segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Sessão da Câmara é o espetáculo (circense) das segundas e quartas à noite

Cadeiras reservadas para a bancada governista mais uma vez ficaram vazias
Mais uma vez o - circo - do plenário da Câmara Municipal de Caxias escondeu seu espetáculo. Seus artistas, a maioria por conveniência não compareceram ao que podemos chamar de - picadeiro - e por essa razão o show foi adiado para quarta-feira, e faltam poucos dias para as ultimas apresentações dos artistas antes do recesso parlamentar do 2º semestre. 

Estou usando a expressão - circo - pois é desta maneira que os próprios edis se dirigem uns aos outros quando os ânimos se agitam no plenário. Na análise dos vereadores, tanto situação e oposição, o trabalho desenvolvido por eles mais parece um circo. 

Foi assim na semana passada, durante à sessão Plenária em quê parlamentares da oposição defendiam as manifestações dos guardas municipais e agentes comunitários de saúde na galeria da Casa. Alguns edis governistas disseram quê os defensores das duas classes de servidores estavam querendo tirar proveito politico no momento e tudo aquilo não passava de uma grande - palhaçada. -  

Sem brincadeiras, as pessoas que gostam de assistir as sessões, ficam entristecidas quanto aos representantes do povo no parlamento municipal. É uma falta de respeito com o publico em dia de sessão a maioria faltar, sem nenhuma justificação plausível, claro que tem vereador merecedor de elogios, mas são tão poucos, e mesmo com a presença da minoria, não pode haver espetáculo circense na Câmara Municipal de Caxias.    

Boa noticia.

Luis Fernando Silva, secretário de Estado da Infraestrutura. 
Uma boa notícia aos torcedores maranhenses. O governo do Estado não medirá esforços para concluir as melhorias necessárias no Estádio Castelão até o mês de abril, quando começa o Campeonato Brasileiro Série B e que terá a participação do Sampaio Corrêa. A garantia foi dada pelo secretário de Infraestrutura, Luís Fernando Silva.
“A abertura dos envelopes com as propostas está confirmada para dezembro. A Sinfra vai contemplar tudo que foi acordado num um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público no ano passado. Estão previstos serviços de funcionamento das catracas eletrônicas, videomonitoramento, estacionamento, além de vários itens de segurança. Tudo será feito para que o Castelão esteja totalmente concluído para a estreia do Sampaio no Campeonato Brasileiro”, afirmou.
Para a conclusão da obra do Castelão, o governo do Estado deverá gastar aproximadamente R$ 6,5 milhões, dentro de um cronograma de 4 meses a partir da data de assinatura do contrato que deve ocorrer até janeiro. Além dos serviços acima mencionados, o engenheiro Aparício Bandeira, secretário ajunto de Infraestrutura garante que serão realizados serviços na iluminação do Castelão, inclusive nas arquibancada onde é bastante escuro. Além disso, a Sinfra fará modificações no setor de imprensa onde as cabines ficaram bem reduzidas após a reforma e instalação de barreiras de proteção na área do fosso. “O Castelão terá um excelente setor para a imprensa trabalhar, além do setor de emergência médica que será instalado e todos os itens que ainda não haviam sido realizados”, adiantou.
joaquimhaickelO secretário de Esporte e Lazer, Joaquim Haickel disse que o projeto da Sinfra vai deixar o Castelão totalmente concluído. “O funcionamento das catracas eletrônicas será fundamental para o combate à evasão de renda. Também teremos com esta reforma todos os acessos e o estacionamento do Castelão recuperado e com isto o torcedor maranhense terá muito mais conforto. A Sedel vem acompanhando todo o processo junto à Sinfra e nós acreditamos que o secretário Luís Fernando Silva não medirá esforços para que o Castelão seja totalmente concluído e fique dentro do padrão dos maiores estádios do país”, afirmou.
Pelo cronograma da Sinfra, a abertura dos envelopes com as propostas na Comissão Central de Licitação está marcada para 6 de dezembro. Se tudo ocorrer como esperado, a Sinfra espera iniciar a obra em janeiro do ano que vem e o estádio deverá ficar pronto em abril. De acordo com o calendário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a estreia do Sampaio deve ocorrer no dia 27 de abril.

Ney Jefferson vence PED do PT em Caxias


Com 59,5% dos votos válidos, o Delegado Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário Ney Jefferson, venceu o segundo turno do Processo de Eleições Diretas - PED, e vai presidir o PT de Caxias (MA), pelos próximos quatro anos.

Ney Jefferson obteve 351 dos 602 votos colocados nas urnas pela militância do município. O vereador Neto do Sindicato ficou com 240 votos. A abstenção foi de 160 eleitores.

"O PED é o maior exercício democrático que um partido político faz na história do Brasil, elegendo sua direção pelo voto direto em que todos têm o mesmo peso. Vence a democracia", disse Ney.

A votação ocorreu sem incidentes durante todo este domingo (24) na Câmara Municipal. Ney Jefferson disputou a PED contando apenas com apoio dos simpatizantes, contra Neto do Sindicato que teve apoio dos outros três concorrentes que haviam perdido no primeiro turno.

Apuração
Se o processo de votação foi tranqüilo, a apuração foi tensa. Fiscais de ambos os candidatos não desgrudavam os olhos das três urnas utilizadas na eleição.

Logo na urna 1, foi registrado o primeiro problema. Pessoas homônimas, ou seja, com nomes idênticos participaram do pleito. Em acordo os candidatos aceitaram validar os dois votos.

Na urna 2, um eleitor votou mais esqueceu de assinar a folha de freqüência do eleitorado. Mais uma vez em acordo, o voto foi validado.

A urna 3 não apresentou problema
.
Após anunciado o resultado final da PED, o candidato vencedor saiu em carreata pelas ruas da cidade.

RESULTADOS DA PED DO PT EM CAXIAS
Urna 1 - 270 votos
Ney Jefferson 120 votos
Neto do Sindicato 85 votos
Branco: 1
Nulos: 2

Urna 2 - 189 votos
Ney Jefferson 109 votos
Neto do Sindicato 77 votos
Branco: 1
Nulos: 2

Urna 3 - 205 votos
Ney Jefferson 122 votos
Neto do Sindicato 78 votos
Branco: 1
Nulos: 4

Intransigência
Outro fato que chamou a atenção durante a PED, foi o comportamento intransigente do então candidato e agora eleito, Ney Jefferson. Durante o processo de apuração, ele impediu que a imprensa acompanhasse de perto os trabalhos.

O argumento é de que o Regulamento da PED não permitia a presença dos profissionais no local. Situação que não está descrita no documento. No entanto, várias pessoas não credenciadas, inclusive as equipes de filmagens contratadas para registrar a eleição não estavam identificadas.

O inciso 7 do artigo 51 da PED do PT 2013 rege da seguinte forma § 7º: O cerceamento do livre trabalho da fiscalização acarretará abertura de processo disciplinar; .

A imprensa é além de um veículo de informação é também uma ferramenta fiscalizadora da transparência de qualquer processo público.


Já o Código de Ética dos Jornalistas diz: Art. 2º Como o acesso à informação de relevante interesse público é um direito fundamental, os jornalistas não podem admitir que ele seja impedido por nenhum tipo de interesse ou razão.

Fonte Mano Santos. 

De como José Reinaldo e Flavio Dino traíram Jackson Lago na eleição de 2006


http://1.bp.blogspot.com/-rbyEfIX8I98/Tf-okI8P38I/AAAAAAAAAUE/fCxbx7QgeCc/s400/jackson-e-za-reinaldo-22.jpg
José Reinaldo com Jackson Lago, o inocente útil
As eleições de 2006, no Maranhão, sempre foram marcadas pelo símbolo da traição e da corrupção.
Traição do ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) ao grupo que o transformou em político e corrupção deste mesmo José Reinaldo para eleger seu pupilo Flávio Dino (PCdoB) e seu candidato a governador, Edison Vidigal (então no PSB) – e depois, para eleger Jackson Lago (PDT).
A história das traições de 2006 ganham contornos ainda mais nítidos agora, com as revelações do ex-deputado Haroldo Sabóia (PSOL) ao blogueiro Robert Lobato.
- É importante registrar que o PSB, controlado pelo então governador José Reinaldo, e o PCdoB , já dirigido pelo Flavio Dino que acabara de deixar a magistratura, lançaram a candidatura à governador do Edson Vidigal para vencer e não para ajudar eleição do Jackson. José Reinaldo e Flávio Dino queriam levar o Vidigal para o segundo turno. Eles não acreditavam em uma vitória de Jackson sobre a Roseana no segundo turno. A candidatura de Vidigal, que deixou a presidência do Superior Tribunal de Justiça em março, era um projeto de poder do José Reinaldo e do Flavio Dino. Fizeram tudo para que o Vidigal ultrapassasse o Jackson, que acabou indo para o segundo turno pelo imenso acúmulo político eleitoral que possuía e devido a sua enorme determinação. Por outro lado, não esqueçamos também que foi de grande importância para a derrota da Roseana Sarney,em 2006, o fato de ter havido segundo turno na eleição presidencial - analisa Haroldo Sabóia, corroborando uma tese já inúmeras vezes registrada neste blog. (Leia aqui a entrevista completa)
http://2.bp.blogspot.com/-6bVShVWq49M/Tq6O9pXcVtI/AAAAAAAAAzg/C74amIoUkJY/s1600/haroldosaboia.jpg
Haroldo Saboia revela traição a Jackson Lago
Na avaliação do ex-deputado, o mesmo grupo que traiu Jackson em 2006 e tentou tirar o pedetista da disputa de 2010 cometeu outro equívoco, por ambição, em 2012, ao inventar a candidatura de Edivaldo Holanda Júnior (PTC).
- A eleição do jovem Edivaldo Junior foi um equívoco do eleitorado de São Luis que foi levado ao erro pela ambição do consórcio que o escolheu e o lançou candidato.
O ex-deputado reflete a Lobato mais um capítulo da história política recente do Maranhão. Capítulos que, ao longo dos anos, vão ficando mais claros para o eleitor, fortalecendo o trabalho de análise deste blog.
E mostrando a sua importância histórico-política para o Maranhão.
É simples assim…
Blog do Marco Deça

Propaganda e acidente.


A Secretaria de Transito e Transporte do município promoveu na manhã desta segunda-feira pelas principais ruas da cidade o desfile ( foto ) com  mototaxistas apresentando o novo colete a ser usado pelos profissionais que trabalham no ramo de transportar passageiros.

Enquanto isso mais um acidente acontecia no conturbado transito caxiense. Na rua Coelho Neto, próximo à entrada do calçadão da Afonso Cunha, uma jovem pilotando sua moto normalmente, parou na faixa apagada  para a passagem de alguns pedestres, quando um veiculo, conduzido por um motorista despreparado e mal educado colidiu com a parte  traseira da motocicleta. Com a violência do impacto, a jovem foi arremessada ao solo e, segundo informações, fraturou o braço.  

A mesma pessoa quê repassou informações sobre o acidente da jovem, dona Maria das Dores, moradora do povoado Descanso, por pouco não foi atropelada em frente a Igreja da Matriz quando utilizava o local destinado a ser usado pelo pedestre. Um veiculo parou, segura de que poderia atravessar a rua, outro carro não respeitou e avançou, freando bruscamente quase atingido a senhora. Caso tivesse acontecido o acidente, seria de grave proporção, relatou dona Maria das Dores. 

Há meses venho alertando sobre as dificuldades pelas quais passam o pedestre transitando nas ruas centrais da cidade.. Em um caso como o de dona Maria das Dores o motorista não tem como respeitar a faixa, pois no local existe apenas as marcas no asfalto indicando ser uma passagem para pedestre. 

Mais uma cobrança.


O deputado federal e presidente estadual do PDT, Weverton Rocha, voltou a cobrar do presidente da Embratur e pré-candidato ao governo do Estado, Flávio Dino (PCdoB), o cumprimento de acordo entre os partidos, que garante ao PDT a indicação de nome para a formação da chapa majoritária em 2014.
No início do ano, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), o próprio Weverton Rocha e membros do PSB confirmaram que Flávio Dino havia se comprometido em ceder espaços para o PDT em troca da aliança política que elegeu Holanda Júnior em 2012.
Flávio, no entanto, jamais confirmou o acordo publicamente, justamente pelo fato de ainda negociar espaços na chapa majoritária com o PSDB do ex-prefeito João Castelo e até com o PT. Os tucanos querem a vaga de vice para o deputado federal Carlos Brandão, que articula pessoalmente a aliança.
Com a garantia de aliança com o PT, por exemplo, Dino dispensaria o PDT e o PSB, partidos que o acompanham desde o ano passado e que organizam a principal ação da pré-campanha comunista, o movimento “Diálogos pelo Maranhão”.
“Hoje não é o PDT que vai fazer essa condição, o Flávio é quem vai nos chamar e dizer que precisa do PDT para ser governador, para construir essa grande aliança. Não somos nós que estamos batendo na porta do Flávio, pelo contrário”, afirmou o pedetista a um blog da capital.
O Estado chegou a tentar contato tanto com Flávio quanto com o presidente do PCdoB, Márcio Jerry, e perguntou, por meio de mensagem eletrônica, se havia de fato um acordo com o PDT. Até o fechamento desta edição, no entanto, as respostas não haviam sido dadas.
O Estado

Diálogo pelo Maranhão em Bacabal foi um fiasco.

 Publico pequeno para ouvir as propostas do Diálogo pelo Maranhão
Foi um fracasso total a realização de um evento politico sábado (23) em Bacabal intitulado - Diálogo pelo Maranhão - do pré candidato a governador comunista Flávio Dino. 

Apesar da maciça propagação do evento feita nas redes sociais pelos simpatizantes da candidatura do comunista ao Governo do Estado, o povo não compareceu, pelo simples fato da falta de credibilidade dos políticos que cercam o presidente da Embratur.  

Duas fotos, duas histórias…


Da coluna Estado Maior*
A semana que passou foi marcada por uma medição de força entre o comunista Flávio Dino e o peemedebista Luis Fernando Silva no campo do prestígio político.
O primeiro espalhou uma foto em que aparece ao lado da presidente Dilma Rousseff. O segundo foi fotografado de braços dados com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
A foto divulgada por Dino foi um registro da chegada da presidente Dilma Rousseff ao congresso do PCdoB, partido ao qual já pertenceu. Ali, a presidente foi carinhosa com todos os presentes, inclusive com o ministro dos Esportes, Aldo Rabelo. Durante a reunião, uma clack montada por Dino começou a gritar seu nome para o governo do Maranhão, numa estratégia previamente armada para induzir a presidente a fazer qualquer gesto ou pronunciar qualquer palavra de concordância.
http://www.marrapa.com/wp-content/uploads/2013/11/flavio-dino4.jpg
Foto única de Dino com Dilma no PCdoB: plantação de aliados
Só que, segundo a coluna Painel do jornal Folha de S. Paulo, a presidente se manteve em silêncio e impassível e demonstrando inclusive sinais de desconforto. Tanto que, ao perceberem que a armação de Dino não funcionou, os organizadores do congresso comunista trataram de acabar a festa.
Já a foto de Luis Fernando com Alexandre Padilha foi o resultado de uma declaração de aliança política.
Pré-candidato a governador de São Paulo pelo PT, Padilha é um dos líderes mais pragmáticos do seu partido, defendendo sempre a aliança do seu partido com o PMDB, por entender que sem a base de apoio peemedebista o governo petista corre sérios riscos de instabilidade.
Em Imperatriz, onde foi inaugurar um hospital do Estado, Padilha fez questão de entrar na seara política que ele e Luis Fernando serão colegas (candidatos) na aliança no ano que vem.
Um dos fiéis aliados da presidente Dilma e do ex-presidente Lula, Padilha não ratificaria a aliança PT/PMDB no Maranhão se não tivesse o aval na cúpula petista.
Uma das regras do jornalismo é a de que por trás de toda foto existe uma história.
Essa foi a história das duas fotos da semana.
Sem tirar nem por…
*Publicada diariamente no jornal O Estado do Maranhão

Detran-MA assina convênio de operacionalização de trânsito com prefeituras e PM

O Governo do Estado do Maranhão, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), a Polícia Militar do Maranhão e os prefeitos das cidades de Arari, Axixá, Açailândia, Balsas, Caxias, Estreito, Icatu, João Lisboa, Passagem Franca, Santa Helena, Santa Inês, São Luís Gonzaga do Maranhão, Timon e Viana assinam, nesta segunda-feira (25), às 11h no auditório do Palácio dos Leões, sede do Governo do Estado, em São Luís, os convênios de operacionalização dos serviços do sistema de trânsito dos municípios.
Os convênios têm amparo legal no artigo 25, da Lei nº 9503, de 23/09/2013 (Código de Trânsito Brasileiro – CTB), com base nas resoluções do Contran nºs 106, de 21/12/1999; 145, de 21/08/2003; 149, de 19/09/2003 e 155, de 28/01/2004, que autoriza os órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito, no caso o Detran-MA, a celebrarem convênios delegando competências uns aos outros, para o exercício das atividades nele previstas.
O objetivo é dar maior eficiência e segurança para os usuários das vias, bem como a recíproca prestação de serviços de controle eletrônico das infrações de trânsito, disponibilização de capacitação técnica, assessoria, monitoramento e fiscalização das atividades relativas ao trânsito.
(Com informações do Governo do Estado)

Mais estrada Maranhão! Luis Fernando inaugura pavimentação da MA-317, em Cajari


A obra de pavimentação da rodovia MA-317, que liga o município de Cajari (a cerca de 200 quilômetros de São Luís) ao entroncamento da MA-014, foi entregue à população pelo secretário de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, acompanhado do prefeito da cidade, Joel Dourado, neste sábado (23). O serviço contemplou 14,5 quilômetros e teve investimentos da ordem de R$ 5.672.746,47.
- A estrada resgata a autoestima dos moradores e de quem passa por aqui e promove a valorização das cidades de Viana e Cajari. A estrada é desenvolvimento, é mais acesso a saúde, melhor transporte escolar, melhor segurança no trânsito, maior segurança pública também, é escoamento da produção, é a diminuição do tempo de deslocamento, enfim, é um fator dos mais importantes de desenvolvimento econômico e social - contou Luis Fernando Silva.

Ele ressaltou que este ano, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), está pavimentando mais de 1.100 quilômetros, ligando por asfalto todas as sedes municipais. Na ocasião, Luis Fernando anunciou também que serão pavimentados mais quatro quilômetros de ruas e avenidas na cidade.
O prefeito Joel Dourado Franco afirmou que a obra é um sonho antigo da população e vai contribuir para o desenvolvimento da região.
- Recebemos esse grande presente, que é o sonho do povo cajariense, uma estrada de qualidade para permitir o acesso a sede do município. Só tenho a agradecer essa parceria entre o Governo do Estado e a prefeitura, fundamental para melhorar a vida da população.

Já o prefeito de Viana, Chico Gomes, lembrou que a MA-317 beneficia toda a Região da Baixada Maranhense.
- A governadora Roseana está olhando para a nossa Baixada, pelo povo do Maranhão, fazendo um governo de mudanças e transformações, trazendo obras importantes como a construção de estradas, escolas e hospitais – finalizou.

Também participaram da inauguração o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes; o adjunto da SSP, Laércio Costa; e a adjunta da Cultura, Marlilde Mendonça; o deputado estadual Jota Pinto; prefeitos da Baixada Maranhense, lideranças políticas e comunitárias.

Informações do blog do Jhivago Sales