sexta-feira, 31 de março de 2017

Presidentes do TCE e da Famem alertam prefeitos para prestação de contas...


Embora afirmando que a movimentação em torno da entrega de prestação de contas por parte dos prefeitos esteja normal, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, conselheiro Caldas Furtado, fez um alerta nesta sexta-feira, 31, no sentido de que os gestores evitem atraso nessa tarefa, cujo prazo se encerra na próxima segunda-feira, 3 de abril.
Ele também garantiu que  o TCE estará com uma equipe de plantão nesta final de semana, para o recebimento das prestações.
Com um volume de entrega na base de 37 prefeituras e 57 câmaras municipais até ao meio dia desta sexta-, Caldas Furtado  considera a movimentação normal, acrescentando que geralmente os gestores deixam  para resolver essa questão de última hora, enfatizando que foi por isso que determinou o plantão no sábado e  no domingo.
De acordo com o presidente do TCE/MA, seu otimismo com relação a falta de contratempos, é por conta das prestações de contas este ano serem prestadas de forma digital, o que dinamiza e agiliza bastante o processo, evitando manipulação de papel ou cópia de documentos, com exceção das notas fiscais.
– Estou bastante otimista, porque vejo que os prefeitos e outros gestores, tantos estaduais como municipais entenderam e acataram as novas normas do Tribunal, e, por isso, não vejo possibilidades de contratempos. Mesmo assim, estamos alertando a todos que evitem problemas – disse Caldas Furtado.
Ele enfatizou que a falta da entrega da prestação de contas gera dores de cabeças, principalmente para prefeitos reeleitos, que podem sofrer intervenção em suas administrações,  além de se posicionarem de forma extremamente negativa  perante seus eleitores.
Famem faz alerta       
Por sua vez, o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, expediu circular a todos os colegas, conclamando-os a agilizarem suas assessorias para evitar atraso ou que fiquem sem apresentarem suas prestações de contas.
– O Tribunal de Contas inovou com a prestação de contas digital, mas muitos dos nossos colegas que se elegeram pela primeira vez, podem enfrentar problemas. Nossa entidade está orientando a todos para que evitem deixar para última hora, ou mesmo que fiquem prejudicados se não entregarem essas prestações de contas – ressaltou o líder municipalista, que está acompanhando atentamente toda a movimentação.
Estão de olho na Regional de Educação indicada pelo vereador Mário Assunção 

do Blog do Ludwig 

A frase 'te cuida, Mário Assunção!' cai bem ao que vem acontecendo nos bastidores em Caxias e São Luís nos últimos dias, pois não faltam aliados do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho querendo a mudança no comando da Unidade Regional de Educação (URE), de Caxias que tem no comando a professora Lacy Assunção, indicada pelo vereador Mário Assunção.

O importante órgão com sede Caxias na área da Educação do governo do Maranhão tem atuação em mais cinco municípios da região: Afonso Cunha, Aldeias Altas, Coelho Neto, Duque Bacelar e São João do Sóter.

Noticiado em primeira mão na Coluna Rapidinha, esses aliados do deputado Humberto Coutinho alegam que o vereador Mário Assunção estaria com uma aproximação política enorme com o grupo do prefeito Fábio Gentil. E como os Coutinho após perderem a prefeitura tiveram seus espaços diminuídos, esses aliados desejam ocupar os poucos cargos existentes do governo do Maranhão em Caxias que tem total influência do deputado Humberto Coutinho no quesito indicação de nomes. Isso seria uma espécie de recompensa aos aliados mais fiéis aos Coutinho.

Além da URE, outros órgãos do estado em Caxias, como a Regional da Saúde indicada pelo vereador Jeronimo, podem passar por uma reacomodação política após cobranças dos aliados do deputado Humberto Coutinho.
Sem Roseana Sarney, oposição busca lançar 'laranjas' em 2018 

Roberto Rocha, Maura Jorge, João Alberto e Eduardo Braide são as opções da família Sarney para 2018...
Certos de que a perda era iminente na eleição de 2014, membros da família Sarney lançaram o nome de Edinho Lobão, PMDB ao palácio dos Leões, sabiam que não passaria de um “boi de piranha” contra Flávio Dino (PCdoB).

A taca foi feia! Mas a derrota não teve lá suas surpresas, estavam cientes que não poderiam fazer muito naquela conjuntura. E pela tradição na política maranhense, não podiam deixar de lançar um nome.

A mesma estratégia da eleição estadual passada será usada na eleição do próximo ano. Desgastados perante a opinião pública e afundados em escândalos de desvio de recursos públicos, sobretudo, no caso “Máfia da Sefaz” e “programa Saúde é Vida”, o clã maranhense focará na disputa por uma das duas vagas em aberto ao Senado Federal.

Além do senador Roberto Rocha [até agora no PSB], o nome da ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge, do PTN, surgem como opção. Também existem o senador João Alberto (PMDB) e até o derrotado à prefeitura de São Luís, Eduardo Braide (PMN), como alternativa da família Sarney para a próxima eleição.

Dos quatros, a ideia é lançar pelo menos três candidaturas para atacar de todas as formas o governo e, assim, tentar levar a eleição para um eventual segundo turno onde, vislumbram, unir toda a pequena oposição para superar Flávio Dino. O que, na prática, é improvável.

Apesar da euforia de alguns fanáticos com saudade das regalias com dinheiro do Estado, os mais experientes sarneysistas sabem que Roseana não tem chance contra o atual governador. Portanto, não terá coragem de entrar na briga para provar uma nova derrota.

Tentam convencer a ex-governador, por meio do marido, Jorge Murad, a lançar o nome pelo menos ao senado, sabem obviamente, que o nome do Ministro Sarney Filho (PV) não irá decolar. De forma que não pretendem ficar sem a cadeira do Senado, o que se concretizado, decretará o fim do sarneysismo maranhense…

do Blog do Domingos Costa 

quinta-feira, 30 de março de 2017

Imagem do dia: Prefeitura teve que repintar faixa de pedestre pintada de azul 


Na imagem extraída do Facebook (Manoel Almada), apesar de pouca luz, percebe-se que a Secretaria de Transito teve que repintar de cor branca a faixa de pedestre pintada de azul na via próxima da Praça Cândido Mendes. O serviço de repintar foi executado a poucos instantes, na noite desta quinta-feira (30). A aplicação da cor azul na faixa foi realizada ontem (29) e gerou várias criticas dos internautas nas redes sociais. As criticas apressaram os responsáveis por tamanha grosseria a mudar a cor da faixa. O Código Brasileiro de Trânsito e o Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito proíbe a aplicação de tinta azul nas faixas de pedestres. A retirada da cor azul da faixa deve ter custado algum valor para o município e a conta vai para o bolso do contribuinte. O responsável era quem deveria pagar por essa incompetência e não a população caxiense.  
Continua o drama dos alunos da zona rural de Caxias pela falta do transporte escolar 

                                                                (foto reprodução TV Sinal Verde)
Infelizmente temos que denunciar mais um fato de incompetência / desorganização / perseguição ou como queira rotular. 

Alunos da região do 1º Distrito, precisamente do povoado Queima Boca, ainda não assistiram um dia de aula até o momento por falta de transporte escolar. A Unidade Escolar Terezinha Albuquerque (foto), que atende alunos do 5º ao 9º ano foi fechada pelos vigias e os alunos tem que se deslocarem para a escola mais próxima, no povoado São Raimundo, que fica 12 km de distancia do Queima Boca. Uma mãe denunciante, Antônia Cristina, disse para o repórter José Carlos, da TV Sinal Verde, que não está indo mais nem deixar o filho para ir pra escola por causa da distância e não tem ônibus para transporta-lo até a localidade. 

Em tempo 

Pedimos aos nobres vereadores, para não permitirem que tais fatos perdurem e pessoas desprovidas de conhecimento sejam desprezadas. 

Aproveitamos a oportunidade para alertar a população da zona rural (alguém transmita a mensagem do Blog), que irregularidades devem ser levadas ao conhecimento do Legislativo Municipal e caso não seja atendido o seu pedido, leve ao conhecimento do Ministério Publico para que as devidas providências sejam tomadas. 
Homem é assassinado a tiros na zona rural de Aldeias Altas 

Corpo sendo periciado pelo perito Kilson
Araújo (foto WhatsApp)
Um homem, identificado apenas como Diego, de idade não divulgada, foi morta tiros na madrugada desta quinta-feira (30), no povoado Laranjieras, zona rural de Aldeias Altas. Segundo informações repassadas por populares, a vitima era um ex-presidiário e tinha envolvimento com  assaltos e assassinato. 

Ninguém soube informar quem efetuou os disparos. O que se sabe é que o suspeito ou os suspeitos de terem praticado o crime fugiram sem deixar pistas.

O local do crime foi isolado até a chegada da pericia criminal. O corpo foi recolhido para o Instituo Médico Legal de Timon e o caso foi registrado na Delegacia Regional de Caxias.  




Vereador Ramos é empossado na vaga de Evilásio do PAM

Vereador Ramos ladeado por familiares (foto Facebook/Paula Ramos)
Foi realizada nesta quarta-feira, (29), durante sessão na Câmara Municipal de Caxias, a posse do primeiro suplente da coligação “Amizade, Solidariedade e Trabalho” Antonio Ramos (SOLIDARIEDADE), que assumiu mandato na vaga do falecido vereador Evilásio do PAM. Em seu pronunciamento da tribuna da Casa, ele agradeceu os 959 votos recebidos e afirmou que o seu mandato será dedicado ao povo caxiense. 

— É um prazer imenso estar assumindo hoje a cadeira como vereador.  Agradeço a confiança do povo caxiense e saberei honrar os 959 votos que recebi. Este mandato será exclusivamente utilizado em prol da nossa cidade — declarou para uma platéia lotada por familiares, amigos e correligionários. 

O presidente da Casa, vereador Catulé (PR), convocou o primeiro suplente da coligação “Amizade, Solidariedade e Trabalho”, formada pelos partidos SOLIDARIEDADE e PTB em virtude do falecimento do vereador Evilásio do PAM. 
— A posse é em virtude da vacância de um parlamentar que infelizmente faleceu. Com a posse de Antonio Ramos, a Casa volta a completar seu quadro de legisladores, pois o município não pode parar — disse Catulé. 
A solenidade de posse do novo vereador contou com presença da maioria dos vereadores, familiares, amigos e autoridades. Em seu pronunciamento, Antonio Ramos também agradeceu o apoio recebido de seus familiares, grandes incentivadores de sua corrida ao parlamento municipal e relembrou o amigo Evilásio do PAM. 
— Encerro minhas palavras sem deixar de agradecer a Deus em primeiro lugar e dizer que durante 40 anos cultivei uma amizade com o Evilásio Roque Ramos, desde os tempos que o Mercado Central funcionou no prédio onde hoje abriga a sede Prefeitura de Caxias. Dedico esse mandato á toda minha familia e aos meus amigos— concluiu.
Antes do juramento de posse do vereador Ramos, o plenário e galeria fizeram um minuto de silêncio em memória do ex-vereador Evilásio do PAM. 







Zé Reis assina convênio com o Governo do Estado para implantação do 'Programa Avança' em Aldeias Altas 


O prefeito de Aldeias Altas, Zé Reis, assinou termo de cooperação técnica para implantação no município do Programa Avança. Durante solenidade no Palácio dos Leões, em São Luís, o gestor aldeiense selou compromisso que vai regularizar o fluxo escolar no município.

Com a adesão ao ‘Avança’, a Seduc, juntamente com as Secretaria Municipal de Educação, fará a seleção dos professores e capacitará esses profissionais para que sejam mediadores de intervenção pedagógica com os alunos da rede municipal. A Secretaria de Estado dará suporte com fornecimento de material de apoio didático aos estudantes, incentivo financeiro para professores participantes para organização das turmas de regularização de fluxo, além de realizar acompanhamento e monitoramento do programa, com a inserção de Articuladores Pedagógicos Municipais e Regionais.

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, a Seduc tomou para si o papel de liderar a educação no estado e oferecer suporte nas mais diversas frentes aos municípios maranhenses. “Em nossos levantamentos, detectamos que quase 30℅ dos nossos alunos estão fora da idade regular para cada série. Isso reflete nos indicadores. Nosso objetivo é contribuir para que os municípios aumentem a taxa de escolarização, e, consequentemente, melhorem o Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica], entre outros indicadores. O Programa Avança é mais uma das ações que o governador Flávio Dino vem desenvolvendo em regime de colaboração com os municípios, por compreender que ninguém consegue fazer educação de maneira isolada, sem apoio”, destacou.

O Secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, também acompanhou o ato de assinatura do convênio. “Aldeias Altas, através do prefeito Zé Reis em parceira com o Governo do Estado, certamente será um dos municípios diferenciados porque as ações do Plano Mais IDH vieram para melhorar as condições de vida da população”, ressaltou.

“O Programa Avança vai regularizar a vida escolar de alunos que estão atrasados. O que representa isso?!Após a conclusão do ciclo alfabetizador, eles terão a oportunidade de avançar duas séries do ensino fundamental e assim, concluir mais rapidamente sua alfabetização e além do mais, o governador Flávio Dino nos garantiu a construção de um Ginásio Poliesportivo com uma Academia Comunitária”, frisou o prefeito Zé Reis.

Além de Aldeias Altas o Avança está sendo implantado em outros 29 municípios do plano Mais IHD e nas cidade de Codó e Itapecuru-Mirim.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Mudança até na cor da faixa de pedestre, Lei é atropelada...

Faixa de pedestre pintada de azul e branco fere o CTB. (foto Caxias Atual)
A aplicação da faixa de pedestre no centro de Caxias nas cores azul e branco é proibida pelo Código Brasileiro de Transito e pelo Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito. De acordo com consulta feita pelo Blog junto ao Denatran (Departamento Nacional de Transito), a faixa deve ser branca e com fundo na cor do asfalto. 

A única exceção cabe em caso de faixa pintada sobre o cimento, quando o fundo deve ser pintado de preto. Além de ser proibida, a faixa abre um precedente grave. Os motoristas multados por pararem seus veículos, isso onde há fiscalização, sob faixas de pedestres em cores irregulares podem recorrer, já que, segundo o CTB, a cor azul é usada para sinalizar "áreas especiais de estacionamento ou de parada para embarque e desembarque".   

Portanto o governo da mudança e esperança vai obrigar a Prefeitura de Caxias pagar duas vezes por esse serviço "porco" e o dinheiro com certeza vai sair do bolso do contribuinte. A denuncia no Blog e também nas redes sociais, assim cabe ao Ministério Publico investigar a situação.  
Bancada governista sofre dispersão na Assembleia Legislativa 

Presidente Humberto Coutinho: firmeza contra manobras 
Alguma coisa não está funcionando bem na bancada do Governo na Assembleia Legislativa. Depois das dificuldades que as lideranças enfrentaram há alguns dias para aprovar o reajuste salarial dos professores por causa do baixo quórum, a escassez de deputados da situação embaraçou os planos do Palácio dos Leões de ter aprovado  ontem uma mudança fiscal para o setor atacadista.
 Além de poucos parlamentares, os líderes governistas ainda se depararam com as artimanhas do pequeno, mas compacto e eficiente grupo da Oposição, que de manobra em manobra, conseguiu desorganizar a maioria governista, mesmo não aprovando suas propostas, mas embaraçando o blocão do Governo. 
Ontem, a dispersão governista foi agravada pela ausência do líder do Governo, deputado Rogério Cafeteira (PSB), ficando a tarefa de comandar a bancada com o deputado Rafael Leitoa (PDT), que é um parlamentar aplicado e eficiente, mas que não consegue liderar a maciça governista, que anda meio insubordinada. Em meio à desordem na bancada da situação, o deputado Othelino Neto (PCdoB) entrou no circuito para colocar ordem na Casa, mas quando conseguiu parte da bancada já havia ido embora, comprometendo o quórum. 
Os descaminhos da bancada governista só não foram maiores graças ao presidente da Casa, deputado Humberto Coutinho (PDT), que comandou a sessão com firmeza e eficiência, não dando margem para que as manobras oposicionistas atrapalhassem o cumprimento da pauta. Seus esforços, porém, não foram suficientes para garantir a votação do projeto, que por falta de quórum, ficou para a sessão de hoje.
fonte: Repórter Tempo

Suplente será empossado após falecimento do vereador Evilásio do PAM 


A Câmara de Vereadores de Caxias, dará posse nesta quarta-feira (29) ao suplente Antonio Ramos Corrêa, (foto) como titular da vaga deixada em aberta pelo vereador Evilásio Roque Ramos, o Evilásio do PAM, que recorreu ao suicídio  na terça-feira (21). A cerimônia de posse acontecerá às 17h no gabinete da presidência da Casa.

Após protocolar o documento solicitando a posse como suplente, Antonio Ramos Corrêa, de 56 anos assumirá o primeiro mandato como vereador. Ele foi legitimamente diplomado pela Justiça Eleitoral como 1º Suplente de Vereador da coligação "Amizade, Solidariedade e Trabalho" (SD/PTB). O politico obteve, na ultima eleição, 959 votos. 

História

Na história do parlamento caxiense, de 1983 até 2017, onde o Blog tem conhecimento, Ramos será o sexto suplente que assumirá o mandato em face da morte do titular. Além do vereador Evilásio do PAM, morreram exercendo o mandato de vereador na Câmara de Caxias os seguintes edis: legislatura 1983/88, Fernando Vieira Chaves, Gentil Oliveira e Bastos Ferreira. 1993/96 morreu o vereador Vicente Bruno e na legislatura 2009/2010 faleceu o edil Evangelista Martins. 

Evilásio do PAM

No dia 21 de março o vereador Evilásio do PAM , de 48 anos, recorreu ao suicido dentro de sua residencia. O parlamentar atirou contra a própria cabeça e faleceu no local onde aconteceu o fatídico acontecimento. O triste fato entristeceu familiares, e também os amigos que tiveram a oportunidade de conhece-lo e desfrutar de sua amizade. 


"Carnaval Que A Gente Quer" custou R$ 887 mil aos cofres públicos  

Documento mostra que, somente com banheiros químicos, foram gastos mais de R$ 34 mil reais


Apesar da crise financeira e econômica que afeta o pais, o município de Caxias, que tem como mandatário o prefeito Fábio Gentil que vive direto se lamuriando nos blogs de São Luis e em emissora de rádio de Teresina, gastou R$ 887,300,00 (Oitocentos e oitenta e sete mil e trezentos reais) com o Carnaval 2017. "Carnaval Que O Povo Quer", foi este o slogan da festa paga com o nosso dinheiro. Sim, de todos nós caxienses, pois praticamente grande parte dos recursos que entra nos cofres públicos do município é fruto de repasse estadual ou União.   

O dispêndio foi o resultado da soma dos valores publicados em editais da Prefeitura de Caxias para a contratação das empresas que forneceram estrutura; bandas regionais, nacionais e locais, que executaram o evento festivo 2017. 

Em tempo

Recentemente o prefeito Fábio Gentil decretou estado de calamidade publica na saúde do município. Mas, sinceramente não dá para entender, tirou R$ 887 mil reais dos cofres públicos para bancar a farra do Carnaval. E olha que não foi contratado nenhum Luan Santana para animar nenhuma noite do "Carnaval Que A Gente Quer".


terça-feira, 28 de março de 2017

Flávio Dino prepara "Caravana" itinerante para estreitar laços com comunidades e consolidar relações politicas 


Depois de consolidar o Governo, dando-lhe uma cara e uma linha de ação administrativa por meio da gestão da máquina pública e de programas efetivos em praticamente todas as suas áreas de atividade, os já conhecidos “Mais…”, o governador Flávio Dino (PCdoB) chega ao 27º mês de mandato acelerando suas ações assistenciais e, ao mesmo tempo, avançando nas relações com Prefeituras, e dando a esses movimentos dando um verniz mais político. O grande passo nesse sentido será dado com a “Caravana Governo de Todos”, uma versão atualizada, e ao que parece mais ousada, de “governo itinerante”, usado de diferentes formas e maneiras pelos governadores das últimas quatro décadas. “Este é um passo a mais, é a etapa convergente de todo o Governo, envolvendo Secretarias de Estado, para dialogar com as lideranças comunitárias, prefeitos, vereadores, entidades da sociedade civil e a população em geral, levando serviços, inaugurando obras, bem como dando ordens de serviço para novas obras e identificando novas demandas. Esta experiência – o piloto – significou um grande acerto do Governo e teve total aprovação da população”, avalia o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry, a quem o governador Flávio Dino entregou a tarefa de organizar e coordenar a primeira edição da “Caravana”, realizada nos dias 17 e 18 em Palmeirândia, Bacurituba e São Vicente Férrer.
A edição experimental reuniu um grupo de secretários – entre eles o de Comunicação Social e Assuntos Políticos e o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares -, animou os três municípios, cujas populações foram contempladas com ações as mais diversas, como serviços dentários e consultas médicas, orientações em saúde coletiva, emissão de documentos por uma unidade do Viva, eventos de incentivo cultural e esportivo, orientação para pequenos produtores e ouvidoria. Nos cálculos do secretário, em dois dias foram realizados mais de 40 mil atendimentos nos três municípios, com a participação das Prefeituras, que ganharam unidades de Centros de Referência em Assistência Social (CRAs), e um deles, São Vicente Férrer, ganhou uma escola nova, prometida em 2009 e só agora saída do papel. O Governo avalia que foi possível dialogar com as prefeituras para ações conjuntas visando sobretudo melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), abrindo também caminho para atender às duas demandas mais frequentes: asfalto e saúde. Da sua parte, o Governo intensificará também o programa “Água Para Todos”, de modo a que ele alcance todas as regiões do estado até o final deste ano. O governador Flávio Dino só participará das “Caravanas” a partir de abril, quando o modelo estiver azeitado, e a programação, definida.
A itinerância não é uma novidade no Maranhão. Essa ação de Governo foi colocada em prática por quase todos os governadores maranhenses da década de 1980 para cá. Todos deram o seu toque pessoal no formato e nas ações, de modo que nenhum pareceu com outro, e ninguém foi acusado de plágio. O governador João Castelo usou as incursões ao interior mais para inspecionar e inaugurar obras físicas, que foram muitas na sua gestão. O governador Luiz Rocha comandou inúmeras ações itinerantes, também para inaugurar obras, com o diferencial prosaico de que levava a tiracolo a banda de música da Polícia Militar, o que imprimia, primeiro, um ar solene na sua chegada, e depois um clima de festa. Epitácio Cafeteira foi fundo na itinerância, instalando o Governo nos municípios escolhidos e tomando decisões por meio de despachos com secretários. Edison Lobão fez pouca itinerância, mas as edições feitas foram robustas, com muitas ações. Roseana Sarney foi quem mais usou a estratégia, levando o Governo a quase todos os municípios nos mais de 13 anos de mandato. José Reinaldo realizou alguns governos itinerantes, enquanto Jackson Lago foi derrubado do cargo quando preparava uma ampla programação itinerante.
A julgar pelo piloto montado em Palmeirândia, Bacurituba e São Vicente Férrer, o projeto de itinerância do governador Flávio Dino é bem mais abrangente do que todas as versões realizadas por seus antecessores. A fórmula é a mesma, mas a grade de serviços é mais ampla e diversificada. O governador quer dar um viés político para essa iniciativa, vista como um bom caminho para estreitar os laços com as comunidades e, claro, as lideranças políticas, a começar pelos prefeitos, que chegaram há pouco tempo e têm todo interesse em construir e manter um produtivo relacionamento com o Palácio dos Leões. A “Caravana Governo de Todos” é, portanto, um passo importante na determinação do governador Flávio Dino de ampliar e consolidar a presença do seu Governo em todas as regiões do estado, livrando-se assim da acusação de fazer uma gestão seletiva, e se credenciando para encarar as massas e pedir votos em 2018. Aí está a explicação para a informação do secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos de que a meta é levar garantir a passagem da “Caravana Governo de Todos” em todos os  municípios até dezembro.
fonte: Repórter Tempo
Vitima de acidente não resiste aos ferimentos e morre no Hospital Regional 

                                                                                            (foto WhatsApp)
Após uma semana internado no Hospital Regional, tentando se recuperar de um acidente sofrido no conturbado transito de Caxias, o vendedor de laranja Antonio Carlos Costa Lima, de 49 anos, conhecido como Toin da Laranja, não resistiu aos ferimentos e faleceu na noite desta segunda-feira (27) naquela unidade hospitalar. A informação do óbito foi confirmada pela Policia Civil. Ele deixa a esposa e três filhos. 

O acidente foi registrado na tarde da ultima terça-feira (21). A vitima e um companheiro, identificado como Frank Sinatra (ex-presidente da Associação dos Feirantes do Mercado Central), trafegavam em uma motocicleta quando foram colhidos por um carro. Toin e Frank Sinatra foram encaminhados para a UPA e em seguida para o Hospital Regional Dr. Everaldo Aragão. 


O feirante Frank Sinatra (foto), que segundo informações vinha na garupa da moto, teve alta no domingo (26), seu estado de saúde é estável. 

Após o acidente, imagens fortes das vitimas caídas no solo rapidamente começaram a circular nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp. 

A fatalidade aconteceu na Avenida Senador Alexandre Costa, em frente a instituição educacional CEFA.

Em tempo

Infelizmente mais um acidente com vitima fatal. Que a família encontre um meio de ficar bem dentro do possível. O transito de Caxias sempre foi caótico e até o momento não foi divulgado pelo novo governo nenhum plano de ação para melhorar.

fonte: João Lopes, com edição do Blog.


"Estamos resgatando a credibilidade do aldeense com o governo", afirma Zé Reis 


"Estamos resgatando a credibilidade do aldeense com o governo". É assim que o prefeito de Aldeias Altas, Zé Reis, define seu governo ao se aproximar dos 100 dias que está a frente da administração municipal. Aldeias Altas retomou o crescimento, voltou a trilhar no caminho do desenvolvimento, após ficar 4 anos estagnada e sem rumo. 

As metas para os primeiros 100 dias de governo estão sendo alcançadas. Em parceria com o Governo do Estado, as ruas e avenidas da cidade ganharam recapeamento asfáltico.

"Quando assumi no dia 1º de janeiro, reuni meu secretariado e elaboramos um plano de ação para reconstruir Aldeias Altas. Recuperáramos o aspecto urbanístico da nossa querida Aldeias, que tava feio. Reorganizamos as dividas e contas publicas que estavam desorganizadas. Mesmo em tempos difíceis, Aldeias Altas está hoje numa situação muito melhor do quê a que encontrei", disse o gestor. 


O prefeito ressalta a necessidade da continuação do empenho de todo secretariado, responsável pelo norteamento do primeiro trimestre da gestão municipal.  

O principal objetivo é deixar as contas publicas equilibradas, sem interromper os investimentos na cidade ou prejudicar a qualidade do serviço publico, nas áreas da Saúde, Educação, Assistência Social e Infraestrutura. 

fotos: Prefeitura de Aldeias Altas


Casal é flagrado e preso pela PM portando maconha 


Por volta de meio-dia de domingo (26), durante policiamento (ronda) no bairro Bacuri, homens do 2º BPM prenderam o individuo Antonio dos Anjos da Silva, de 21 anos, o mesmo estava em companhia de uma adolescente de 17 anos (foto). 

O casal foi flagrado portando 25g de maconha e a quantia de R$ 701,00 (setecentos e um real). Ambos foram conduzidos para a Delegacia de Policia Civil (1ºDP), onde para a menor foi realizado um BCO no Art. 33 da Lei de Drogas e Antonio dos Anjos, foi autuado em dois Art, o 33 (Lei de Drogas) e o 244-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (corrupção de menores).


fotos: Divulçação/2º BPM

segunda-feira, 27 de março de 2017

Jovem é morto a tiros na Vila São José 


Um rapaz identificado como Ennio Stefane (foto) foi morto a tiros na madrugada deste domingo (26) na Vila São José. O crime foi registrado na rua Santa Maria e o autor do assassinato ainda não foi preso. De acordo com a Policia Civil, a vitima, que estava na garupa de uma moto, tinha 22 anos de idade e era envolvido com drogas. Ele foi atingido por cinco disparos de arma de fogo e faleceu no local. O outro ocupante da moto não foi identificado. 

O corpo do rapaz, que residia no Residencial Santa Terezinha, foi removido para o IML de Timon. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Policia Civil. 
Mais um ex-prefeito no Maranhão é condenado a prisão por fraudes em licitações 


Em sentença proferida na última semana o Judiciário em Arame condenou o ex-prefeito João Menezes de Sousa à pena de 6 (seis) anos de prisão, a ser cumprida inicialmente em regime semiaberto. Relata a denúncia que o acusado, então prefeito de Arame, teve suas contas de gestão relativas ao exercício de 2006 reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, em virtude de inúmeras irregularidades apontadas no Relatório de Informação Técnica nº 251/2007 e reprovação nas contas de gestão do Fundo Municipal de Saúde indicando-se no Relatório de Informação Técnica. Destaca sentença que as duas reprovações de contas se deram por ausência de procedimento licitatório.
A denúncia contra o ex-gestor foi recebida em 26 de julho de 2011 e o réu, quando citado, apresentou defesa. Após audiência realizada à época, a acusação pugnou pela condenação nos termos da denúncia. “Quanto ao delito previsto no art. 89 da Lei 8.666/89 (Lei de Licitações), que tipifica a dispensa ou inexigibilidade de licitação fora das hipóteses previstas em lei, ou a não observância das formalidades pertinentes à dispensa ou à inexigibilidade, haverá o crime tanto na hipótese em que a licitação é dispensada mesmo sem lei autorizando ou determinando a dispensa, como na situação em que a lei até autoriza ou determina, mas o administrador não observa os requisitos formais para tanto. Passo a analisar a sua materialidade”, explanou a juíza titular Selecina Locatelli ao decidir.
Consta no documento que o denunciado, quando exercia a chefia do Poder Executivo de Arame infringiu a Lei 8666/93, ao deixar de realizar procedimentos licitatórios, consoante o Relatório de Informação Técnica anexado ao processo referente a análise das contas de gestão do exercício financeiro de 2006, destacando-se o item no qual são listadas despesas realizadas sem processo licitatório. “O acusado também na qualidade de gestor público municipal realizou despesas sem procedimento licitatório no exercício financeiro de 2006 do Fundo Municipal de Saúde, novamente infringindo a citada Lei de Licitações, vez que ausente procedimento licitatório, conforme o Relatório de Informação Técnica nº 252/2007”, relatou a juíza.
No entendimento da Justiça, o tipo penal acima descrito por duas vezes não exige para a sua consumação a ocorrência de dano à Administração Pública, não sendo o caso, portanto, de crime material. “Nem poderia ser de forma distinta, dado que o crime de dispensa ilegal de licitação objetiva tutelar, especialmente, a moralidade administrativa, razão pela qual sua configuração dispensa a prova de dano patrimonial à Administração Pública”, observou a magistrada. E segue: “No caso em tela, é cristalina a responsabilidade penal do denunciado, que se perfectibilizou quando não observou a legislação pertinente, ao determinar a aquisição de bens e serviços sem licitação. Assim, também restam comprovadas a autoria e materialidade do crime previsto no art. 89 da Lei 8.666/93”.
Ao julgar procedente o pedido do Ministério Público, Selecina Locatelli destacou: “Considerando os fatos narrados na denúncia, entendo que o concurso material de delitos seja o mais adequado para o presente caso vez que o acusado celebrou contratos com empreses distintas, em momentos distintos e para consecução de fins diversos. Não verifico nenhum liame entre seus atos, mais sim, desígnios autônomos deliberados e consciente de cometer dois crimes previstos no art. 89 da Lei 8.666/93”.
Ao unificar as penas, sendo que cada crime resultou em 3 anos de detenção, o Judiciário ressaltou que se faz incabível a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos, tendo em vista que não preenchidos os requisitos do art. 44, do Código Penal. “O sentenciado encontra-se com seus direitos políticos suspensos, nos termos do artigo 15, III, da Constituição Federal. Possibilito que ao réu que recorra em liberdade, uma vez que não se encontram presentes os motivos que autorizam a decretação da custódia preventiva”, finalizou a magistrada.
fonte: Blog do Neto Ferreira 

Inferno astral na blogosfera maranhense


A semana que passou não foi nada positiva para a blogosfera maranhense. Três dias após a prisão de três profissionais e da condução coercitiva de outros cinco, em uma operação da Polícia Federal que investigou crimes de extorsão, corrupção ativa e passiva e violação de sigilo funcional, a classe assistiu, insatisfeita, a libertação do empresário Gláucio Alencar (foto), acusado de ser o principal mandante do assassinato do jornalista Décio Sá, há quase cinco anos. repórter de Política do jornal O Estado do Maranhão, Décio era dono do blog mais popular e mais acessado do Maranhão, à época.
A conduta atribuída aos blogueiros manchou a reputação e a credibilidade não só dos envolvidos, mas de toda a categoria. A reação inicial do público foi a generalização. Se já era pejorativo, o termo blogueiro passou a ser sinônimo de criminoso, tamanha a  repercussão negativa dos fatos apurados pela PF e pelo Ministério Público Federal.
Passado o abalo inicial, passou-se a reflexão, não só dos titulares de blogs, mas também dos leitores, que tentam identificar boas referências na blogosfera, reconhecidamente um meio de comunicação extremamente necessário e transformador.
Sobre a liberação de Gláucio Alencar, tão lamentável quando a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) é morosidade do julgamento dos réus – até agora só i autor e o comparsa que o transportou na garupa de uma motocicleta até a Avenida Litorânea, local do crime. Favorecido pela lentidão dos tribunais, o suposto mandante viu o desejo e liberdade que acalentava há tempos ser realizado.
Se não havia certeza quanto ao desfecho do processo, agora, o futuro do caso é imprevisível, para desgosto da família de Décio, dos seus colegas de profissão solidários à sua memória e a todos os cidadãos que clamam por justiça para e tantos outros crimes.
C0mo dito acima, a semana não poderia ter sido pior para a blogosfera maranhense. E para confirmar o inferno astral, surge a informação de que a Polícia Civil prepara uma operação com o objetivo de prender quase 30 blogueiros.
Por ter vazado – de propósito ou não – a ação policial soa como ameaça. Se for uma ofensiva contra a má conduta, será muito bem vida. Mas se a intenção for apenas calar as denúncias postadas a todo instante nos blogs, a postura de toda a classe tem que ser firme.
Missa de 7º dia em memória do vereador Evilásio do PAM será celebrada hoje 


A missa de 7º Dia em memória do vereador Evilásio Roque Ramos, mais conhecido como Evilásio do PAM, será celebrada nesta segunda-feira (27) às 18h na igreja Nossa Senhora das Graças, localizada na Cohab. 

O vereador recorreu ao suicídio na ultima terça-feira (21). Ele disparou um tiro na cabeça dentro de casa. 

O corpo do parlamentar foi sepultado no cemitério Nossa Senhora dos Remédios. Evilásio tinha 48 anos e deixou a esposa e três filhos. 

O edil fazia parte da Mesa Diretora e havia sido eleito com 1.111 votos em outubro passado para exercer o seu primeiro mandato de vereador. 

Homenagem 

Na sessão da Câmara desta segunda-feira será feita uma homenagem ao falecido vereador. Os vereadores irão fazer uma sessão especial em memória do edil Evilásio do PAM. 
Roseana Sarney mantém indefinição e manda recado


“Se me provocarem, posso resolver ser candidata ao governo, pois sempre fui de luta e nunca temi enfrentamento político”, disse ontem, em rápida conversa, por telefone, Roseana Sarney (PMDB), referindo-se à eleição de governador em 2018. Quando fala de provocação, refere-se ao grupo comandado pelo governador Flávio Dino (PCdoB), de quem ela não citou o nome em nenhum momento da conversa.
Indagada, inicialmente, sobre como está sua disposição para disputar mais uma eleição de governador do Maranhão, Roseana respondeu sem convicção. “Estou vendo as coisas acontecerem. Por enquanto estou morando em Brasília, descansando e conversando muito, inclusive com o presidente Michel Temer, com quem já estive por duas vezes”. A senhora tem dúvida se disputa ou não o governo em 2018? Por quê?
“Olha, não sei ainda. A gente nunca sabe sobre uma situação dessas. Ainda tem muito tempo. Mas estou no aguardo dos acontecimentos. A situação está complicada em toda parte e não se pode precipitar as coisas.”
Trajetória
Roseana já disputou quatro eleições, perdeu uma em 2006, para o pedetista Jackson Lago, apoiado pelo então governador José Reinaldo, que tinha sido vice da peemedebista e se elegeu em 2002, após a titular renunciar para concorrer ao Senado. Com a cassação de Jackson, em abril de 2009, Roseana assumiu o restante do mandato, sendo reeleita em 2010, cujo mandato terminou em 2014. Ainda sobre as próximas eleições, Roseana disse: “Sinto que há muitas pessoas falando mal do governo atual, mas não é só isso, porque falavam mal também do meu quando eu era governadora. É que percebo, também, que eles estão com medo de disputar comigo. Com medo de mim”.
Três perguntas para Roseana Sarney:
O Imparcial – Quando a senhora acredita que poderá ter uma decisão?
Roseana – “Talvez lá para o segundo semestre. A minha vontade é não concorrer. Estou muito bem sem mandato e cuidando da saúde”.
O Imparcial – Vai depender mais de quê?
Roseana – Eles estão me provocando. Se continuarem a me provocar, posso entrar sim. Não tenho medo de concorrer. Boto um salto bem alto (brincando) e, quem sabe…
O Imparcial – Como a senhora está daqueles velhos problemas de saúde, que já lhe causaram inúmeras cirurgias. Estão sarados?
Roseana – Nenhum problema. A única coisa que tive recentemente foi uma pneumonia, mas pneumonia é causada pelo tempo, quando esfria muito.
O Imparcial

domingo, 26 de março de 2017

Genival Moto Peças aguarda com expectativa decisão da Justiça Eleitoral em relação ao caso da vereadora Aureamélia Soares 


O 1º suplente de vereador, Genival Moto Peças, da coligação A Mudança Continua (PSB/PCdoB/PR/PPS/PSDB/DEMPRP), que apoiou a candidatura do ex-prefeito Léo Coutinho, esteve na Câmara Municipal na ultima quarta-feira (22), durante as homenagens póstumas que foram feitas ao vereador Evilásio do PAM. Na ocasião, inoportuna no momento, ele não quis comentar com a imprensa sobre seu possível retorno à Casa do Povo, que depende da avaliação da Justiça Eleitoral acatar ou não o pedido de cassação da vereadora Aureamélia Soares, por abuso do poder econômico. O processo entrou na sua fase decisiva e a qualquer momento a parlamentar do PCdoB poderá ter o mandato cassado. 

Nas conversas de bastidores Genival Moto Peças diz que está inteirado do processo movido contra Aureamélia Soares, encaminhado ao Ministério Publico e que está sendo analisado pelo TRE com acusações de compra de votos. Vale ressaltar que no período eleitoral a candidata foi flagrada promovendo evento que caracterizava a compra de voto. 

Para o titular do Blog, o suplente Genival não negou que aguarda a resposta da Justiça Eleitoral, responsável pela avaliação, com expectativa e o resultado pode sair sair dentro de uns 10 dias.

"Estou tranquilo aguardando o desfecho final que será determinado pela Justiça Eleitoral e minha expectativa é grande quanto ao resultado ser favorável pra mim, pois fui prejudicado pela selvageria da compra de votos que imperou na eleição do ano passado, mas acredito que a Justiça prevalecerá", disse confiante Genival. 





sábado, 25 de março de 2017

Superior Tribunal de Justiça determina soltura de acusado da morte do jornalista Décio Sá 


Gláucio Alencar Pontes Carvalho foi colocado em liberdade, neste sábado (25), por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão (Seap) confirmou, por meio de nota, a saída do suspeito de ter participado do homicídio do jornalista Décio Sá, ocorrido em abril de 2012. Ele estava no Presídio São Luís III (PSL III), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.
Gláucio Alencar teve a prisão decretada no dia 13 de junho de 2012. Ele é apontado pelas investigações policiais como um dos contratantes do assassino Jhonatan de Sousa Silva, que é réu confesso. Assim, Gláucio segue aguardando julgamento, mas agora em outro regime.
A decisão da soltura de Gláucio Alencar foi do ministro, Ribeiro Dantas, que decidiu pela prisão domiciliar, com monitoramento feito pela tornozeleira eletrônica.

Carlos Bebé parabeniza o município de Afonso Cunha pelos 57 anos de emancipação politica


O primeiro suplente de vereador, Carlos Bebé (PSDC), comentou com muito entusiasmo acerca do aniversario de 57. Bebé disse que o município de Afonso Cunha, após a construção da MA-123 está vivenciando um novo tempo de respeito e desenvolvimento. 


“Temos a necessidade de ver Afonso Cunha de fato entrar nos trilhos do desenvolvimento. A rodovia totalmente construída vai atrair investimentos, capazes de gerar emprego e renda no nosso município, fazendo com que nossos irmãos afonso-cunhenses, não precisem sair de nossa cidade para buscar oportunidades fora. Parabéns Afonso Cunha pelos 57 de anos de emancipação politica e que Santa Luzia, nossa padroeira proteja e abençoe todos os seus habitantes”, disse. 


Carlos Bebé  é o presidente municipal do PSDC de Afonso Cunha e na disputa do pleito eleitoral de 2016 ficou na primeira suplência. O líder conta com a amizade e apoio político dos senadores José Sarney e Edson Lobão. 

sexta-feira, 24 de março de 2017

Alunos da zona rural de Caxias deixam de assistir aulas por falta de transporte escolar 

                                                                                               (imagem ilustrativa)
Os alunos da zona rural de Caxias não estão assistindo aulas do ano letivo deste ano em virtude da falta de transporte escolar, segundo Ribamar da Conceição, do povoado Jenipapo (1º Distrito), pai de aluno. Os alunos da localidade citada tem que se deslocarem até o povoado Baú, que fica 12 km de distancia, para assistirem aula. 

Ele afirma que o filho está perdendo aula pela falta de transporte. "Meu filho está sofrendo e a gente pai, também sofre com essa situação triste que tá acontecendo", desabafou. 

De acordo com um comunicado a assessoria de Comunicação da Prefeitura de Caxias, esclarece que o processo licitatório para contratação do transporte escolar encontra-se em fase de ajuste e seguindo toda a recomendação do Ministério da Educação.

Os pais de alunos do povoado Jenipapo esperam que a calamitosa situação esteja regularizada até o dia 05 de abril, pois o mês de março está praticamente perdido.

Em tempo 

Ao que tudo indica a Secretária de Educação de Caxias não deu conta de se planejar no dois meses que antecederam o inicio do ano letivo e o resultado disso tudo é o caos instalado, não somente na Educação, mas em todos os setores da atual administração municipal. E os problemas da falta de transporte escolar se refletem em toda zona rural de Caxias, onde a reclamação é geral. 






Para o Ministério Publico Federal, Soliney Silva e sua família desviaram R$ 3,72 milhões do Fundeb, em Coelho Neto 

Soliney de Sousa e Silva, sua esposa, três filhos e mais duas pessoas são acusadas de desviar R$ 3,72 milhões em recursos do Fundeb.

O número para consulta processual de Soliney na Justi
ça Federal, subsecção Caxias é 10869420174013702 
O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA), por meio da Procuradoria da República no Município de Caxias (PRM/Caxias), propôs ação civil por improbidade administrativa contra Soliney de Sousa e Silva, ex-prefeito de Coelho Neto, por desvio de recursos públicos federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) entre 2009 e 2011.
Foram constatadas várias irregularidades na gestão da prefeitura, com participação de José Pereira Filho e de Bismark Sauaia Guimarães, como vultosos saques em nome das empresas Pereira & Lobo Ltda., Construtora Paviterra Ltda. e Bismarck S. Guimarães EPP, que não detinham capacidade operacional ou financeira para funcionar, tratando-se, portanto, de empresas de fachada. Além disso, não consta registro de funcionários das respectivas empresas vinculadas à prefeitura.
A análise dos relatórios financeiros apontou que as transferências bancárias envolviam não só os sacadores e o ex-prefeito, mas ainda sua esposa, Mara Suely Almeida e Silva, e os filhos Bruno José Almeida e Silva, Soliney de Sousa e Silva Filho e Marcelo Henrique Almeida e Silva. As normas financeiras do Fundeb também foram violadas, uma vez que a legislação de regência não permite saques em espécie das respectivas contas.
Segundo o Ministério Público Federal, “todos os réus, agindo de forma livre, deliberada e consciente, e também sem observar o necessário dever de cuidado, por meio de ações e omissões, enriqueceram ilicitamente”, ocasionando prejuízo aos cofres públicos e à coletividade.
Na ação, o MPF/MA requer liminarmente a indisponibilidade das contas bancárias, ativos financeiros e bens dos indiciados, o pagamento das despesas processuais, assim como o ressarcimento integral dos danos causados ao erário no valor de R$ 3.727.840,00. 
fonte: Blog do Domingos Costa