quarta-feira, 31 de outubro de 2018

IFMA - Campus promove gincana cultural, esportiva e solidária  


O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias promoveu, na última quarta-feira (24), a 1ª Gincana Cultural, Esportiva e Solidária, com o tema  “Juntos  Somos mais Fortes”. A atividade, que foi realizada no ginásio poliesportivo do instituto, contou com a participação de estudantes de cursos técnicos de nível médio, servidores, terceirizados e comunidade externa.

O diretor-geral do campus, João da Paixão Soares, esteve presente na abertura do evento. “Com a gincana, os alunos realizam atividades que vão além da sala. Além disso, a atividade é importante porque trabalha pilares como aprender a conviver, a ser solidário e conviver em grupo. Tudo isso propicia um crescimento individual e coletivo ”, destacou o diretor.


As professoras de Educação, Vanessa Xavier Silva Sousa e Élcio Basílio Pereira Machado, juntamente com o Grêmio Estudantil Gonçalves Dias, organizaram a gincana. “Foram três meses com muitas tarefas. As equipes participaram de torneio de queimada e natação, além de desenvolverem outras ações, como doação de sangue, arrecadação de alimentos  e produtos de higiene”, explicou Vanessa Xavier, acrescentando que todas as atividades buscaram  estimular o desenvolvimento de competências como proatividade, criatividade, inovação, cooperação, relacionamento interpessoal e competitividade.
Os materiais arrecadados na gincana serão doados para o projeto Natal Solidário, desenvolvido pela Coordenadoria de Assuntos Estudantis (CAE). “Nem tudo foi fácil”, comentou o coordenador-geral do grêmio, Victor Emanuel Costa de Sousa. “Conflitos e discussões foram gerados entre nós, mas conseguimos superar e chegar sempre a melhor solução”, disse, frisando que a intenção do grêmio na gincana foi incentivar a interação “entre todos nós estudantes e preparar para relacionamentos saudáveis dentro e fora do IFMA”.

Durante todo o dia, os estudantes desenvolvem tarefas que envolveram força e criatividade. Para isso, contaram com a colaboração dos servidores Dalva Muniz Pereira (nutricionista), Ana Júlia Rego Vieira Luz (professora de química), José Wybson Colaço Nunes (odontólogo)  e Vanda Marinha Gomes (professora de arte).
No fim, a equipe Agroelite, composta por estudantes de Agropecuária, conquistou o 3º lugar. Já o segundo lugar ficou com a equipe Adm Bomba, dos alunos de Administração. E a grande campeã foi Agro Delta, com integrantes do curso de Agroindústria. A vitória garantiu para eles uma visita técnica de três dias ao delta do Parnaíba, localizado entre os estados do Maranhão e Piauí.
Ascom/IFMA
Deputada estadual eleita Cleide Coutinho parabeniza o município de Coelho Neto pelo aniversario  de 125 anos 


A deputada estadual eleita Cleide Coutinho (PDT) parabeniza o município de Coelho Neto, que completa 125 anos de fundação, nesta quarta-feira (30). O município está a 104 km de Caxias e 465 km de distancia da capital maranhense, São Luis e se localiza no leste do Estado.
“Parabéns aos habitantes de Coelho Neto que, com trabalho e satisfação ajudam a construir a bela historia dessa formosa cidade", deputada estadual eleita Cleide Coutinho. 
A deputada estadual eleita Cleide Coutinho e os deputados eleitos Cesar Pires e Duarte Junior foram os únicos políticos votados por eleitores coelho-netenses no dia 07 de outubro que homenagearam Coelho Neto em suas redes sociais pela passagem dos seus 125 anos. 
No município a pedetista  contou com o apoio do vereador Ricardo Chaves. Ela obteve 1.205 votos, correspondente a 5,34%, ficando na 4ª colocação. 
Eleição para presidente da Câmara Municipal de Caxias será segunda-feira (05)


A eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Caxias para o biênio 2019/20 marcha tranquila para a reeleição do atual presidente da Casa, vereador Catulé (PRB), parlamentar experiente, passado na casca do alho e contando com o apoio do prefeito Fábio Gentil. O decano se prepara para mais um mandato a frente do Legislativo. Segundo informações de bastidores, Catulé tem como opositores nessa disputa pelo comando da Casa do Povo, o ex-prefeito Paulo Marinho e seu filho Paulo Marinho Junior. Comentários nos corredores da Casa dão conta que os dois tentam barrar a reeleição do atual presidente. Ainda de acordo com informações de bastidores, 90% dos edis estão convictos que Catulé será reeleito presidente do Legislativo municipal na sessão ordinária da próxima segunda-feira, dia 05 de novembro. 
Mulher é assassinada pelo ex-marido em Bacabal 


Mais um crime bárbaro de feminicidio aconteceu na noite dessa terça-feira (30) no Maranhão. Em Bacabal, uma mulher identificada como Francineide Francisca Nascimento, de 36 anos, foi assassinada pelo ex-marido a golpes de faca. 

Segunda a policia, o crime teria acontecido após uma discussão entre a vitima e o ex-marido, identificado como Iramar Ferreira da Silva. Após matar a ex-mulher, Iramar se enforcou. 

Jornal Pequeno 
Cemar deve operacionalizar "Luz Para Todos" em 30 povoados de Matões  


A Companhia Energética do Maranhão (Cemar) tem até 16 de novembro para tomar todas as medidas para operacionalizar o Programa Luz para Todos para garantir fornecimento regular de energia elétrica aos moradores no povoado São Pedro “As Tocas”, na zona rural do município de Matões. A multa por descumprimento é de R$ 5 mil diários.
A determinação judicial, de 16 de outubro, é resultado de Ação Civil Pública com pedido de tutela antecipada, ajuizada pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA) em novembro de 2017.
“Como bem pontuou o Ministério Público, os serviços prestados pela ré são de natureza essencial e contínua, tratando-se de bem indispensável a todas as atividades sejam domésticas, rotineiras, empresariais ou prestação de serviços”, lê-se na decisão.
Proferiu a decisão o juiz Marcos Aurélio Veloso. A ação foi formulada pela titular da Promotoria de Justiça de Matões, Patrícia Fernandes Gomes Costa Ferreira.
Na manifestação, o Ministério Público ressaltou que a Cemar executou o Programa Luz para Todos, mas não atendeu ao povoado São Pedro “As Tocas”.
Em fevereiro de 2014, a empresa justificou que a execução parcial foi resultado das condições inadequadas de acesso ao povoado e seria realizado novo levantamento, em 60 dias. Segundo a Cemar o fornecimento de energia elétrica seria regularizado até março de 2015.
Em 2016, por meio de ofício encaminhado à Eletrobras (Centrais Elétricas Brasileiras), a estatal informou que as famílias do povoado não poderiam mais ser atendidas pelo Programa Luz para Todos e sim pelo Programa de Universalização, sob responsabilidade da Cemar.
Outro lado – A Cemar esclarece que já tomou ciência da decisão judicial em questão e que está avaliando, nesse momento, a possibilidade de interposição de eventual recurso ou outra medida processual cabível.
A Companhia esclarece que o recurso às instâncias superiores da justiça é direito constitucionalmente assegurado a todo e qualquer cidadão, órgão público ou privado, e que adotará as medidas cabíveis para a proteção de seus direitos.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Assessoria de Imprensa do vereador Mario Assunção emite nota de esclarecimento referente as postagens que estão circulando nas redes sociais 




Desapropriação do prédio da União Artística Operaria Caxiense 



Desapropriação do Prédio da União Artística Operaria Caxiense.

No ano de 2015, ao alugarmos o prédio da União Artística Operaria Caxiense para a instalação da sede do Movimento MJM e do Espaço Jovem, recebemos um prédio que já estava a pelo menos 5, j6 anos desativado, com instalações em péssimas condições, um espaço, sem forro, sujo, com um grande amontoado de lixo, rede elétrica dando curto e infiltrações! Nesses 3 anos, fizemos reformas simples, porém, pontuais para a manutenção e sobrevida do prédio da centenária casa do operário caxiense.  

Ao longo deste período, chegamos a receber mais de 300 jovens mensais, distribuídos em diversas atividades, como teatro, Danças Urbanas, Copeira, Danças Tradicionais, Mini-Cursos e outros, jovens que antes não possuíam espaço nem se quer para ensaio, porém, viam o espaço Jovem, bancado pelo o movimento MJM, como uma alternativa a tudo que já fora vivido aos longos das Administrações pública em Caxias!

No governo de FÁBIO GENTIL, a ausência de diálogo e a perseguição se instalou de forma cotidiana, vinda dos rincões das pastas mais simples as áreas de maior poder de articulação políticas. Hoje, faz 1 ano que iniciamos essa batalha de continuamos mantendo Vivo o nosso movimento que em nenhum momento recebeu verba da Administração pública para manter abertas as portas, exemplo disso que todos as despesas, de internet, água e energia, além do aluguel, eram bancadas pelo o MJM ou por mim, foram inúmeras propostas para "bancarem" o movimento que fundei em 15 de outubro de 2014, na reunião do Conselho Nacional de Juventude!

Hoje, estamos em vias finais e sem mais como contrapor o autoritarismo do senhor Prefeito, nem os meios legais sob a ótica administrativa no caso dessa desapropriação desproporcional!

Porém, saio com a cabeça erguida que mesmo em meio a forma arbitrária constituída pelo o senhor Prefeito e a sua equipe, o Movimento MJM e o Adriano Medeiros, resistirá, terá que ser um furacão bem maior para poder me tirar o amor pelos movimentos sociais, a minha bandeira e amor política, chegamos até aqui, e conseguimos construir um dos maiores movimentos independentes do Interior do Maranhão, hora, lutando só, hora, lutando ao lado de grupos, mas, sempre na certeza, podem perseguir, podem tirar, tudo que temos, pois, irei reconstruir, levantar e tão breve iremos fazer justiça!

*Adriano Medeiros*
*Presidente e Fundador do MJM.*
Maioria do eleitorado de Aldeias Altas votou em Haddad; veja resultado final da votação para presidente no município 


Resultado final das eleições para Presidente da Republica em Aldeias Altas no segundo turno.

O candidato Fernando Haddad (PT) obteve 9.719 votos, o que correspondeu a 83,65%. 

O presidente eleito Jair Bolsonaro do PSL obteve 1.899 votos, o que correspondeu a 16,35% dos votos. 

Brancos - 92 (0,76%)

Nulos - 450 (3,70%)

Validos - 11.618 (95,54%).   
Advogados denunciarão aluno da UFMA que ofendeu gays após vitoria de Bolsonaro 

Representantes do Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gênero e o Coletivo de Assessoria Jurídica Popular e Feminista entregam representação contra Marcos Silveira nesta terça-feira, 30, ao Ministério Público


Um dos posts de Marcos Silveira: agressão a esquerdistas, gays e vitimas da tortura  
Um grupo de advogados que atua em defesa da diversidade sexual  de gênero (Gadvs), e o coletivo de apoio jurídico feminista, vão denunciar nesta terça-feira, 30, o estudante de Química Marcos Silveira, da Universidade Federal do Maranhão (Ufma).
Logo após a vitória de Jair Bolsonaro para presidente da República, Silveira publicou postagens homofóbicas, sexistas e xenófobas nas redes sociais.
Atenção, geral! Tá liberada a caça legal aos viadinhos provocou o estudante, oferecendo uma caixa de cerveja por cada homossexual que visse “no chão”.
Em outra postagem, Marcos Silveira fez elogios ao coronel Brilhante Ustra, considerado um dos maiores torturadores da ditadura militar brasileira.
As publicações provocaram repulsa na comunidade acadêmica, e repercutiram fortemente em todo o país, gerando reações de protesto contra o estudante.
Ele chegou a apagar as agressões de seus perfis – e publicou um pedido formal de desculpas – mas só depois que seus ataques haviam se espalhado país a fora.
Marcos Silveira será denunciado criminalmente, e poderá responder por crimes de ódio, apologia à tortura e homofobia.
Blog do Marco D'Eça 
Mais de 2/3 dos deputados na Assembleia Legislativa serão da base de Flavio Dino


Levando em consideração o partido dos deputados eleitos e a coligação com Flávio Dino (PCdoB) nas eleições de 2018, o governador reeleito do Maranhão terá maioria na Assembleia Legislativa a partir de 2019.
Durante a campanha, Dino contou com o apoio do PCdoB, PDT, PRB, PPS, PTB, DEM, PP, PR, PTC, PPL, PROS, AVANTE, PEN, PT, PSB e Solidariedade. Desses partidos saíram 30 dos 42 deputados estaduais eleitos. Além disso, os dois partidos com maior número de deputados eleitos fizeram parte do grupo que reelegeu o governador.
O Partido Democrático Trabalhista (PDT) terá a maior bancada, com sete deputados; em seguida está o partido de Flávio Dino, o PCdoB, com seis deputados, sendo dois novos e quatro que conseguiram se reeleger. Veja a lista dos deputados eleitos dentro e fora da coligação de Flávio Dino nas eleições 2018.
Deputados dentro da coligação e que farão parte da base de Flávio Dino em 2019
  • Cleide Coutinho (PDT)
  • Márcio Honaiser (PDT)
  • Rafael Leitoa (PDT)
  • Glalbert Cutrim (PDT)
  • Yglésio Moisés (PDT)
  • Fábio Macedo (PDT)
  • Ricardo Rios (PDT)
  • Duarte Jr. (PCdoB)
  • Othelino Neto (PCdoB)
  • Carlinhos Florêncio (PCdoB)
  • Professor Marco Aurélio (PCdoB)
  • Ana do Gás (PCdoB)
  • Adelmo Soares (PCdoB)
  • Neto Evangelista (DEM)
  • Andreia Rezende (DEM)
  • Paulo Neto (DEM)
  • Daniella Tema (DEM)
  • Antônio Pereira (DEM)
  • Detinha (PR)
  • Vinícius Louro (PR)
  • Hélio Soares (PR)
  • Fernando Pessoa (Solidariedade)
  • Rildo Amaral (Solidariedade)
  • Helena Duailibe (Solidariedade)
  • Drª Thaiza (PP)
  • Ciro Neto (PP)
  • Marcelo Tavares (PSB)
  • Edson Araújo (PSB)
  • Zé Inácio (PT)
  • Mical Damasceno (PTB)
Catulé deverá ser reconduzido à presidência da Câmara de Caxias 


O vereador Catulé, confirmou nesta segunda-feira (29) ao Blog do Irmão Inaldo que tá fechando questão para sua reeleição a presidente do legislativo municipal. 

A eleição ainda não tem data marcada para ser realizada. A chapa está sendo definida, e terá a participação das duas representações, tanto oposicionista, como situacionista.
Final da Copa Gloss de Futebol Society foi acirrada e decidida nos pênaltis 

A equipe feminina do São Paulo perdeu o titulo na decisão das cobranças
de pênaltis 
Na tarde do último sábado (27) aconteceu no campo do Ginásio de Esportes João Castelo a final da Copa Gloss de Futebol Society Feminino. A disputa foi entre o time do São Paulo contra o SEAC.  
A partida que decidiu o titulo foi acirrada e definida somente nos pênaltis, após 1X1 no tempo normal. A equipe campeã foi o SEAC que converteu cinco penalidades contra quatro convertidas pelo São Paulo. 
Nos bastidores da grande decisão a diretoria do São Paulo reclamou da falta de transparência organização do torneio por ter vetado duas atletas que já estavam com os nomes inscritos na sumula para o jogo decisivo. O tricolor da Trizidela se sentiu prejudicado pela organização da competição.  

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Eleição deixou marcas e brigas nas redes sociais 


A eleição passou. Agora é hora de deixar as brigas dos grupos de whatsapp de lado, principalmente nos grupos de família. Muita gente foi “expulsa” ou “removida” de grupos por conta do posicionamento político.
O que essa eleição provocou de brigas em redes sociais e no whatsapp não é brincadeira.
Amigos de longas datas, irmãos e irmãs, pais e filhos deixaram de se falar por conta da polarização na eleição presidencial neste 2º turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad.
Em muitos casos, as agressões nas redes sociais e whatsapp viraram brigas com vias de fatos mesmo como nunca se viu.
E tudo beirou a insanidade com agressões gratuitas, provocações desnecessárias e muita baixaria mesmo.
Tenho a certeza que muitos vão relevar e seguir adiante com a amizade, mas em muitos casos a amizade e o respeito acabaram mesmo.
Antes que me julguem por conta desse texto, eu, particularmente não tive uma discussão com quem quer que seja, mas acompanhei muitas e que não levaram ninguém a lugar nenhum, pelo contrário.
Agora, que a eleição acabou “agressores e agredidos” podem avaliar se valeu à pena ou não tanta confusão como vimos nesta eleição.
Vitória de Waldez Góes no Amapá mantém José Sarney na cena politica 

Valdez Góes comemora a reeleição conseguida com o apoio de José Sarney 
Serviu para amenizar o gosto amargo das derrotas sofridas recentemente pelo ex-presidente José Sarney (MDB). Além de Bacabal, onde o candidato do seu grupo venceu a eleição, José Sarney saiu vitorioso nas urnas do Amapá, onde seu candidato, Waldez Góes (PDT), foi reeleito governador. Além da vitória em si, o ex-presidente comemorou muito o fato de o derrotado ter sido o seu arqui-inimigo na política amapaense, o senador João Capiberibe (PSB), que andou liderando a corrida nas pesquisas, mas teve sua campanha prejudicada por problemas criados por seu vice, indicado pelo PT. Com o desfecho da corrida no Amapá, o ex-presidente se mantém de pé na política daquele estado, mesmo sem mandato, continuará atuando nos bastidores da política nacional, tendo o seu raio de influência dependente agora da boa vontade do presidente eleito Jair Bolsonaro.
Na eleição suplementar da cidade de Bacabal, o vencedor foi o candidato Edvan Brandão (PSC), que estava no cargo de prefeito desde que Zé Vieira foi cassado. Edvan era presidente da Câmara de vereadores do município e é aliado do senador João Alberto (MDB) e do deputado estadual Roberto Costa (MDB).
Com 96,73% dos votos apurados, a eleição foi matematicamente resolvida. Edvan ficou com 50,84% dos votos contra 45,98% de Cesar Brito (PPS), que era apoiado pelo governador Flávio Dino.
A eleição foi praticamente plebiscitária. Os demais candidatos tiveram votações inexpressivas. Luis Padeiro com 1.98% e Professor Marinho 1,19%. Gisele Veloso teve sua candidatura indeferida.
Edvan terá dois anos e dois meses de mandato.
Bolsonaro venceu em apenas três cidades do Maranhão 


No Maranhão, assim como em toda a Região Nordeste, a vitória maiúscula foi do candidato do PT, Fernando Haddad. Em terras maranhenses, o novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), só conseguiu vencer em três cidades, das 217 que existem no Maranhão.
Os três municípios onde Bolsonaro venceu – Imperatriz, São Pedro dos Crentes e Açailândia – curiosamente estão na Região Tocantina do Maranhão.
A maior diferença pro-Bolsonaro foi no pequeno município de São Pedro dos Crentes. A vitória do presidente eleito do Brasil foi de quase 58% dos votos válidos.
Já em Imperatriz a vitória de Bolsonaro foi com 55% dos votos válidos e em Açailândia a vitória foi com quase 52% dos votos válidos. Nas outras 214 cidades, incluindo a capital maranhense, a vitória foi de Haddad.
No Maranhão, como um todo, Bolsonaro teve apenas 26,74% dos votos válidos, contra 73,26% de Fernando Haddad. O que aconteceu em terras maranhenses, se repetiu em todos os demais estados do Nordeste.
Entretanto, a vitória de Bolsonaro aconteceu em todas as outras quatro regiões do Brasil.
Jair Bolsonaro fez 24,08% dos votos validos em Caxias 


O presidente eleito Jair Bolsonaro fez 24,08% dos votos validos em Caxias, segundo a apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ele somou apenas 18.488 votos nas urnas caxienses, enquanto o candidato derrotado Fernando Haddad (PT) somou mais de 58 mil votos, o que corresponde a 75,92%.

Brancos somaram 975 (1,22%) e, nulos 2.424 (3,02%). 

No 1º turno, Bolsonaro teve 16.457, correspondente a 22,12% dos votos validos no município. 

Roseana Sarney saiu da seção eleitoral ao grito de "fora oligarquia" 


A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) votou neste domingo (28) no Colégio Santa Teresa, no Centro, em São Luís. Roseana votou no candidato Jair Bolsonaro (PSL). Seu grupo já está de olho em uma âncora em um provável governo do deputado federal.
Roseana votou acompanhada do irmão, Sarney Filho e do sobrinho, deputado estadual Adriano Sarney, da advogada Anna Graziella e de seguranças. Ao sair do local de votação, ouviu o grito ‘Fora Oligarquia’. E retrucou: “Já estamos fora”.
Ainda quando saiu, Roseana ouviu mais uma provocação: “vai para Miami?”. Nesta ela não respondeu.
do Blog do Clodoaldo 
Jair Bolsonaro é eleito presidente do Brasil 


Jair Messias Bolsonaro, do PSL, foi eleito presidente da República neste domingo (28) ao derrotar em segundo turno o petista Fernando Haddad, interrompendo um ciclo de vitórias do PT que vinha desde 2002.
A vitória foi confirmada às 19h18, quando, com 94,44% das seções apuradas, Bolsonaro alcançou 55.205.640 votos (55,54% dos válidos) e não podia mais ser ultrapassado por Haddad, que naquele momento somava 44.193.523 (44,46%).
Aos 63 anos, capitão reformado do Exército, deputado federal desde 1991 e dono de uma extensa lista de declarações polêmicas, Jair Bolsonaro materializou em votos o apoio que cultivou e ampliou a partir das redes sociais e em viagens pelo Brasil para obter o mandato de presidente de 2019 a 2022.
Na campanha, por meio das redes sociais e do aplicativo de mensagens WhatsApp, apostou em um discurso conservador nos costumes, de aceno liberal na economia, de linha dura no combate à corrupção e à violência urbana e opositor do PT e da esquerda.
Com isso, se tornou um fenômeno eleitoral ao vencer a corrida presidencial filiado a uma legenda sem alianças formais com grandes partidos, com pouco tempo na propaganda eleitoral de rádio e TV e distante das ruas na maior parte da campanha, em razão do atentado no qual sofreu uma facada que o perfurou no abdômen.
Após quatro vitórias consecutivas do PT em eleições presidenciais (2002, 2006, 2010 e 2014), o novo presidente eleito se apresenta como um político de direita.
Vitorioso na primeira vez em que se candidatou a presidente, Bolsonaro sucederá Michel Temer (MDB), vice de Dilma Rousseff (PT) que assumiu o governo em 2016 devido ao impeachment da petista.

domingo, 28 de outubro de 2018

Fábio e Zé Gentil comemoraram vitoria de Cléber Verde; explicada agora a derrota de Paulo Marinho Junior 

Blog do John Cutrim 


Já não é mais segredo que o prefeito de Caxias, Fábio Gentil e o seu pai, deputado eleito Zé Gentil apoiaram a candidatura do deputado federal Cleber Verde em detrimento do aliado Paulo Marinho Jr.

Neste sábado (27), os Gentils estavam juntos em uma festa ao lado de Cleber Verde comemorando a vitória obtida nas urnas no último dia 7. Não fizeram questão de esconder o entrosamento e a parceria que foi estabelecida na eleição.

Com a aparição em clima de festa fica claro que o candidato preferencial do grupo Gentil em Caxias era realmente Cleber Verde, o que ocasionou a derrota do filho de Paulo Marinho a uma das vagas na Câmara Federal. Os votos que eram para ser de Paulinho ficaram com Verde.

Ainda assim Paulo Marinho Jr. obteve a maior votação para deputado federal da história de Caxias com 30.8880 votos. Em porcentagem, só perdeu para Josimar de Maranhaozinho em Zé Doca.

Dessa forma, está cada vez mais perto o rompimento oficial entre os Marinhos e os Gentils.


Homem é assassinado com um tiro no bairro Galeana 


Um homem identificado como Luan Mendes, mais conhecido como “Lulu”, de 25 anos de idade, foi encontrado morto com um tiro na cabeça, por volta das 13h30 deste sábado (27), na rua Porto das Lanchas, no bairro Galeana, em Caxias.
Segundo informações da Polícia Militar, que esteve no local, a primeira hipótese é que pode se tratar de um acerto de contas, mas o assassino ainda não foi identificado.
De acordo com o auxiliar de perícia da Polícia Civil, Kilson Araújo, o jovem recebeu um tiro na cabeça, no lombo frontal esquerdo, e o corpo foi conduzido ao IML da cidade para a realização de exame cadavérico.
Vários curiosos estiveram no local, inclusive familiares que preferiram não se pronunciar sobre o crime.
A Polícia Civil investiga o caso.
O corpo da vítima foi liberado no fim da tarde para o velório e sepultamento.
as informações são do Portal Guanaré

sábado, 27 de outubro de 2018

Deputada estadual eleita Cleide Coutinho é indicada para ocupar 2ª Secretaria da Assembleia Legislativa do MA 


O PDT, partido comandado no Maranhão pelo deputado federal e senador eleito, Weverton Rocha, ampliou a sua força na composição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que será escolhida por aclamação, em fevereiro, para o biênio 2019/20.
Após indicar o deputado Glalbert Cutrim para ocupar a 1ª vice-presidência, o partido fechou questão em torno do nome da deputada estadual eleita Cleide Coutinho, viúva do saudoso ex-presidente Humberto Coutinho, para ocupar a 2ª Secretária da Mesa Diretora da Assembleia LEGISLATIVA. 
O PDT possuirá, a partir do dia 1º  de fevereiro de 2019, a maior bancada no parlamento estadual formada por sete deputados estaduais eleitos no dia 7 de outubro. 

Ronaldo Chaves vota em Haddad para presidente...

O ex-vereador caxiense Ronaldo Chaves,, secretário de governo do governador Flávio Dino e figura pública, publicou nas redes sociais que estará votando neste 2º turno pela democracia e pelo respeito. Segundo Chaves, seu voto irá para Fernando Haddad.


O ex-vereador conclama a todos na postagem dizendo a seguinte frase: “Amanhã é o dia da virada minha gente!! Com muito amor, muita paz, vamos votar pela democracia e pelo respeito. Sou Haddad presidente. Vamos de 13!!" 

       

Leitor denuncia crime ambiental em escola na zona rural de Matões

A Escola Municipal São Francisco localizada no povoado Tamboril, na zona rural de Matões, sofreu uma agressão ambiental, de acordo com denúncia do leitor do Blog.
Segundo o leitor, que é morador da comunidade, mas não quis ter sua identidade revelada, sem nenhuma justificativa plausível a diretora da referida unidade escolar de ensino citada no texto mandou cortar os galhos das arvores que foram plantadas ao redor do prédio. De acordo ainda com o leitor, a diretora agiu de forma autorizaria, sem noção e também sem a preocupação de preservar a natureza numa localidade onde o calor nessa época do ano é predominante. A atitude da diretora desagradou os moradores e estudantes, pois as arvores cortadas amenizavam o calor no local e serviam também como abrigo. 
Veja fotos da denuncia enviadas pelo leitor do Blog. 






Tropas do Exercito já estão no Maranhão para reforço da segurança na eleição 


Já estão se dividindo nos municípios onde atuarão as Tropas do Exército que chegaram em São Luís nesta sexta-feira (26) para reforçar a segurança no 2º turno das eleições no Maranhão.
O general Viana Filho, comandante da 22º Brigada de Infantaria de Selva, irá comandar os militares no estado. As tropas vieram por pedido do Tribunal Regional Eleitoral ao Tribunal Superior Eleitoral.
Vale lembrar que a única cidade maranhense que terá outra eleição além da presidente não terá o reforço. Bacabal elegerá neste domingo (28) o prefeito que assumirá o mandato até o final de 2020. Zé Vieira foi cassado no município.

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

'A virada já começou', diz Fernando Haddad (PT), em ato de campanha no Recife 


O candidato do PT à presidência da República, Fernando Haddad , afirmou que “a virada já começou”. Em ato na capital de Pernambuco, Recife, na tarde desta quinta-feira (25). Haddad lembrou que na cidade de São Paulo a campanha petista está na frente do candidato pelo PSL, Jair Bolsonaro. O candidato referiu-se à pesquisa Ibope que indica 51% dos votos válidos da capital paulista para ele, contra 49% para Bolsonaro.
Isso já é um sinal de que o Sudeste vai mudar de tendência. Somando com a maioria que a gente tem no Nordeste, pode nos possibilitar a vitória no domingo —, declarou Haddad, que destacou que os próximos três dias são fundamentais. “A população está nas ruas esclarecendo quem é o Bolsonaro, o que ele fez, o que ele fala, o que ele pensa. Ele só fala absurdos do Brasil, das mulheres, dos nordestinos, dos negros. É uma pessoa que não respeita ninguém. Espero que o povo brasileiro se faça respeitar derrotando Jair Bolsonaro”, enfatizou.
Haddad fez mais um aceno para Ciro Gomes, do PDT, que ficou em terceiro no primeiro turno as eleições presidenciais deste ano. O petista brincou e disse que até a sua esposa, Ana Estela, está com ciúme de Ciro.
“Até minha mulher está com ciúme do Ciro já, de tanto aceno que faço para ele. Quando eu chego em casa, ela fala e eu? Eu vou continuar fazendo aceno porque boto o Brasil acima de tudo. Não é com arrogância que nós vamos enfrentar o desafio que está posto. A gente tem que ter humildade diante da situação. Tem que partir de mim o exemplo. Como estou no segundo turno, tem que partir de mim esse gesto para demonstrar que nós vamos fazer um governo amplo. Ontem, liguei pro Carlos Lupi (Presidente nacional do PDT), falei longamente com ele. Falei para ele que compartilhe conosco esse momento da virada, lembrando a tradição de Brizola, que sempre esteve do lado certo. Temos três dias para virar o jogo. Com o Ciro fica mais fácil, mas vamos virar”, completou.
Para os eleitores indecisos, sobretudo os que não gostam do PT por causa das denúncias de corrupção, Haddad afirmou que “entre erros e acertos, os governos do PT mudaram as vidas de dezenas de milhões de pessoas”.
“Vamos corrigir os erros e manter os acertos. Agora transformar acerto em erro não dá. O Bolsonaro já se comprometeu com a política econômica do Temer, por exemplo. Essas pessoas acham que a política econômica do Temer está dando certo? Ele já até convidou o DEM pro governo. Isso é o caminho pro desastre”, dissse.
Sobre aumentar o salário mínimo e reduzir o preço do gás de cozinha, medidas que estariam sendo interpretadas por eleitores de Bolsonaro como populistas, Haddad afirmou que quem precisa explicar populismo é o candidato do PSL.
“Ele recomendava aos beneficiários do Bolsa Família comerem capim. Era assim que ele trata. E agora quer dar décimo terceiro pro Bolsa Família. Ele que sempre foi contra. Incoerência completa. Nós sempre achamos que o poder de compra das pessoas é que iria recuperar a economia”, afirmou.