona Vírus.

As medidas que alteram dispositivos legais para facilitar o enfrentamento da pandemia, vão desde ações de perícia de natureza na área criminal; de abastecimento de bens de primeira necessidade; redução de impostos para insumos fundamentais no combate da Covid-19, como luvas, álcool gel, máscaras médicas e reconhecimento de calamidade pública no município de São Luís.

Mesmo cumprindo rigorosamente o protocolo de isolamento social, recomendado pelas autoridades sanitárias do estado e do país, Dra. Cleide manteve seu trabalho de médica e deputada estadual com o entusiasmo que caracteriza sua responsabilidade social e política.

“Estou inteiramente comprometida com os esforços do governador Flávio Dino no enfrentamento desta pandemia, e votarei em todos os projetos que ele enviar para assembleia, seja por vídeo conferencia enquanto for necessário. Quando tudo isto passar, voltaremos com nossa presença física para ajudar o governador na preservação da saúde de todos os maranhenses”, afirmou Dra. Cleide.
Padre que foi missionário em Caxias está internado na Itália suspeito de ter contraído o novo coronavírus 
Em Caxias, padre Ézio Saviólo trabalhou na Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré. Ele está hospitalizado suspeito de ter contraído a Covid-19 


O padre Ézio Saviólo (foto acima), de 76 anos, que foi missionário no Brasil por 30 anos, 18 deles em Caxias, está internado em um hospital da cidade Biela, na Itália, com suspeita de ter contraído o novo coronavírus. O missionário foi hospitalizado devido ao agravamento dos sintomas. 

"Nós te amamos Padre Ézio e precisamos de suas orações. Que Deus restabeleça sua saúde e que Nossa Senhora de Nazaré nossa mãezinha lhe cubra com o seu santo manto de amor e proteção", escreveu em suas redes sociais o internauta Éder Miranda e na mesma postagem ele pede aos caxienses que rezem pelo pronto restabelecimento da saúde do religioso. "Vamos rezar pela saúde deste grande servo de Deus que muito fez por nosso Brasil, nosso Maranhão e nossa Caxias como missionário por 30 anos. O senhor vai ficar bom em nome de Jesus pois eu ainda vou lhe visitar e dá o meu abraço".

Fica aqui nossas orações pelo restabelecimento da saúde do padre Ézio. 

Mais - Antes de desembarcar no Maranhão, Padre Ézio passou pelo estado de Alagoas. Em nosso estado, além da cidade de Caxias, onde ele dedicou 18 anos de sua vida sacerdotal como Paroco da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré e reitor do seminário São José da Diocese de Caxias, o religioso serviu a Deus nas cidades de São Domingos e São Luis.