segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Por falta de dinheiro, eleição de 2016 não terá urna eletrônica 

Agência Brasil

Por falta de recursos, as eleições municipais de 2016 serão manuais e não com voto eletrônico. A informação de que o contingenciamento de gastos impedirá a realização das eleições por meio eletrônico foi publicada hoje (30) no Diário Oficial da União. Desde 2000, todos os brasileiros votam em urnas eletrônicas.

Por meio de nota, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que mais de R$ 428 milhões deixarão de ser repassados para a Justiça Eleitoral, “o que prejudica a compra e manutenção de equipamentos necessários para as eleições de 2016”.

“O impacto maior reflete no processo de aquisição de urnas eletrônicas, com licitação já em curso e imprescindível contratação até o fim do mês de dezembro, com o comprometimento de uma despesa estimada em R$ 200.000.000,00”, acrescentou a nota.

Segundo o TSE, a demora ou a não conclusão do procedimento licitatório causará “dano irreversível e irreparável” à Justiça Eleitoral,  já que as urnas que estão sendo licitadas têm prazo certo para que estejam em produção nos cartórios eleitorais.

“O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabilizará as eleições de 2016 por meio eletrônico”, diz o texto da Portaria Conjunta número 3, assinada pelos presidentes do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandosvki; do Tribunal Superior Eleitoral, Dias Toffoli; do Tribunal Superior do Trabalho, Antonio José de Barros Levenhagen; do Superior Tribunal Militar, William de Oliveira Barros; do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Getúlio de Moraes Olveira; e pela presidenta em exercício do Superior Tribunal de Justiça, Laurita Vaz.

De acordo com a portaria, os órgãos do Poder Judiciário da União sofreram contingenciamento de R$ 1,74 bilhão.
No Hospital Sírio-Libanês deputado Humberto Coutinho recebe visita do governador Flávio Dino e amigos 


O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT), recebeu na manhã desta segunda-feira (30), no quarto do Hospital Sírio-Libanês, São Paulo, as visitas do deputado federal Weverton Rocha, governador do Maranhão Flavio Dino, entre outros amigos.

Coutinho permanece hospitalizado sob cuidados médicos e será submetido a procedimento cirúrgico de videolaparoscopia – procedimento de endoscopia no qual se visualiza a cavidade abdominal por meio de uma videocâmara.

Durante a cirurgia, o médico Paulo Hoff fará três perfurações de entrada do bisturi, da câmera e iluminação pra retirado da lesão no intestino.

fonte: Blog do Neto Ferreira 
Idosa passa mal dentro do Bradesco e morre na praça Gonçalves Dias 


Uma idosa, identificada como Alzira Evangelista, de 87 anos, que morava no povoado Bananalzinho, morreu na manhã desta segunda-feira (30) após passar mal dentro da agência bancária do Bradesco no centro de Caxias. Segundo informações de testemunhas, a mulher, aguardava na fila para receber atendimento, revalidar a senha do cartão e fazer a prova de vida, quando passou mal por conta da longa espera e do calor insuportável que fazia no interior da agência.

A idosa foi socorrida pela filha, identificada como Alzira, residente na Praça da Chapada, que a trouxe de dentro da agência para a praça Gonçalves Dias, mas a mulher já estava sem os sinais vitais e entrou em óbito no local.

Foto: Jardhel Almeida
Prefeitura de Caxias realiza 3ª edição do projeto "Pintemos Juntos" 


A arte através da xilogravura, pintura em telas, desenhos livres, reprodução de obras de grandes pintores internacionais. Essas são algumas técnicas abordadas pelo projeto "Pintemos Juntos", um iniciativa da Prefeitura de Caxias, por meio da coordenação de arte da Secretaria Municipal de Educação.

A edição deste ano, a terceira, teve como homenageado o artista plástico caxiense Antônio Oliveira, de 85 anos. Uma de suas telas mostra o Riacho do Ponte. Na ocasião, foram expostos todos os trabalhos desenvolvidos pelos alunos das escolas participantes.


“Esse tipo de ação valorizar a arte nas escolas do Município e faz com que os alunos entendam o verdadeiro significado da arte, estudando os artistas e os estilos artísticos”, disse a coordenadora pedagógica de Arte, Maria de Nazaré Ferreira.

Tanto professores quanto alunos sentem-se satisfeitos em fazer parte de um projeto tão grandioso. “A arte faz parte da nossa vida e dos alunos também. Eles adoram pintar, colar, trabalhar. Enfim, desenvolve a coordenação motora e o cérebro deles”, declarou a professora Maria Augusta.

De acordo com a secretária de Educação de Caxias, Maria Lucita, “o projeto além de valorizar a arte, ajuda a descobrir talentos dentro das escolas, um dos principais objetivos da atividade”. Durante a exposição, aconteceram oficinas de pintura e apresentações de dança.
Mais de 1,2 milhão de crianças e jovens maranhenses receberão o Bolsa Escola 


Pela primeira vez, crianças e jovens dos 217 municípios maranhenses receberão benefício estadual para a aquisição de materiais escolares. Estudantes de 4 a 17 anos, beneficiários do Bolsa Família, receberão, em janeiro de 2016, crédito no valor de R$ 46,00 por pessoa para a compra de materiais escolares. Serão beneficiados mais de 1,2 milhão de estudantes.

Em São Luís, 94 mil alunos receberão o benefício, o que representa uma circulação de mais de R$ 4 milhões no comércio da capital no início do ano letivo escolar. Em Timon e Imperatriz, mais de 25 mil estudantes, em cada município, poderão comprar materiais escolares com o valor do benefício. Os municípios de Caxias e São José de Ribamar, juntos, terão mais de 52 mil jovens beneficiados com o programa estadual Bolsa Escola.

Através do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (Fumacop), o Governo do Estado está investindo R$ 57 milhões para que crianças e jovens possam escolher materiais escolares, como: lápis de cor, mochila, tênis, caderno, borracha, caneta.

“Esse é um direito que todos os estudantes têm de ter, um bom calçado para ir à escola ou de colorir o caderno pela primeira vez”, afirma o governador Flávio Dino, ao explicar que as medidas para inclusão social estão entre as prioridades da gestão.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, destaca que, além do resgate da autoestima estudantil promovida pelo programa do Governo do Estado, o eixo econômico dos municípios terá um significante impacto positivo a partir do mês de janeiro. “Se por um lado promovemos a dignidade social das nossas crianças e jovens, por outro lado impactaremos fortemente no desenvolvimento econômico local dos municípios, porque o Bolsa Escola foi planejado para ser um benefício completo. São cerca de R$ 60 milhões transferidos pelo Governo diretamente às famílias maranhenses e que serão gastos nos comércios locais, inclusive dos pequenos municípios, já a partir do mês de janeiro de 2016”.

domingo, 29 de novembro de 2015

Eu escolhi acreditar... 


O gol salvador de Nenê, de pênalti, que deu a vitória ao Vasco por 1 a 0 diante do Santos, neste domingo, em São Januário, deixou o time vivo para ainda sonhar com a permanência na elite do Brasileiro. Após a partida, que aconteceu com mais de uma hora de atraso por conta das fortes de chuvas no Rio de Janeiro, o camisa 10 falou do alívio pelos três pontos e revelou que espera uma ajudinha do Fluminense para o Cruz-maltino ficar na Série A.

Na próxima rodada, o Fluminense encara o Figueirense, concorrente direto do Vasco na zona do rebaixamento, que está em 17º, com 40 pontos, a mesma pontuação do Vasco, mas com o saldo de gols melhor (-15 contra -26 do time carioca).
– Graças a Deus conquistamos o nosso objetivo que era a vitória. É frustrante depender dos outros, mas pelo menos estamos vivos. Temos chances e espero que o Fluminense possa nos ajudar. Mas, primeiramente, nós precisamos fazer a nossa parte contra o Coritiba – disse Nenê, em entrevista à “TV Bandeirantes”.

O craque, que desde que chegou mudou a forma de jogar do Vasco e se tornou o principal nome da “boa campanha” no returno, contou que os jogadores ficaram ansiosos com o início do jogo, que quase foi adiado.

– Ficamos esperando se tudo ia acontecer ou não. As condições do campo eram ruins. A gente estava no vestiário, ficamos mais de duas horas e resolvemos sair para ir perto da torcida, precisávamos acordar. Vê-los torcendo deu adrenalina e ajudou o grupo a ficar aceso para entrar no jogo. A torcida está de parabéns. Vamos para o último jogo vivos – disse.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Coritiba no Couto Pereira, no domingo, às 17h de Brasília. Só a vitória interessa ao time, que ainda vai precisar torcer para empates ou derrotas de Figueirense e Avaí.

Divulgada segunda chamada do seletivo da saúde para o Hospital Regional de Caxias

Foto: Reprodução/Internet
Estão sendo convocados os profissionais que participaram do seletivo do Hospital Regional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão. Na primeira chamada foram convocados 402 selecionados, mas 181 não compareceram e cinco apresentaram documentação insuficiente.

A convocação da segunda chamada está disponível no site, informando os profissionais selecionados para que compareçam na próxima quinta (3) e sexta-feira (4), conforme cronograma dividido por profissão, das 9h30 às 17h30, no hospital, munidos dos documentos originais para que possam ser contratados. 

O não comparecimento incorrerá na desclassificação e imediata substituição pelo candidato seguinte na lista de aprovados. Dúvidas e esclarecimentos devem ser solucionados por meio do telefone (99) 3661-0212.
Como disse... Fernando Sarney torna-se vidraça
blog do Domingos Costa 


Como o blog antecipou no post “Fernando Sarney novamente como vidraça”… não deu outra, o filho mais velho do ex-senador Sarney, vira novamente vidraça da imprensa nacional. Fernando José Macieira Sarney há quase duas décadas na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), um dos quatro vice-presidentes da CBF, ocupará a cadeira de Marco Polo Del Nero que decidiu deixar o cargo.


O jornalista Vinícius Segalla, do UOL, em São Paulo, publicou nesta sexta-feira(27), matéria intitulada, “Conheça o histórico policial de Fernando Sarney, novo homem da CBF na Fifa”.

O empresário e vice-presidente da CBF Fernando Sarney, que assume o lugar de Marco Polo del Nero como representante da entidade junto a Fifa, tem em sua biografia passagens policiais e investigações criminais que, se não levaram a nenhuma condenação judicial definitiva, suscitaram perguntas que ainda carecem de respostas.

Informações privilegiadas sobre investigações policiais, evasões de divisas, cerceamento de liberdade de imprensa e ilícitos eleitorais estão entre as denúncias desabonadoras da vida do filho do ex-presidente da República José Sarney. Fernando Sarney nega boa parte das acusações contra ele. As quais não negou, se deu ao direito de se manifestar apenas no processo.

Veja, abaixo, um resumo dos principais casos envolvendo o mais novo membro do comitê executivo da Fifa.

O histórico de Fernando Sarney


O informante dentro da Polícia Federal

Entre 2007 e 2010, Fernando Sarney e outros membros de sua família foram investigados dentro de um inquérito da Polícia Federal que apurava evasão de divisas dos cofres públicos maranhenses. O empresário chegou a ter seu telefone grampeado – com autorização judicial – pela PF.

Uma série de conversas interceptadas pelo grampo mostra que um policial federal utilizou seus contatos para repassar a Fernando Sarney os detalhes das investigações. O empresário era informado sobre diligências e campanas contra funcionários de suas empresas e outras operações de busca e investigação dos policiais, para que pudesse evitar flagrantes e apreensões de documentos importantes.

Na época, Sarney disse que se tratava de vazamento de informação sigilosa e que não iria se pronunciar a não ser no processo.

Veja, abaixo a transcrição de uma dessas conversas entre Sarney e o policial Aluizio Guimarães Filho, que depois veio a ocupar um cargo no governo estadual do Maranhão, quando este era administrado pela irmã de Sarney, Roseana. No diálogo, os dois falavam sobre uma campana da PF contra um funcionário de Fernando Sarney:

Fernando: Tu tens alguém nessa área lá?
Aluizio: Eu tô ligando pra um colega meu agora. (?) Tem um delegado amigo meu de lá, mas eu não tou conseguindo.(?)
Fernando: Então, vamos arrumar alguém.
Aluizio: Eu já botei alguém no circuito e vou ter informações do que está acontecendo.
Fernando: Ele tá lá entocado, tá? Ele não tem problema.
Aluizio: Não precisa ficar entocado. Eles não podem subir porque eles não têm mandado de busca. Querem pegar ele na rua pra dar uma pressão nele.

Evasão de divisas e formação de quadrilha>

Em julho de 2007, Fernando Sarney foi indiciado pela Polícia Federal sob a acusação, entre outros crimes, de falsificar documentos para favorecer empresas em contratos com estatais. Fernando foi o principal alvo da Operação Boi Barrica (renomeada posteriomente para ‘Faktor’), criada em 2006 para investigar suspeitas de caixa dois na campanha de Roseana Sarney ao governo do Estado. Às vésperas da disputa, ele havia sacado R$ 2 milhões em dinheiro.

O empresário foi indiciado pelos crimes de formação de quadrilha, gestão de instituição financeira irregular, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Pela investigação, o órgão mais beneficiado pelos crimes foi o Ministério de Minas e Energia — então controlado politicamente por seu pai, José Sarney.
Fernando Sarney sempre alegou inocência no caso, e o processo segue até hoje, correndo sob segredo de Justiça.

O “Grupo Poli 1978”

Em 2008, a Polícia Federal passou a investigar uma suposta quadrilha liderada por Fernando Sarney, apelidada de “Grupo Poli 1978”. O nome era uma alusão ao ano e ao local (Escola Politécnica da USP) em que seus membros haviam obtido o diploma universitário de engenharia.

Segundo a PF, o grupo, liderado por Fernando Sarney formava uma “organização criminosa” instalada no interior da administração federal. Eles seriam responsáveis pela manipulação de concorrências públicas, desvio de dinheiro de obras estatais e “manutenção de negócios à sombra do Estado”.

Cópias de contratos, e-mails e relatórios de conversas telefônicas obtidos pela PF dariam detalhes sobre operações financeiras em paraísos fiscais do Caribe e na China, envolvendo recursos não declarados ao Imposto de Renda.

Quando o caso veio à tona, Fernando Sarney disse que as operações financeiras citadas pelos policiais federais faziam parte de sua rotina comum de empresário, que administrava um dos grandes grupos de comunicação do Nordeste brasileiro, com uma emissora de TV, um jornal e cinco emissoras de rádio.

O processo segue até hoje, em segredo de Justiça.

Censura no Estadão

Em 31 de julho de 2009, o jornal “O Estado de S.Paulo” foi proibido de publicar notícias baseadas em investigações da Polícia Federal sobre denúncias de ilícitos praticados pelo empresário maranhense Fernando Sarney. O filho do ex-presidente conseguiu obter, na Justiça maranhense, uma ordem que proibia o jornal paulista de publicar qualquer coisa sobre ele e sua família que fossem relacionadas a investigações da PF sobre os Sarney.

O Estadão, então, apelou contra a decisão. Quando o processo chegou ao STJ (Superior Tribunal de Justiça), tendo deixado, portanto, a jurisdição do tribunal do Maranhão, o empresário resolveu renunciar de seu pedido. A justificativa foi a de que ele estava sendo mal interpretado, que havia entrado com o pedido de restrição de publicação para preservar sua intimidade e de sua família, mas que sua ação estava sendo vista como censura, algo que ele considera “repugnante”.
Enteado mata padrasto após discussão no bairro Antenor Viana


Um homem, identificado como Antonio de Sousa, vulgo "Paixão" (foto), de 30 anos, matou o padrasto com um golpe de punhal na tarde deste sábado (28), no bairro Antenor Viana. Segundo informações do repórter Análio Junior  tudo ocorreu por causa de uma discussão em que a vítima teria chamado a companheira do acusado de ladra. 

A briga aconteceu dentro da casa da família, na rua Boa Vontade. Os dois travaram luta corporal. A vitima identificada como Antonio Alves dos Santos, de 53 anos, levou a pior.

Após cometer o crime, o enteado da vítima tentou fugir de bicicleta, mas foi localizado e preso por policiais do 2º BPM. 

Paixão foi autuado em flagrante e apresentado no 1º DP.


sábado, 28 de novembro de 2015

Prefeito Léo Coutinho participa de conferência no povoado Engenho D'Água


A U.I.M Sinhá Castelo, do Povoado Engenho D’água, realizou nesta sexta-feira (27) a 9ª Conferência Rural da Com-Vida. O evento abordou as mudanças climáticas e seus impactos no cotidiano das crianças e adolescentes.

O prefeito Leo Coutinho destacou a importância desse tipo de ação. “A comunidade é muito rica ecologicamente. Essa conferência tem como objetivo de conscientizar as crianças, jovens e adultos contra a degradação do meio ambiente”.

Os jovens fizeram as apresentações dos projetos através de maquetes, artesanato e palestra voltada para a comunidade local.



Envolvimento

Ainda sobre os projetos, os alunos do 6° ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da escola, coordenados pelos professores, fizeram um jornal intitulado “Jornal da U.I.M Sinhá Castelo", no qual foram abordados assuntos referentes ao meio ambiente

A aluna da U.I.M Sinhá Castelo, Julia Gabriela, disse que o objetivo é sensibilizar "as pessoas de que muitas atitudes estão desequilibrando o clima e o meio ambiente. Estamos expondo durante a conferência da importância de preservar o sistema ecológico”.

Mais investimentos

Na oportunidade o prefeito anunciou que Caxias irá receber 12 novas ambulâncias em parceria com o Governo do Estado. O Povoado Engenho D’água foi contemplado com uma das ambulâncias.


Lavador de carro é assassinado na Avenida Beira-Rio 


O lavador de carros, Antonio Carlos Azevedo, de 23 anos, foi assassinado com vários tiros, na Avenida Beira-Rio, área central de Caxias.

A vitima trabalhava com o pai em um ponto de lavagem de carros e motos na Avenida Beira-Rio.

O crime aconteceu na manhã deste sábado (28). Dois homens chegaram em uma moto, um deles atirou contra Antonio Carlos que morreu no local. Ainda não há informações sobre os suspeitos do assassinato e nem os motivos do crime.
Municípios que não cumprem lei da transparência poderão deixar de receber recursos da União e do Estado  


Será entregue nesta segunda-feira (30) ao Pleno do Tribunal de Contas do Estado o relatório sobre a situação dos 217 municípios maranhenses em relação ao cumprimento dos mecanismos legais de transparência. A verificação resultou de uma força-tarefa integradas pelo TCE, por meio do Ministério Público de Contas (MPC), pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pela Controladoria Geral da União (CGU). O trabalho integra o conjunto de ações da Rede de Controle da Gestão Pública.

Composta por dois auditores do TCE, dois promotores de Justiça e três servidores da CGU, a força-tarefa teve sua criação motivada por avaliação prévia realizada pela CGU em relação ao cumprimento da Lei de Acesso à Informação (LAI), em dezoito cidades maranhenses. “Todas receberam nota zero, ou seja, não cumpriam a lei em suas exigências mínimas”, informa o auditor federal Wellinton Resende, da CGU.

Diante do resultado, foram realizadas reuniões no âmbito da Rede de Controle, onde se decidiu pela aplicação da Escala Brasil Transparente (EBT) em todos os municípios do estado. A EBT é uma metodologia de consulta prática aos sites, portais e sistemas de informações criada pela CGU para avaliar o grau de transparência ativa e passiva dos municípios.

Como resultado dos trabalhos, o Ministério Público sinalizou que firmará Termos de Ajustes de Conduta (TAC’s) com o intuito de exigir dos municípios a criação dos portais da transparência, a regulamentação da Lei de Acesso à Informação e a disponibilização dos SIC’s e e-SIC’s. A CGU, por sua vez, planeja colocar os municípios menos transparentes em sua matriz de risco.

O procurador do MPC Jairo Cavalcanti Vieira lembra que, da parte do TCE já foram adotadas medidas desde 2010, início da vigência da lei, por meio de representações do Ministério Público de Contas que, em alguns casos resultaram em aplicações e multas e determinação de adequação à LAI. “Com a extensão da obrigatoriedade da lei a todos os municípios tornou-se inviável ao MPC monitorar todos eles, o que só seria possível por meio de um trabalho no âmbito da Rede de Controle, o que veio a ser realizado agora”, explica.

A ideia é que, diante da consistência do levantamento feito, passe a haver um controle social maior, já que as informações ficarão disponíveis para a população via internet nas páginas dos órgãos envolvidos no trabalho, e que cada um deles adote as medidas necessárias dentro de suas atribuições. Na esfera de controle do TCE, a partir de agora essa irregularidade será inserida no relatório de análise das prestações de contas anuais no tópico referente à Transparência Fiscal, permitindo a aplicação de punições no contexto das contas de cada gestor.

Além disso, os municípios que insistirem em descumprir a LAI poderão ser impedidos de celebrar convênios com a União e com o Estado, pois o TCE informará aos órgãos responsáveis nessas duas esferas sobre a situação de cada município frente aos cumprimento dos mecanismos de transparência. “A lei de transparência prevê que os órgãos que não a cumprem ficam impedidos de receber transferências voluntárias”, destaca o procurador.
Morre o poeta Nauro Machado 


Morreu na madrugada deste sábado em São Luis (28) o poeta maranhense Nauro Machado.

Ele estava internado no hospital UDI, com problemas no intestino.

Durante a madrugada, o estado de saúde do poeta piorou e ele precisou fazer uma cirurgia, sendo logo depois encaminhado à UTI. Mas não resistiu e morreu.

O velório será realizado na Academia Maranhense de Letras.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Centro de Oncologia de Caxias recebe os primeiros equipamentos hospitalares

Nesta semana, começaram a ser entregues os primeiros equipamentos hospitalares do Centro de Oncologia de Caxias. Vale ressaltar que todo mobiliário está sendo entregue e montado.

Carros curativos, estetoscópios, armários, camas, mesas, cadeiras, longarinas e arquivos. Todo o material foi adquirido em parceria entre o Ministério da Saúde e a Prefeitura de Caxias.

Unacon


A Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) faz parte de uma estratégia conjunta entre o estado, os municípios da macrorregião de Caxias e o Ministério da Saúde, através do Instituto Nacional do Câncer (INCA), com o objetivo de promover o acesso dos pacientes oncológicos a um serviço de saúde de qualidade na própria região, reduzir o risco de morte e minimizar as consequências do câncer na população maranhense, especificamente a dos caxienses.


 


as informações são da ASCOM


GEDEMA adia festa de confraternização dos servidores da Assembleia Legislativa 

Agencia Assembleia

Nota Publica - O Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (GEDEMA) informa que a festa de confraternização natalina da Assembleia Legislativa, que estava marcada para o dia 5 de dezembro, no Clube da Associação dos Servidores da ALEMA, no Maiobão, em São Luis, está suspensa e deverá ser realizada em nova data, ainda a ser confirmada. 

O Gedema informa, ainda, que os convites e senhas de acesso à festa, que já foram distribuídos, continuam válidos para o evento, cuja nova data será comunicada posteriormente.

                                                               

Dra. Cleide Coutinho

Presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão   
Prefeitura de Caxias realiza palestra sobre os 16 dias de ativismo no batalhão do Tiro de Guerra 


A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres e o Centro de Referência e Atendimento a Mulher (CREAM), realizou na manhã desta quarta-feira (25) uma palestra para os alunos do alistamento militar.

Com o tema “Feminicídio”, a coordenadora do CREAM, Ednalva Ribeiro, abriu a programação dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher.

Conforme a coordenadora do Centro de Referência, “a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres tem desenvolvido varias ações de políticas públicas importantes no enfrentamento ao problema da violência contra a mulher no município”.

Programação  


Este ano, a programação pelos 16 Dias de Ativismo tem como foco principal a questão do feminicídio e está voltada para informar a sociedade sobre a aplicação da Lei Maria da Penha e suas implicações. A campanha contempla ainda atividades como palestras sobre violência contra a mulher, panfletagem alusiva à campanha da não violência, blitz nos bares e casas de eventos da cidade.

Ativismo

A campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres é uma mobilização mundial, realizada anualmente. É praticada simultaneamente por diversos países, envolvendo atores da sociedade civil e do poder público engajados nesse enfrentamento. Desde sua primeira edição, em 1991, já conquistou a adesão de cerca de 160 países. A campanha tem quatro datas significativas: 25 de novembro – Dia Internacional de Não Violência contra as Mulheres; 1º de dezembro – Dia Mundial de Combata à AIDS; 6 de dezembro – Campanha do Laço Branco; e 10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos.

as informações são da ASCOM 




"O cara é o governador", diz Marcio Jerry 


O secretário de Assuntos Políticos e Federativos do Maranhão, Márcio Jerry foi o entrevistado desta sexta-feira (27), no Ponto Final, com Roberto Fernandes (foto) na Rádio Mirante AM. Ele fez um balanço desses 11 meses do governo Flávio Dino e destacou algumas ações em andamento.

“O governo tem uma governança participativa e voltado aos que mais precisam. A primeira grande ação do governador Flávio Dino que teve inclusive o reconhecimento da ONU foi o programa Mais IDH. Um programa fantástico e que já está em implementação em todas as áreas e tem dado muito orgulho ao governador Flávio Dino. Nós estamos implantando também o programa Escola Digna. Também posso citar a valorização dos servidores públicos, inclusive com concurso para a Educação. Estamos fazendo o programa Mais Asfalto… Em todas as áreas temos a presença planejada e organizada do governo Flávio Dino”, destacou.

Jerry falou sobre um dos grandes problemas do Maranhão e que vem sendo enfrentado pelo governo que é a Segurança Pública. Ele garantiu a presença mais efetiva do policiamento nas ruas e aumento do efetivo de policiais.

“Este é um trabalho que requer planejamento e os resultados não aparecem no piscar de olhos. O secretário Jefferson Portela fez um trabalho de combate a essas facções criminosas e hoje temos uma outra realidade no sistema prisional. Nós temos de fato a melhoria nos indicadores, mas de fato tem aumentado a sensação de insegurança. Neste sentido é necessário criar a cultura da paz. Conseguimos diminuir o número de homicídios, mas é necessário reduzir o número de assaltos. Já alcançamos alguns resultados, mas eles ainda estão longe do que é pretendido pelo governador Flavio Dino”, afirmou.

Perguntado sobre o fato de ser pessoa influente no governo Flávio Dino, Márcio Jerry respondeu:

“Não existe isso. O cara que manda é o governador. Flávio Dino é que foi eleito… Eu sou um secretário como os outros são. Eu agrego ao cargo de secretário o fato de ter uma longa história de amizade e militância política nos movimentos estudantis  ao lado do governador Flávio Dino… Isso é uma lenda criada com fins políticos, então se existe um cara no governo, esse cara é o governador”, disse.

fonte: Blog do Zeca Soares 
SAMAL inicia limpeza de bueiros 


Em nota enviada ao Blog, a Secretaria de Limpeza Publica informa que iniciou a limpeza de bueiros do bairro Cangalheiro. O objetivo da ação é preparar o bairro para a chegada das chuvas e prevenir transtornos com o escoamento das águas pluviais.


A medida está sendo realizada por servidores da SAMAL. Ressaltando mais uma vez que a ideia é preparar tudo para que não aconteçam alagamentos em alguns pontos críticos do bairro Cangalheiro.   Nos próximos dias, outros bairros da cidade serão visitados pelas equipes da SAMAL para execução dos serviços de limpeza nos bueiros e galerias. 

De acordo com o secretário Edilson Martins, um cronograma foi montado e ele (Edilson Martins) pede que a população colabore com o trabalho de limpeza dos bueiros, evitando jogar lixo nestes pontos de escoamento. 
Luta e dignidade 
O Estado




Caxiense Tori Huang agrada o publico e avança no The Voice Brasil

Foto: Reprodução/TV Globo.
Tori Huang não fez a sua melhor apresentação no The Voice Brasil na noite dos Shows ao Vivo, mas ainda assim garantiu uma das vagas para as semifinais da quarta temporada.  Ela cantou We Found Love Calvin Harris e depois de aparentar um pouco de nervosismo comemorou a classificação com 45% dos votos do público.

A maranhense de Caxias subiu ao palco nesta quinta-feira (26) ao lado de Jonnata Lima e Marcos Matarazzo, que representaram o time Lulu Santos. Além de Tori, Agnes Jamille, Paula Sanffer, Allice Tirolla, Nikki, Jonnata Lima, Edu Santa Fé e Matteus estão na penúltima etapa do reality.

Tori volta a se apresentar no dia 18 de dezembro quando vai disputar uma vaga na final do programa que será formada por quatro cantores de cada time. “Eu acho, Tori, que hoje a sua delicadeza não trabalhou a seu favor. Senti você um pouco aterrorizada de fazer um número. Talvez nervosa, como eu ficaria muito mais nervosa do que você. Teve alguns deslizes de semientonação de afinação coisa que acontece com todos nós, mas que acho que não trabalhou a seu favor”, disse Lulu Santos.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Humberto Coutinho tem diagnóstico de nova lesão no intestino 


Nota

O Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Humberto Coutinho, submeteu-se a exames de rotina no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo (SP), nos quais foi constatada uma nova lesão no intestino grosso.

A junta médica que o atende, coordenada pelo médico Paulo Hoff, pediu novos exames para decidir se adotará intervenção cirúrgica ou quimioterápica.

Humberto Coutinho encontra-se no hospital paulista acompanhado da sua esposa, Dra. Cleide Coutinho, dos filhos George e Geórgia e de familiares.

Assim que a junta médica decidir o procedimento adequado para o tratamento do deputado, serão dadas novas informações.

Carlos Alberto Ferreira
Diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa
Estuprador e assassino da menina Maisa está em cela separada para evitar que seja morto em Pedrinhas  


O estuprador e assassino da menina Maísa Moreno, José Ribamar dos Santos Protázio, 26 anos, conhecido como ‘Diguinê’(foto), não corre risco de ser assassinado no presídio de Pedrinhas, para onde foi levado após ser apresentado à imprensa, durante entrevista coletiva, na tarde quarta-feira (25).

A informação foi passada pelo Secretário de Segurança, Jefferson Portela, em entrevista no programa ‘Comando da Noite’, na Rádio Timbira, na noite de quarta. “Sabemos que existe certa intolerância, por parte de alguns detentos, com estupradores. Por isso mesmo, decidimos colocar estupradores separados dos demais detentos”, disse.

‘Diguiné’, que contou todos os detalhes do crime bárbaro à polícia, é tido como um sujeito frio que, em nenhum momento esboçou algum remorso, sentimento de culpa ou arrependimento, por ter estuprado e assassinado a menina Maísa Moreno. Por essa frieza ao relatar a ação criminosa, a polícia vai investigar para saber se ele cometeu crimes semelhantes contra vulneráveis na cidade de Urbano Santos. Pode se tratar de um maníaco contumaz.

À imprensa, 'Diguiné' apenas disse lembrar que estava bêbado quando decidiu convidar a menina para ir a um matagal, onde terminou sendo estuprada e assassinada.

Revoltados com o crime, detentos de Pedrinhas estariam distribuindo mensagens de áudio nas redes sociais, onde dizem que pretendem matar o estuprador, mas ele está isolado desses detentos que poderiam ‘fazer justiça com as próprias mãos’, no presídio de Pedrinhas.

blog do Gilberto Lima 
Motociclista morre após colidir de frente com caminhão na BR-316 em Caxias 

Fábio Damasceno, morreu aos 23 anos (foto M. Galvão)
O motociclista identificado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) como Fábio Damasceno de Sousa, 23 anos, morreu nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (26)  após colidir de frente com uma caminhão. O acidente aconteceu no KM 554 da BR-316, próximo ao balneário Maria do Rosário.

De acordo com a PRF, as causas do acidente ainda são desconhecidas, por conta do motorista do caminhão ter se evadido do local, e apenas a perícia poderá apontar as circunstâncias.

O motociclista teve morte imediata. A vítima chegou a ser arrastada por alguns metros após a colisão. O Instituto Médico Legal de Timon (IML) foi acionado e fez a remoção do corpo.

Fábio é a 6ª vitima fatal na BR-316 no perímetro urbano de Caxias  somente nessa semana. Antes, três jovens morreram no domingo (22) e dois idosos na segunda-feira (23), um estava pilotando uma motocicleta, perdeu o controle, caiu batendo a cabeça no chão e o outro andava de bicicleta quando foi colhido por um veiculo táxi de Codó.

Fábio Damasceno de Sousa residia na Vila Alecrim nas proximidades do Bar "Toca da Onça".  
Nesta sexta-feira Casa Brasil realiza Feira de Conhecimentos 


A Casa Brasil, projeto vinculado à Secretaria de Assistência Social, promove nesta sexta-feira (27) a III Feira Inter modular "Conhecimento e Cidadania Morando Juntos". A abertura acontecerá às 8h30, no Auditório da Casa Brasil, e as atividades seguem durante todo o dia até às 17h.

Na ocasião, cada curso vai trabalhar uma temática própria da sua área, com dicas importantes que possam contribuir para o dia a dia dos participantes. O de informática, por exemplo, irá abordar a questão das pragas digitais como vírus e a forma de evitá-los.

No Estúdio Multimídia, haverá o Show de Talentos, quando os alunos poderão mostrar um pouco do que aprenderam no curso e ainda trazerem diversão para a feira. Além disso, haverá a Rádio ao vivo, comandada pelos alunos da Oficina de Rádio.

Também estão previstos espaços dedicados ao "Espetacular Mundo da Ciência", produzido pelo Laboratório de Ciências, "Uma viagem pelo mundo da leitura, organizado pela equipe da Biblioteca, e o "Caminho da Informação", promovido pelo Laboratório de Informática.

A Casa Brasil está localizada na Avenida Senador Alexandre Costa, S/N, próximo ao Restaurante D'Cantus.

as informações são da ASCOM 

Dupla é detida no bairro Volta Redonda com arma de fogo artesanal 

                                                                  (imagem ilustrativa)
Policiais militares da Força Tática, durante ronda de rotina pelo bairro Volta Redonda, flagraram na noite desta quarta-feira (25) uma dupla portando uma arma de fogo artesanal e bastante munição. A abordagem aconteceu após a dupla levantar suspeita, pois estava conduzindo uma motocicleta sem placa.

A dupla foi identificada por Joselan, que já possui passagem pela policia, e Manoel. 

Os dois acusados, a arma e a motocicleta sem placa e apresentação da documentação de origem, foram levados até o 1º DP afim de que fossem tomadas as devidas providências cabíveis.
Previdência Social: 2ª parcela do 13º vai custar R$ 15,9 bilhões


O pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário vai custar mais de R$ 15,9 bilhões à Previdência Social. No total, 28 milhões de beneficiários têm direito à gratificação natalina, informou o Ministério do Trabalho e Previdência Social.

No estado de São Paulo, que tem o maior número de benefícios por unidade da Federação, 90% têm direito ao abono. São R$ 4,4 bilhões para 6,4 milhões de beneficiários.

Os depósitos da segunda parcela começaram nesta terça-feira (24) juntamente com o pagamento da folha de novembro. Recebem primeiro os segurados cujo benefício é de até um salário mínimo. Quem ganha acima do salário mínimo começa a receber a partir do dia 1º de dezembro. Os depósitos seguem até 7 dezembro.

O valor desta segunda parcela do décimo terceiro vem com o desconto do Imposto de Renda. O contracheque de pagamentos pode ser acessado no site da Previdência Social ou nos terminais de autoatendimento do banco em que o segurado recebe o benefício.

De acordo com a lei, têm direito à gratificação aposentados, pensionistas e segurados da Previdência que estão recebendo auxílio-doença. Quem recebe benefícios assistenciais não tem direito ao décimo terceiro salário - cerca de 4,5 milhões de beneficiários.

A primeira parcela da gratificação natalina foi paga com a folha de setembro.

Agência Brasil 
Sessão da Câmara bastante movimentada

Bastante movimentada a sessão desta quarta-feira (25) no plenário da Câmara Municipal. O resultado do seletivo para o preenchimento de 402 vagas no Hospital Regional de Caxias e o fechamento do Hospital Geral voltaram a ser os temas abordados pelos vereadores. Antes, na sessão de segunda-feira (23) os parlamentares debateram o mesmo assunto. A galeria da Casa recebeu um bom publico que foi prestigiar os trabalhos legislativos. 

Após a leitura da ata da sessão anterior e da abertura oficial dos trabalhos, a presidente Ana Lucia Ximenes concedeu oportunidade e vários vereadores se pronunciaram no pequeno expediente. 

O vereador Durval Junior, ainda na base aliada, e a oposicionista Benvinda, foram os primeiros a se manifestarem. O ainda governista Durval voltou a tecer criticas aos governos municipal e estadual, já Benvinda criticou os colegas da base de sustentação do prefeito Léo Coutinho, classificando-os de subservientes, omissos e de não falar a verdade para a população, sobre o que de fato acontece no municipio de Caxias. 

O vereador Catulé no pequeno expediente prestou uma homenagem ao fotografo Sinésio Santos, que nesta terça-feira (24) completou 16 anos de falecido. O parlamentar se referiu ao grande profissional da fotografia caxiense como um dos mais renomados da arte de fotografar na região. Catulé aproveitou a oportunidade para criticar os institutos e instituições que quando lançam suas publicações não colocam os créditos nas fotografias registradas pelo saudoso fotografo Sinésio Santos. 

A vereadora Thais Coutinho usou a palavra no pequeno expediente e afirmou que os funcionários do hospital geral não ficarão desempregados, pois serão remanejados para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). A parlamentar disse ainda que a garantia foi do prefeito Léo Coutinho, durante um dialogo que teve com ele (Léo Coutinho). 

O vereador Elias do Gesso, o mais fiel do grupo da base aliada do prefeito Léo Coutinho, soltou a voz criticando a postura do vereador Durval Junior. De acordo com Elias, que usou o pequeno expediente, disse que o colega não sabe em que lugar ficar, se fica na situação ou oposição. O parlamentar acrescentou que permanecerá fiel na política ao grupo comandado pelo deputado Humberto Coutinho até quando o presidente da AL permanecer na vida publica. 

Resumindo o que foi a sessão desta quarta-feira (25), deu para observar que a intenção de todos os parlamentares é que seja adiada ou até mesmo esquecida essa ideia de fechar o hospital e também que uma solução seja encontrada para anular o seletivo do governo do estado para o preenchimento de 402 cagas no hospital regional de Caxias.  

O inconformismo da vereadora Taniery com o resultado do seletivo gerou mais uma denuncia, desta vez a parlamentar promoveu um documento no qual com assinatura de oito vereadores pretende protocolar outra denuncia no Ministério Publico. Taniery no pequeno expediente agradeceu aos 8 colegas que assinaram e divulgou o nome dos 11 que se recusaram a assinar o documento.  

Mais    
Da tribuna, o líder do governo na Câmara, vereador Mário Assunção, descartou qualquer possibilidade da desativação do Hospital Geral de Caxias.