sábado, 30 de setembro de 2017

Maranhão é o primeiro em mão de obra escrava 


Levantamento do Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA), com base no Observatório Digital de Trabalho Escravo (SMARTLAB MPT / OIT), revela que de 2003 a 2017 mais de 8 mil maranhenses foram resgatados de situação análoga à escravidão em outros estados da federação. Esse dado coloca o Maranhão em primeiro lugar no ranking nacional de fornecimento de mão de obra escrava.
O estudo mostra que dos 43.428 resgatados em todo o país, 35.084 tiveram sua naturalidade identificada. Desse total, 22,85% afirmaram ter nascido no Maranhão (8.015 pessoas), o que garante uma média de um maranhense para cada cinco resgatados.
O município de Codó (MA) é o segundo maior fornecedor de mão de obra escrava do país, com 429 resgatados nascidos nessa cidade. O recordista é Amambai (MS), com 480 trabalhadores. Em terceiro lugar está São Paulo (SP), com 427 resgatados.
O balanço também constatou que o Maranhão lidera a estatística nacional de resgatados residentes. Nesse caso, 18,35% dos resgatados de condições semelhantes à escravidão declararam morar em território maranhense. Codó também figura entre os cinco municípios do país com maior número de residentes resgatados, com 356 trabalhadores.
Bancada deverá repetir votação sobre a nova denuncia contra o presidente Michel Temer


Todos os sinais estão indicando que a bancada federal maranhense repetirá a divisão na votação que autorizará ou não que o Supremo Tribunal Federal abra processo para investigar o presidente Michel Temer (PMDB).
Os deputados Hildo Rocha (PMDB), João Marcelo (PMDB), Sarney Filho (PV) – que deixará o Ministério do Meio Ambiente para reassumir a cadeira por dois dias para participar da votação -, Aluísio Mendes (PTN), Júnior Marreca (PEN), Cléber Verde (PRB), Pedro Fernandes (PTB), André Fufuca (PP), José Reinaldo Tavares (PSB), Victor Mendes (PSD), Juscelino Filho (DEM) votarão a favor do presidente.
Já os deputados Weverton Rocha (PDT), Deoclídes Macedo (PDT), Rubens Jr. (PCdoB), Zé Carlos (PT), Waldir Maranhão (PTdoB), Luana Costa (PSB) e Eliziane Gama (PPS) votarão pela autorização para que o presidente seja investigado.
É aguardar para conferir. 

Roseana Sarney reaparece após noticias sobre prisão do amigo Gedel esfriarem 

Roseana reapareceu fantasiada de "Perpetua"
A ex-governadora Roseana Sarney voltou a aparecer no meio político depois de um longo período de ausência. Ela foi vista na Câmara Federal esta semana pedindo votos a favor do arquivamento do segundo processo contra o presidente Michel Temer, que é do seu partido, o PMDB.
Sumida desde a prisão do amigo e ex-ministro Geddel Vieira Lima – dono de um bunker encontrado em Salvador com mais de R$ 50 milhões em dinheiro vivo – Roseana reaparece no cenário político para dar o último tiro de misericórdia no seu sonho de voltar a comandar o Maranhão: a manutenção do presidente Michel Temer no cargo.
A ausência de Roseana do meio político nesse período evidenciou o medo de uma possível delação de Geddel, com quem é suspeita, segundo parecer do Ministério da Integração Nacional, de desvio de R$ 18 milhões – valores corrigidos – em recursos federais que seriam para reconstrução de estradas e pontes destruídas por enchentes em 2009.
Em evidência na mídia nacional pela escandalosa prisão, Geddel é considerado pela cúpula do PMDB como um verdadeiro homem bomba que pode implodir a carreira política de vários membros da sigla, inclusive de Roseana Sarney, com quem ele tem grande afinidade e relações que extrapolaram o nível de institucionais.
Com o “sumiço” de Geddel da agenda política nacional, Roseana vai reaparecendo aos poucos, mas sempre torcendo para que o amigo continue sozinho com o seu silêncio lá na Papuda.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Prefeito de Chapadinha é alvo de investigação do Ministério Publico

MP investiga contrato de R$ 10,3 milhões da prefeitura de Chapadinha com a empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços


A administração do prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar (foto) passa a ser alvo de uma investigação da 1ª Promotoria de Justiça no município que tem à frente o promotor Douglas Assunção Nojosa. O titular da Promotoria de Justiça de Chapadinha instaurou nesta última segunda-feira (25) o Inquérito Civil nº 05/2017 através da Portaria nº 05/2017 - 1ª PJC/MA.

O inquérito diz que Ministério Público (MP) recebeu informações sobre um contrato realizado entre a prefeitura de Chapadinha e a empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços. “CONSIDERANDO as informações chegadas a esta Promotoria de Justiça através do OFC-CAOP-PROAD – 1032017, encaminhando cópia de Representação formulada pelo Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, em razão de irregularidades na contratação da empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços pelo município de Chapadinha – MA”, diz o documento do MP.

“RESOLVE, 1-) Instaurar Inquérito Civil para apuração de eventuais ilícitos civis e/ou administrativos pelo Prefeito de Chapadinha, Magno Augusto Bacelar Nunes, ao terceirizar e contratar a empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços”, informa ainda o inquérito civil.

Contrato

A empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços possui pelo menos três contratos na gestão do prefeito Magno Bacelar que somados chegam a R$ 10.379.997,60 milhões, de números 059/2017, 0061/2017 e 062/2017.
O que será mesmo que vem fazer em Caxias o senador Edson Lobão ?

Fábio Gentil e Edson Lobão durante encontro ano passado após as eleições 
A convite do prefeito Fábio Gentil, o senador Edson Lobão estará visitando Caxias neste sábado (30). Mas o que será mesmo que vem fazer o senador do PMDB em Caxias? 

É do conhecimento de todos os caxienses, informados através da imprensa nacional, que o senador Lobão está de mãos atadas no Senado por conta das recentes noticias nacionais sobre o envolvimento do seu nome nas investigações da Lava Jato. Mesmo com toda essa negatividade, o prefeito Cabeludo e seus auxiliares fizeram um alarde geral nas redes sociais, convictos de quê dias melhores virão para a administração municipal por conta da visita e do apoio do senador, mesmo o peemedebista estando metido até o pescoço nos escândalos recentes da politica brasileira. 




Disputa de poder e nepotismo dentro da Secretaria Municipal de Educação 


do Blog do Arimatéa Rocha 


Dentro da Secretaria de Educação de Caxias – MA existem dois grupos, um da secretária Ana Célia e o outro de Edna Reis.
Com o problema de saúde de Edna Reis, acometida por um AVC no dia 08/09, cresce o poder da secretaria Ana Célia, nomeando seu sobrinho Teódulo, ex-vereador de Aldeias Altas, jogador assíduo de pife pafe no Bar Beija Flor. O outro assessor nomeado é Luciano, que antes era secretário escolar na Escola União dos Moradores da Vila Arias. Segundo os funcionários da referida escola, Luciano não cumpria horário, pois o mesmo era funcionário da cervejaria Brasil Kirin.

Os dois indicados da secretária de Educação Ana Célia agora acumulam dois cargos. 


Teódulo (foto), que já era chefe do Recursos Humano da Secretaria Municipal de Saúde, comenta-se nos bastidores que ele assumiu o cargo de Edna Reis, no RH da Educação, acumulando assim dois cargos ou empregos, mas no Artigo 37 da C. F. no Inciso XVI -  é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários, observado em qualquer caso o disposto no inciso XI:  a)  a de dois cargos de professor;  b)  a de um cargo de professor com outro, técnico ou científico; c)  a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas.

Os assessores de Edna Reis que deveriam assumir o comando do RH da Educação, pois são conhecedores de todos os trabalhos ali desenvolvidos, foram colocados  na “geladeira”, aumentando com isso a pratica do nepotismo que impera na administração do prefeito Fábio Gentil.  

Segundo ainda os comentários apontam que Ana Célia tinha uma rixa antiga com Edna Reis por entender que foi ela (Edna) quem influenciou em sua saída da Secretaria da Educação em passados recentes para ocupar o “tronco” da Educação, a sala de aula.

Mas na verdade Ana Célia saiu da Secretaria de Educação, porque usava sua função de Coordenadora do EJA (Educação de Jovens e Adultos) para tentar empregar toda a sua família e amigos mais próximos. Queria transformar  o EJA uma mine-secretaria. 

Esta prática, segundo os informantes vêm acontecendo, pois Ana Célia empregou suas filhas, seu cônjuge (no almoxarifado), seu irmão (no setor de transportes) e agora seu sobrinho Teodulo Damasceno Aragão no (Recursos Humanos), dizem que até o Padre Gilberto também foi agraciado pela Secretária de Educação com um salário invejável aos professores de sala de aula (muito acima de R$ 5.000,00), isso é puro nepotismo.

Neste caso de nepotismo o Promotor da Fazenda Pública (1ª Promotoria de Justiça) deve averiguar as informações e denúncias aqui apresentadas e tomar providências cabíveis com urgência, porque o erário tem prejuízo, esses “trabalhadores” não fazem suas tarefas nos dois locais  de trabalho diferentes longe um do outro.     


.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Aldeias Altas inicia a implantação do Programa Kit's Sanitários em parceria com o Governo do Estado 

Vice-prefeito Itamar Soares assina o termo de adesão com o governador FD.
O vice-prefeito de Aldeias Altas, Itamar Soares, e o secretario de Agricultura do município, Anderson Soares, participaram na noite desta quinta-feira (28) em São Luis do lançamento do Programa Kit's Sanitários vinculado ao Plano Mais IDH. A implantação do programa no município é em parceria com o Governo do Estado. 

Itamar Soares na solenidade de lançamento do programa, que contou a presença do governador Flávio Dino, representou o prefeito Zé Reis. O vice-prefeito assinou o termo de adesão de fomento dos kit's sanitários. 

Anderson Soares (secretario de Agricultura), Flavio Dino e Itamar Soares
(vice-prefeito de Aldeias Altas).  
O programa kits sanitários é mais uma ação do Governo do Estado que visa diminuir o déficit de banheiros ou sanitários de uso exclusivo nas residências maranhenses.

Os kits são estruturas de alvenaria, com fossas sépticas, sumidouros, pia, chuveiro, vaso sanitário, caixa d’água e lavanderia. O presidente da Caema, Davi Teles, explicou que serão distribuídos 6 mil unidades no total, sendo 200 para cada uma das 30 cidades que fazem parte do ‘Plano Mais IDH’.

As famílias que receberão os kits serão escolhidas por meio de processos seletivos, a serem realizados pelas prefeituras municipais, obedecendo aos seguintes critérios: estarem cadastradas no CadÚnico; possuírem crianças com idade entre 0 e 6 anos; residirem nas sedes dos municípios; e não possuírem banheiros com vasos sanitários ou chuveiros.

"O Governo do Estado está de parabéns por mais uma vez beneficiar a nossa cidade de Aldeias Altas que vem evoluindo de maneira significativa no governo Flávio Dino. O prefeito Zé Reis e eu Itamar vice-prefeito, estamos sempre unidos em busca de melhorias para a população de Aldeias Altas, com o nosso empenho e a vontade de Flávio Dino fazer muito mais pelo Maranhão, quem tem a ganhar são os nossos irmãos aldeienses que tem recebido os inúmeros benefícios através da parceria entre governo Municipal e governo Estadual" falou o vice-prefeito Itamar Soares.

"Acompanhar esse momento histórico é uma grande satisfação para mim, pois a frente de uma secretaria que vem trazendo inúmeros benefícios para os trabalhadores da agricultura familiar da nossa cidade, vejo neste programa mais uma prova da seriedade e compromisso que o governador Flávio Dino tem com a população de nossa Aldeias Altas, cumprindo com mais uma de suas promessas que ajudarão tirar de uma vez por todas Aldeias Altas do ranking das cidades mais pobres do país", enfatizou Anderson Soares (secretario de Agricultura Familiar)

Além da implantação dos kits sanitários no município de Aldeias Altas, o programa também vai gerar empregos locais, pois toda a mão de obra que será necessária para a implantação dos kits será de trabalhadores locais.

Os trabalhadores que irão participar da implantação dos kits começaram a fazer seus cadastros. Uma equipe do Sine esteve nesta quarta-feira (27) na cidade realizando o trabalho de recrutamento dos profissionais. 

fonte: Blog do Adriano 



Luis Fernando vai à Câmara e apresenta prestação de contas do segundo quadrimestre de 2017



O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, apresentou na terça-feira (26), no Plenário da Câmara Municipal, os balanços Contábil e Financeiro da sua administração referente ao 3º quadrimestre de 2017.  A prestação de contas cumpre a Lei Complementar Federal nº 101/2000 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Além de destacar as ações positivas do governo, o prefeito elencou os avanços registrados nos últimos nove meses da sua gestão. Somente no período de comemoração do aniversário de emancipação política do município, foram mais de 25 obras e ações de grande impacto social e econômico em benefícios da população de todas as regiões do município.


“No lugar de reconstruir a Biblioteca das Vilas, eu gostaria de já ter construído outra biblioteca em outro bairro. No lugar de reconstruir as praças que reconstruímos e entregamos nos últimos dias, eu queria ter construídos outras. No lugar de recuperar 80 quilômetros de ruas e avenidas que já recuperamos nos últimos nove meses, que foram destruídas por falta de manutenção, conservação e limpeza, gostaria de estar pavimentando novas vias. Mas enfim, mesmo com todas essas dificuldades, ninguém vai nos tirar dos nossos objetivos de reconstruir e desenvolver novamente esta cidade” refletiu o prefeito durante seu discurso na tribuna da Câmara.

Outro ponto bastante aplaudido pela plateia presente e elogiado pelos vereadores, foi sobre as ações que a atual gestão move contra a empresa concessionária dos serviços de água e esgoto do município, a BRK Ambiental. De acordo com que informou o prefeito, há a suspeita de irregularidades na contratação da empresa desde o processo de licitação e além disso, os serviços que a empresa presta estão eivadas de falhas e de reprovação da população. “Todas estas situações estão sendo questionadas pela via judicial”, informou Luis Fernando aos vereadores.


Segundo o presidente da Câmara, Beto das Vilas, para reconstruir é preciso determinação. “E é exatamente isso que estamos vendo na gestão do prefeito Luis Fernando. Somos todos testemunhas de que a cidade foi totalmente destruída, mas que hoje já conseguimos perceber seu recomeço", acentuou o vereador.

Na mesma linha, pontuou o vereador Osvaldo Brandão (PMDB). "Nós precisamos ser humildes para reconhecer nossos erros e não tenho problema em dizer que da última vez que o prefeito esteve aqui na Câmara, fui injusto com ele e errei na minha avaliação, mas hoje tenho a oportunidade de dizer que o prefeito Luis Fernando mostra respeito e transparência com a Câmara e com o povo, aplicando os recursos com responsabilidade e gerindo problemas que afetam diretamente a população, a exemplo da luta pela qualidade da água oferecida", finalizou o parlamentar. 
Câmara de Caxias realiza sessão solene em homenagem ao IFMA 


O plenário da Câmara de Vereadores de Caxias realizou nesta quarta-feira (27) uma sessão especial que marcou a comemoração dos 7 anos da instalação do Instituto Federal do Maranhão no município. A propositura foi do vereador Mário Assunção (PPS) e na sessão solene reuniram-se autoridades, servidores e estudantes do instituto.

Na tribuna, o diretor do IFMA Caxias, João da Paixão, agradeceu a homenagem. “Esta Casa percebe a importância que tem o IFMA para o desenvolvimento científico regional”. Na oportunidade, o diretor agradeceu também a iluminação implantada pela prefeitura na rodovia onde o campus fica localizado, a linha exclusiva de transporte coletivo e as parcerias com as secretarias municipais.
O secretário de Governo, Catulé Júnior, representou o executivo no ato. “Representando nosso prefeito, Fábio Gentil, trago seu reconhecimento pela importância do instituto na qualificação de nossos jovens. Por isso temos estreitado parceria que vem oportunizando grande benefício para a nossa cidade e região”, afirmou o secretário municipal.
O reitor do IFMA, Roberto Brandão, acompanhado do pró-reitor Carlos César e do consultor Piter Dostler, também marcou presença na sessão solene. “Comemoramos mais um aniversário do IFMA Caxias. Isso faz com que nós tenhamos cada vez mais a experiência de melhorar o nosso momento na cidade. Declamamos o apoio e queremos caminhar juntos com a população de Caxias, representada pela Casa do Povo através dos vereadores, que possamos abraçar essa causa conosco”, frisou.
Como líder do governo, o vereador Sargento Moisés (PSD) parabenizou o corpo docente do IFMA Caxias e declarou que “a instituição é hoje referência em educação pública e marcante para o desenvolvimento da região”.
Ximenes (PR) elogiou a iniciativa do vereador Mário Assunção e disse que o “IFMA já nasceu grande, pois o campus nasceu com estrutura que não deixa a desejar a muitas universidades, faculdades e cursos tecnológicos afora”.
O vereador Darlan (PHS) considerou a homenagem justa. Na ocasião, ele comentou sobre a sua participação recente no Fórum de Planejamento Estratégico promovido pelo IFMA em Caxias.
“Tivemos a honra e prazer de participar das discussões da chegada do IFMA em Caxias. Era reitor então Zé Costa, que vem da escola técnica, que é embrião de tudo isso. A instituição chegou com força oferecendo oportunidade para aquele que não dispõe de recursos para ir a universidade privada. E esta Casa, que é a caixa de ressonância da sociedade, vai estar sempre aberta para receber, para prestar as nossas congratulações”, destacou o presidente da Câmara, vereador Catulé (PRB).
Repórter Puliça (PRB) também parabenizou o IFMA e relatou testemunhos de jovens que acham prazeroso estudar no instituto pela qualidade de ensino ofertada.
Para Mário Assunção, a sessão se justifica pela necessidade de reconhecer o trabalho realizado pelo IFMA em Caxias. “Um instituto que é público, gratuito, que permite às pessoas de baixa renda terem uma formação de qualidade e que mostra para a população de Caxias que os nossos sonhos de uma forma ou de outra se realizam”.
IFMA
O IFMA foi criado pela Lei 11.892, de 29 de dezembro de 2008, a partir da integração do Centro Federal e Educação Tecnológica do Maranhão (CEFET-MA) e das Escolas Agrotécnicas Federais de Codó, São Luís e São Raimundo das Mangabeiras. A missão institucional do IFMA é promover educação profissional, científica e tecnológica, por meio da integração do ensino, pesquisa e extensão, com foco na formação do cidadão e no desenvolvimento socioeconômico sustentável. A instituição oferece cursos de nível básico, técnico, graduação e pós-graduação para jovens e adultos. Atualmente, o IFMA possui 29 campi.
Campus Caxias
Localizado às margens da MA-349, no povoado Lamego, o IFMA Campus Caxias foi fundado no dia 21 de setembro de 2010 com o compromisso de ofertar formação profissional, científica e tecnológica, de modo a melhorar a realidade social e econômica da região. O município apresenta aspectos que favorecem o desenvolvimento de atividades como pecuária, agricultura, extrativismo, negócios, indústrias e serviços, bem como turismo rural. Nesse sentido, os cursos ofertados pelo Campus Caxias estão alinhados com o arranjo produtivo local.
A polêmica da construção no santuário do Morro do Alecrim... 


Campanha. Falando em história, na internet continua intensa a campanha de ativistas culturais contra as interferências arquitetônicas em andamento no Morro do Alecrim.

Comunicação inadequada... O que confirma a falta de diálogo do governo municipal, ou a inadequação de sua comunicação com os defensores da preservação das ruínas da Balaiada, os quais são muitos e atuam em diversas atividades profissionais..

Um avanço... No caso da vinda da equipe da Superintendência do Patrimônio Estadual a Caxias, na semana passada, o fato já foi um avanço porque, bem ou mal, defensores das obras e seus críticos estiveram reunidos para averiguar in loco o que aconteceu no Morro do Alecrim...

O parecer... E, agora, todos aguardam o parecer decisivo da equipe técnica do estado sobre a continuidade ou o embargo das obras. O parecer, embora desagradando a um dos lados, porá fim pelo menos a uma parte das controvérsias no tocante ao impacto que as obras poderia causar ou não às ruínas da Balaiada.

Coluna Caxias em Off
Prefeito Fábio Gentil lança ofensiva midiática para conter escândalo no SAAE; pagamento exorbitante por impressoras pode despertar a atenção do Ministério Publico 

do Caxias Online 


Foi heroica, porém, sem êxito, a tentativa da mídia alinhada ao prefeito Fábio Gentil em camuflar o preço exorbitante pago pela aquisição de 10 impressoras portáteis de interesse do SAAE em contrato firmado com a empresa GESTTI. 

Entenda;
Na última terça-feira (26), a equipe de reportagem do site Caxias Online teve acesso ao extrato do contrato n° 01/2017 pregão presencial n° 075/2017, firmado entre a empresa GESTTI e o SAAE de Caxias,  contrato que faz referência a aquisição de 10 impressoras portáteis, as quais custaram R$ 37.500, 00, porém, o diário oficial do município de Caxias, no dia 18 de setembro, omitiu a quantidade de impressoras, assim como o CNPJ da empresa mineira, permitindo a interpretação unânime de que seria apenas uma impressora a ser adquirida pela autarquia.
A desordem e lacunas informativas expostas pelo diário oficial no dia 18 de setembro, acentuaram vorazmente o quanto a equipe de comunicação do prefeito Fábio Gentil é inapta e arcaica. Reveja aqui: Explica essa Governo Gentil: Aquisição de impressora custa quase R$ 40 mil ao SAAE de Caxias.
Posteriormente, por intervenção da repercussão da matéria postada na página, a escória do setor da ASCOM tratou de emitir nota com anexo do contrato detalhado entre a empresa mineira e o SAAE de Caxias, fornecendo as quantidades de impressoras adquiridas e o preço pago por cada unidade, assim como o CNPJ da empresa.
No entanto, a flagela nota emitida pelo colóquio a serviço do Governo Gentil, a qual tinha o objetivo de pacificar a pressão popular e desarticular a opinião pública, conduziu a uma espécie de efeito dominó, colocando o prefeito republicano no centro das críticas e a beira de um processo por improbidade, pois a qualquer instante o Ministério Público pode manifestar-se, tendo em vista que o contrato enunciado pela equipe de governo revela que mesmo sendo 10 unidades de impressoras adquiridas pelo montante de 37500,00, o prefeito Fábio Gentil junto ao diretor do SAAE, Arnaldo Arruda, estariam pagando 50% a mais por cada impressora, uma diferença de percentual que pode ser constatada avaliando o preço dos equipamentos no nicho de empresas espalhadas pelo Brasil, o qual assume valores muito abaixo do firmado entre a empresa e a autarquia. Reveja aqui a postagem na íntegra: ALÔ MINISTÉRIO PÚBLICO: Contrato revela que o preço das impressoras adquiridas pelo SAAE de Caxias está 50% acima do custo de mercado
A supressão de dados e o pagamento exorbitante feito a empresa GESTTI, estimulou a trupe governista a iniciar campanha de desmoralização conjunta nas redes sociais contra a página, tendo como finalidade leviana, o redirecionamento da opinião pública, colocando o prefeito Fábio Gentil e o diretor do SAAE, Arnaldo Arruda, na zona de conforto. Para isso, foram acionados os sentinelas morbígenos, lotados na ASCOM do município de Caxias (pagos provavelmente com dinheiro público), os quais publicaram exaustivamente a nota do SAAE nas redes sociais, caracterizando o todo como uma estratégia de desvio de opinião pública e correção dos erros cometidos no Diário Oficial do município pelo próprio estafe a serviço do Governo Gentil, o qual omitiu dados cruciais de interesse público, como foi o caso do CNPJ da empresa mineira e quantidades de impressoras adquiridas pelo SAAE de Caxias; dados que só vieram a público após a repercussão do extrato do contrato no site. 
Contudo, o efeito da nota foi antagônico…
Sobre enorme pressão popular para esclarecimentos referente a aquisição dos equipamentos, a gestão do prefeito Fábio Gentil acabou optando pelo plano B. Injetou dinheiro no mercado negro da comunicação (sites e blogs supostamente pagos com dinheiro público) para expandir a nota, tentando credibilizar a legalidade da compra e a transparência dos dados, fatores que estão a margem da veracidade dos fatos, considerando-se as omissões dos dados no Diário Oficial no dia 18 de setembro e o preço pago pelas impressoras, o qual está bem acima do custo normal do mercado. 
A sociedade caxiense aguarda um posicionamento do Ministério Público quanto a apuração da suposta ilegalidade, já que passar a palavra para o prefeito Fábio Gentil e/ou diretor, Arnaldo Arruda, para eventuais esclarecimentos, seria uma espera longa… 

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Matões: Sindicato realiza Assembleia Ordinária neste sábado (30) para deliberar sobre greve 

Clemilton Loureiro (presidente do SINTRAED) 
O SINTRAED convoca todos os trabalhadores do município de Matões, em educação da rede pública municipal para participarem da Assembleia Geral Ordinária, neste sábado (30) às 8h:30 da manhã em primeira convocação, 9h em segunda convocação, no Ginásio de Esporte Vulcanito.  

Em pauta, a deliberação, pelo reajuste que à categoria não recebeu nem o mínimo repassado pelo Governo Federal que foi de 7.64% nesse ano. E o Governo municipal que ainda não apresentou nenhuma proposta.

Desde o início do ano que os representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública de Matões (SINTRAED), vem sentando com o Governo e buscando através desse processo de "Negociação“ o repasse do reajuste dado pelo governo federal. O governo municipal não se manifestou com nenhuma “Proposta” para a categoria, inviabilizando assim, à continuidade do processo de negociação e um entendimento entre governo e categoria.

O presidente do SINTRAED, Clemilton Loureiro, ressaltou à importância da responsabilidade com o cumprimento do calendário escolar, mas, infelizmente, diante da falta de uma “Proposta de Reajuste” por parte do governo municipal fez-se necessário a convocação geral para a Assembleia já mencionada, oportunidade essa em que à categoria decidirá se deflagra ou não o movimento grevista.

Com tudo, atendendo a decisão da categoria, o SINTRAED está convocando todos os trabalhadores em Educação de Matões, FILIADOS e NÃO FILIADOS para uma Assembleia Ordinária, onde toda a categoria deliberará sobre uma possível greve. 

do Blog João Victor Oliveira 

Servidores dos Correios no Maranhão aderem greve nacional


Prédio onde funciona a agencia dos Correios em Caxias 
Os servidores dos Correios , no Maranhão, resolveram aderir ao movimento nacional e deflagraram greve a partir desta quarta-feira (27). A decisão foi em uma Assembleia Geral realizada, nessa terça-feira, na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Empresas de correios e Telégrafos e Similares do Estado do Maranhão (Sintectma), no Conjunto Radional, em São Luís.

"Não fazemos greve por fazer. Estamos em uma campanha salarial, mas que não há avanços com esse governo e ainda quer retirar nossos direitos. Não vamos obrigar nenhum trabalhador a aderir à greve, por isso pode ser que algumas agências ainda estejam abertas e alguns carteiros ainda entreguem encomendas, mas a maioria vai ficar parada", disse o secretário geral do sindicato, Márcio Martins.

O movimento da categoria cobra reajuste salarial, fim da pressão para adesão ao plano de demissão voluntária, fim da ameaça de demissão motivada com alegação da crise, e também o fim da ameaça de privatização e corte de investimentos em todo o país, além da falta de concurso público e consequente redução no número de funcionários.

Nota do sindicato após deliberação

Os trabalhadores dos Correios do Maranhão, reunidos em assembleia geral na sede do Sindicato da categoria nesta terça feira, (26) rejeitaram a proposta da empresa de reajuste salarial de 3% a ser aplicado apenas em janeiro e aprovaram por ampla maioria a deflagração da greve da categoria no estado por tempo indeterminado.

Apesar de a proposta final da ECT ter sido negociada à exaustão, inclusive com busca de avanços em reunião nesta segunda (25), este ponto impossibilitou o fechamento de um acordo, pois os trabalhadores insistem no reajuste retroativo à data-base da categoria, que é 1º de agosto.

A decisão dos trabalhadores e trabalhadoras é soberana e a greve foi aprovada por ampla maioria dos presentes, devendo ter início a partir das 00h desta quarta-feira (27) em todo o Maranhão.
Após denuncia PM do Destacamento de Aldeias Altas recupera objetos roubados e suspeito é preso 


Por volta das 13h desta quarta-feira (27) a equipe da PM do 2º BPM, Destacamento de Aldeias Altas, foi informada via telefone por uma noticiante a qual não quis se identificar, que a pessoa Antonio Marcos Albuquerque Almeida (foto), de 36 anos, estaria com uma motocicleta Honda Biz, de cor vermelha, placa PSC 6313, provavelmente produto de furto/roubo. A denunciante informou ainda que no local funciona uma "boca de fumo". 
Ao chegar no local, rua Nova/Mutirão, a guarnição comprovou a veracidade do fato, após consulta via Copom foi confirmado que tratava-se de uma motocicleta roubada. Além da moto, foram recuperados um botijão de gás, um aparelho celular e o documento do veiculo. 
Após procedimento de praxe, a motocicleta foi recolhida para o pátio do 1º Pel,e o suspeito, que já possui ficha criminal pela pratica de trafico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, foi levado ao Plantão da Policia Civil para que fossem tomadas as providencias legais cabíveis. 



fotos e fonte: Aldeias Repórter 
Policia Federal será comandada por uma delegada no Maranhão 


A Polícia Federal prepara uma mudança no seu comando no Maranhão.
De saída o superintendente Alexandre Saraiva, que está no posto desde março de 2014.
Ele será substituído por Cassandra Ferreira Alves Parazi, a primeira mulher a assumir a Superintendência da PF no estado.
A delegada chega com a expertise de quem integrou o Grupo de Trabalho da Operação da Lava Jato da PF de Curitiba.
O anúncio oficial da mudança ainda está sendo preparado.
Prefeitos definem pauta e irão a Brasilia cobrar recursos para Saúde e Educação  


Uma caravana formada por cerca de 150 prefeitos e prefeitas de várias regiões do estado estará em Brasília, na próxima quarta-feira (04), discutindo com a Bancada Maranhense pleitos dos municípios nos setores da saúde e educação.
A ida da caravana de gestores públicos à capital federal foi definida durante reunião de trabalho realizada pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), prefeito Cleomar Tema, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís, nesta última terça-feira (26).
Representantes de 115 municípios – entre prefeitos e secretários municipais – participaram do encontro promovido por Tema, o que reforça, mais uma vez, a credibilidade e prestígio que o presidente da entidade municipalista possui perante os gestores. Durante o encontro, foram definidas pautas prioritárias para ambos os setores.
A reunião com a Bancada Maranhense já foi articulada por Cleomar Tema e demais integrantes da diretoria da Federação. A caravana de gestores também manterá agenda em Ministérios.
Na saúde, será apresentado como pleito principal a destinação aos municípios de novos recursos oriundos de emenda de bancada.
Atualmente, os municípios recebem apenas recursos de emendas individuais.
No setor da educação, os gestores solicitarão apoio dos deputados federais e senadores para que o governo federal cumpra decisão do juiz José Carlos do Vale Madeira, da 5ª Vara Federal Cível, que determinou a implantação do Custo Aluno Qualidade Inicial (CAQi), dispositivo criado pelo Plano Nacional de Educação, como base de cálculo para repasse de recursos do Fundeb para as prefeituras maranhenses.
A efetivação do CAQi, em substituição ao Valor Mínimo Anual por Aluno, é fruto de uma ação judicial movida pela FAMEM e representará um incremento de recursos no setor da educação dos municípios estimado em cerca de R$ 6 bilhões.
“Estamos muito satisfeitos com a reunião, que demonstrou, mais uma vez, o poder de articulação do presidente Tema. Desde o início do ano, ele deu cara nova a FAMEM e a transformou em uma entidade que verdadeiramente representa os municípios de nosso estado”, afirmou o prefeito Miltinho Aragão (São Mateus).
Avaliação semelhante fez o prefeito Chico Freitas (Lagoa Grande). De acordo com ele, sob o comando de Cleomar Tema, a Federação está efetivamente funcionando e prevalece, desde o primeiro semestre, um sentimento de união jamais visto entre os atores que fazem o municipalismo no estado.
Tema agradeceu o apoio dos prefeitos, prefeitas e secretários municipais. Ele disse estar confiante de que, mais uma vez, os integrantes da Bancada irão demonstrar sensibilidade e abraçar os pleitos que serão apresentados.
“Só agradeço as manifestações de carinho e apoio que recebo diariamente dos prefeitos e prefeitas. Hoje, a FAMEM está forte, tendo saltado de 77 filiados, quando assumimos, para 186 atualmente, o que corresponde a 92% dos municípios do estado, uma marca histórica para entidade e para o municipalismo”, disse.
Durante a reunião de trabalho desta última terça-feira, também foi tratado sobre o cumprimento da carga horária dos professores das redes municipais de ensino.
Sobre o assunto, ficou acertado que a FAMEM irá se reunir para definir estratégias que serão adotadas pela entidade, que já se posicionou favorável ao entendimento do Ministério Público determinando carga horária por hora de relógio.
Câmara Municipal de Caxias realizará sessão especial em homenagem ao IFMA 


O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) completou na última quinta-feira (21) sete anos de fundação do Campus Caxias. Em comemoração alusiva a data, os vereadores da  Câmara Municipal realizarão uma sessão especial nesta quarta-feira (27). O anúncio foi feito pelo vereador Mário Assunção (PPS) na sessão de segunda-feira (25). 

"Esse instituto é importante para a nossa cidade, pois oferece cursos profissionalizantes de qualidade e, principalmente, cursos de forma gratuita", destacou o parlamentar.

Mário Assunção disse que a sessão solene foi acordada com o diretor do IFMA Campus Caxias, professor João da Paixão, e o presidente da Câmara Municipal, vereador Catulé (PRB). Ainda segundo o vereador, o reitor do instituto educacional, que fica em São Luís, confirmou presença no ato solene.

Mais

O vereador comentou também que em conversa com o diretor do IFMA Caxias, o mesmo lhe relatou de sua felicidade em nove meses de gestão do prefeito Fábio Gentil (PRB) ter pleitos antigos atendidos, a exemplo da iluminação na rodovia MA-349 e do fornecimento do transporte para os alunos do Campus.

ASCOM/Câmara 

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Justiça decreta bloqueio de imoveis pertencentes a empresas do Grupo João Santos 

Patrimônio de empresas do Grupo João Santos sofre bloqueio judicial  


A Justiça do Trabalho de Caxias, decretou, em caráter liminar, a indisponibilidade dos bens de diversas empresas pertencentes ao Grupo Industrial João Santos, a medida visa garantir o pagamento de salários, verbas rescisórias e indenizações devidas a empregados e ex-empregados da empresa AGRIMEX e Itapagé, esta última se encontram com atividades paralisadas e em grave situação financeira. 

A decisão do juiz sr Higino Galvão foi dada para impedir a dilapidação do patrimônio da empresa e a garantir o pagamento aos funcionários e ex-funcionários.

O pedido foi feito nos autos da Ação Trabalhista ajuizada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel, Celulose e Artefatos de Coelho Neto (SINPACEL), presidido por Mariano Crateús, tendo como advogados Marcos Tourinho e Marcondes Magalhães. O Sindicato argumenta que o Grupo Industrial João Santos vem sonegando direitos mínimos e indispensáveis dos trabalhadores, tendo os funcionários e ex-funcionários realizado diversas greves. Além disso, os ex-empregados ainda não receberam parcelas devidas na rescisão do contrato de trabalho.

Com a decisão, nenhum patrimônio registrado no CNPJ destas empresas poderá ser transferido para terceiros, ficando então o grupo João Santos impossibilitado de fazer qualquer negociação envolvendo bens imóveis.

Justiça do Trabalho notifica cartórios sobre bloqueio do patrimônio do Grupo J Santos   

No total a Justiça do Trabalho bloqueou 38 empresas do Grupo João Santos 


Vereador Darlan retifica denuncia apresentada na Câmara 


Usando a palavra no pequeno expediente da sessão desta segunda-feira (25), o vereador Darlan (PHS), retificou uma denúncia apresentada na sessão anterior. “Foi nos comunicado que um senhor, professor Didi, que reside no Buriti Doce, estava coagindo e coibindo as pessoas de entrarem no estádio de futebol do povoado Brejinho”, lembrou o vereador.

O vereador relatou que o denunciado ficou incomodado de ver o assunto nos noticiários e lhe procurou para esclarecimento. “Esteve comigo hoje no gabinete e veio falar a sua versão. E segundo ele, tudo é factoide, mentiras, coisa inventada pela oposição”, afirmou Darlan.
Ao final de seu pronunciamento, Darlan pediu desculpas pelo mal entendido em relação a denuncia que teve forte repercussão nas redes sociais. 
Policia Militar recupera objetos furtados em academia de ginastica 


A Polícia Militar recuperou, na tarde do último sábado (23), objetos furtados em uma academia de ginastica localizada na Avenida Senador Alexandre Costa. A ação aconteceu quando os agentes do Serviço de Inteligência tomaram conhecimento de que o estabelecimento havia sido arrombado e do seu interior teve alguns objetos furtados.

Os militares tiveram acesso às imagens das câmeras de segurança do local e conseguiram identificar o suspeito, Bruno Pereira Lima (foto), vulgo "Bruninho", de 19 anos, que, segundo a PM, já tem diversas passagens pela polícia pela prática de delitos da mesma natureza.

De posse das informações, os policias do Serviço de Inteligência localizaram o suspeito no Parque da Cidade. Na ocasião, ele relatou à PM que teria vendido o notebook furtado pela quantia de R$ 50,00 logo após sair do local do roubo. 

Bruninho disse ainda à PM que um vigia noturno tomou a caixa de som furtada quando tentava vendê-la nas proximidades de um posto de combustível localizado na Avenida Alexandre Costa. Após algumas diligências, os militares conseguiram recuperar todo o material subtraído.

O suspeito foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o receptador do notebook.