terça-feira, 30 de junho de 2020

Aldeias Altas: Prefeito Zé Reis tem celular kackeado  

O celular do prefeito de Aldeias Altas, Zé Reis, foi kackeado nesta terça-feira, 30. Através de um comunicado, a assessoria de comunicação da prefeitura de A Altas alertou para qualquer tentativa de golpe, como solicitação de dinheiro ou o repasse de contatos.  



Temer e Bolsonaro andam conversando 

Temer e Bolsonaro andam conversando pelo telefone 
Muitos no entorno de Bolsonaro, inclusive, atribuem o jeito mais calmo do presidente na última semana como resultado dos conselhos que Temer tem dado — ou seja, estilo menos exaltado e provocador não seria apenas efeito do fantasma Fabrício Queiroz.
Temer, aliás, foi um reconhecido mestre na arte de se livrar de um impeachment. O Globo
Sargento Paulo Abade conquista espaço dentro da corporação 


Bastante conhecido em Caxias e região pelo trabalho prestado na Polícia Militar do Maranhão (2ºBPM), o sargento Paulo Abade, com 30 anos de bons serviços prestados a sociedade, conquistou seu espaço dentro da instituição e conta com o respeito, simpatia e admiração da grande maioria dos companheiros da corporação. 


O sargento Paulo Abade com a chegada dos médicos da PM em Caxias, passou a exercer função no 2º BPM na Junta Médica instalada dentro do Quartel, trabalhando no apoio e dando suporte com visitas nas residencias e nos hospitais aos policiais militares da ativa e inativa que se recuperam de algum tipo de enfermidade. 

Vale ressaltar que o militar possui o curso de técnico em enfermagem e antes de ingressar no 2ºBP trabalhou em uma umidade de saúde de Caxias como auxiliar de enfermeiro. 



"
Assim como dei o apoio a esses policiais que se encontravam enfermos, outros companheiros também deram suas contribuição a todos eles, pois quando um colega de farda adoece todos da corporação sempre dão suas contribuição no apoio. A experiência de atuar nesse lado tá sendo gratificante e maravilhosa", comentou.

Veja fotos do sargento Paulo Abade na companhia de companheiros e companheiras da briosa PM.











Paulo Marinho faz visita à Catulé


O presidente da Câmara Municipal de Caxias e vice-prefeito, Catulé, recebeu na manhã de hoje (30) a visita de cortesia do ex-prefeito e ex-deputado federal Paulo Marinho.

Do encontro saíram planos e entendimentos para o futuro. Só veio a público isso. O restante só Deus sabe...
No mês de junho, vereador, prefeito e deputado morreram no Maranhão vitimas do covid-19

Alçberto Rocha, Neuton Simão e Zé Gentil; prefeito, vereador e deputado,
respectivamente, todos morreram vitimas do covid-19 
Das quase 2 mil pessoas que morreram vítimas da pandemia da Covid-19 no estado do Maranhão, diversas foram políticos de mandatos.
Entre esses políticos, três de mandatos faleceram por conta de complicações decorrentes do coronavírus, isso, apenas neste mês de junho.
No dia 06, faleceu vítima do novo coronavírus, o prefeito de Santa Quitéria do Maranhão, Alberto Rocha.
Mais recentemente, no último dia 12, Antônio Nilton Sousa Simão, conhecido como “Neuton Simão”, vereador do município de Davinópolis, morreu pela mesma causa.
E no último dia 15, o deputado estadual José Gentil Rosa, conhecido como ‘Zé Gentil’, morreu vítima da covid-19 em um hospital particular de Teresina.
No Maranhão, até agora, segundo dados da secretaria de estado da Saúde, são mais de 78 mil casos confirmados. Desses, mais de 58 mil recuperados, e quase 2 mil óbitos.
fonte: Blog fdo Domingos Costa 
Pré-candidata ao legislativo em Caxias, sai a frente em suas redes sociais sobre a compra de voto no município 


Com uma característica incomum de posicionamento nas redes sociais frente a outros pré-candidatos, quanto a seus posts e vídeos já circulados, ‘Socorro Felix’ (foto) se apresenta na linha de frente, diante dos problemas reais aos quais poucos tem coragem de mencionar. O blog perguntou a mesma se está no caminho certo para conquistar uma vaga na disputa.  

Sim, estou no caminho certo, buscando apresentar inicialmente uma realidade pouco discutida no meio político de nossa cidade, haja vista ser uma prática histórico-cultural, contudo sou uma pessoa convicta de que se é possível contribuir para que esta prática não seja tão ativa, mas, que depende também de uma consciência política de muitos em nossa cidade”, comentou. 

Atualmente, no cenário político a pré-candidata vem ganhando notoriedade e seguidores pelos seus posicionamentos político crítico e ao mesmo destacando sugestões.  Sobre o assunto ela diz: ‘Só tenho agradecer as pessoas que estão interagindo com os assuntos que na verdade são os problemas da (má política) que consequentemente promove a falta de infraestrutura nos bairros, educação e saúde sem qualidade, náo prioriza condições de geração de emprego e renda que contribui para o aumento da criminalidade em Caxias'.

Socorro Felix, entra forte na disputa juntamente com os pré-candidatos a prefeito e vice-prefeito: Constantino Castro (Tino) e Magno Chaves.

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Crime brutal: Idosa de 72 anos é assassinada dentro de cemitério em Caxias 
Vítima e sua irmã de 70 anos iriam acender velas quando foram atacadas pelos autores com faca e pedras.

                                                                            (foto reprodução) 
Um crime brutal foi registrado na tarde desta segunda-feira (29) em Caxias. A idosa Maria das Graças de Abreu (foto), de 72 anos, foi assassinada dentro do Cemitério do Bairro Seriema, localizado na rua Sesorte Pereira. 
De acordo com as guarnições militares presentes no local, por volta das 16h20, a vítima e sua irmã, identificada como Maria Machado de Abreu, de 70 anos, iriam acender velas quando foram atacadas pelos autores com faca e pedras.
Maria das Graças veio a óbito no local, e a sua irmã foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Complexo Hospitalar Municipal Gentil Filho.
O Serviço de Inteligência da PM investiga o caso.

Portal Noca 
Live de Lula e Flávio Dino é marcada por criticas a Bolsonaro 


O ex-presidente Lula (PT) afirmou hoje(29), durante live com a participação do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que falta o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), alguém como o comunista, ao seu lado, para que ele pudesse “fazer o certo” na condução do país.
“Seria extremamente positivo para o país se o atual presidente [Bolsonaro] tivesse ao seu lado pessoas tão sérias como o Flávio [Dino]”, disse.
Dino e Lula marcaram a transmissão para falar de “políticas sociais e economia no Brasil”, mas passaram grande parte do tempo criticnado o atual presidente.
Em outro ponto da live, o ex-presidente elogiou a atuação de Flávio Dino, e de governadores do Nordeste, no combate à pandemia da Covid-19 – aproveitando, mais uma vez, para alfinetar Bolsonaro, a quem chamou de incompetente.
“Tenho orgulho de vocês, governadores do Nordeste. Aproveito a ocasião para parabenizar o teu trabalho, Dino. É uma crise que sem dúvida demorará a passar ainda e somente se resolverá com a vacina”, afirmou Lula, acrescentando que o atual presidente não precisa gostar do governador do Maranhão, ou de qualquer chefe de Executivo, estadual ou municipal, mas trabalhar em conjunto com os gestores.
“Bolsonaro não tem que gostar de Flávio Dino para governar. E, sim, ele precisa ser o condutor, o líder no processo de retirada da crise. E precisa, também, saber que ele tem que contar com a ajuda de governadores e prefeitos, que sabem mais do que ele onde estão os problemas da população”, afirmou.
Dino também criticou o que considera falta de articulação de Bolsonaro para a construção de uma coordenação central – encabeçada pelo governo federal – capaz de organizar ações contra o novo coronavírus.
“Quando o Supremo [Tribunal Federal] deu a autonomia para que os governadores tomassem suas decisões, em nenhum momento ele falou que a presidência estaria excluída deste processo”, disse.
transcrito do Blog do Gilberto Leda 
Maranhão tem mais de 57 mil pessoas recuperadas do coronavírus 


O Maranhão chegou à marca de 57.370 mil pessoas recuperadas do coronavírus. A curva tem aumentando dia a dia, enquanto a dos casos ativos está caindo. 
Os casos ativos são aquelas pessoas que ainda estão com a doença. Hoje, são cerca de 18.802 mil. Ou seja, há quase três vezes mais pessoas recuperadas do que casos ativos.
Desde o dia 10 de junho, quando a curva de casos recuperados passou a de ativos, a distância entre ambas vem aumentando. 
Naquela ocasião, eram 26.795 recuperados e 25.391 ativos. A curva de casos ativos está caindo ainda em velocidade baixa, mas de forma constante. 
“O respeito às regras sanitárias é essencial para que se mantenham os êxitos”, afirmou o governador Flávio Dino, referindo-se a medidas como uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos.
Perseguição termina em morte no bairro Castelo Branco 


Uma perseguição, que teve inicio no bairro Zé Castro, terminou na noite deste domingo (28) com o assassinato de um jovem  jovem na Avenida General Sampaio, no bairro Castelo Branco. 
A PM foi informada por testemunhas no local que homens perseguiram a vítima, que tentando fugir dos matadores adentrou numa residencia, mas não conseguiu e foi executado por disparos de arma de fogo. 
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e informou à PM que a vítima, identificada como Francisco Walisson de Aguiar Silva, de 19 anos, se encontrava em óbito.
A Polícia Civil e o  Instituto Médico Legal (IML) também foram acionados. 
Assista o vídeo abaixo. 
A força da mulher na politica! 



A ex-secretária adjunta da Mulher, Ângela Machado, vem se destacando bastante na sua pré-campanha eleitoral com vistas para as eleições municipais deste ano. Pré-candidata a vereadora pelo PTC (Partido Trabalhista Cristão), Ângela disputará uma cadeira no legislativo caxiense.  
A pré-candidata reside no bairro Tamarineiro, bairro que no pleito eleitoral passado serviu como base forte e elegeu dois vereadores, Durval Junior e Gentil Cantanhede.
Ângela vem fazendo um excelente trabalho e o volume da sua pré-campanha eleitoral tem incomodado muita gente. Ela, se for eleita, pretende ser uma autêntica representante do bairro Tamarineiro e bairros adjacentes na Câmara Municipal de Caxias a partir de 1º de janeiro de 2021. 

"Representarei bem a comunidade, o povo e honrarei com meus compromissos.Irei trabalhar de forma aguerrida e incansável para honrar com cada voto depositado nas urnas na minha candidatura", disse Ângela Machado. 

As mulheres cada vez mais vem se destacando na politica..
Boa sorte Ângela Machado..

domingo, 28 de junho de 2020

O Ensino Hibrido veio e vai ficar! 



Por: Profº Diego Assunção 


Mas o que é Ensino Híbrido? Híbrido ou blended palavra de origem inglesa que tem como significado misto ou misturado. Trata-se de metodologias inovadoras que possibilita os professores a fazerem uso de tecnologias digitais, afim de diminuir o espaço entre professores e alunos e também entre o próprio grupo de alunos, colocando-os como responsáveis diretos em seu processo de construção do conhecimento.

Não é de hoje que “o patinho feio” o Ensino à distância, como era vista por alguns educadores, já é uma realidade, porém, ainda tratado com desprezo por muitos, agora apresenta grande relevância no atual cenário (PANDEMIA). Entretanto, muitos continuarão “sendo arrastados” puxando a educação para traz por se manter na inércia de não aceitar o novo e pela falta de um olhar diferenciado para as demandas que hoje se apresentam na educação. Uma receita utilizada erradamente pode estragar o resultado que se deseja alcançar, ou o ato de automedicação pode levar a falência de um indivíduo, ou vários, não se aprende a usar as ferramentas necessária para promover o Ensino Híbrido da noite para o dia. 

Está mais que provado que, o nosso sistema de ensino não atende as necessidades atuais e principalmente da população conhecida como "nativos digitais". Os imigrantes são a minoria dentro do processo de ensino aprendizado, mas sempre se colocaram como o centro e isso tem sido um erro dentro desse processo. A falta de afinidade, ou de interesse com o uso de tecnologias inovadoras para educação tem tornado as relações (febris) dentro de sala de aula. 

A solução para trilhar o caminho rumo ao futuro é repensar toda estrutura escolar e curricular (por mais complexo que seja), promover capacitações e formações continuadas para os imigrantes (professores e gestores).

Minimizar o Impacto atual, ainda é possível: A gestão escolar e/ou secretarias de educação, devem realizar sensos escolares, para conhecer a realidade dos educandos, identificando quais terão como acompanhar remotamente as aulas, e combinar encontros em forma de rodizio para que esses alunos possam tirar suas dúvidas com os  professores além de promover resoluções de exercícios, isso se chama ensino híbrido, nenhuma máquina pode substituir a presença  do professor. Neste caso, estará sendo promovida a metodologia ativa de sala de Aula Invertida, onde se faz necessário o uso do livro didático através do qual o professor terá liberdade para segui-lo à risca ou com flexibilidade, adequando-se a realidade na qual se insere tal metodologia.

E aqueles alunos que não tiverem condições de acompanhar as aulas remotas, O Estado deverá solucionar a situação, promover um rodizio entre os mesmos, para que esses tenham as mesmas aulas que os demais tiveram, promovendo a igualdade e inclusão de todos dentro deste novo cenário que veio para ficar. Caberá as IES a adequações e higienização dos espaços escolares de acordo com as regras sanitárias e novas estruturas de ensino, para receber os alunos de modo que esses estudantes sigam os protocolos de segurança e que se preserve a saúde de todos.
Prefeito de Tuntum sobre a morte do filho: "Daria a minha vida em troca pra você poder ter mais tempo pra construir a sua história" 


No inicio da tarde deste domingo (28), o prefeito da cidade de Tuntum, Cleomar Tema, se manifestou pela primeira vez após o trágico falecimento do seu filho, Rafael Seabra, de 32 anos, que morreu em acidente automobilístico na noite dessa sexta-feira (26).
Pela sua página do Instagram, o ex-presidente da Famem fez um comovente depoimento sobre a vida e perda do filho.
“Quanta dor sinto em meu peito e continuarei sentindo por tua ausência. Sua passagem foi muito curta por esta vida meu filho”, disse o pai que perdeu o filho médico.
Em outro trecho, Tema disse que daria sua própria vida em troca do filho.
“Meu querido filho, se eu pudesse daria a minha vida em troca pra você poder ter mais tempo pra construir a sua história, história essa que em pouco tempo deixou um legado que ninguém e nem mesmo o tempo poderá tirar de você.” Completou.
– Acompanhe ao lado a íntegra das palavras de Cleomar Tema…
Repercussão
A morte do jovem médico gerou uma comoção entre os maranhenses. Diversas entidades, políticos, médicos e população em geral usaram as redes sociais para dedicar palavras de conforto à família e amigos.
O Tribunal de Justiça do Maranhão, por exemplo, emitiu uma nota na qual externa profundo pesar pelo falecimento de Rafael Seabra.
O jovem era sobrinho do Desembargador Cleones Cunha.
“Desejando conforto e serenidade em momento tão difícil de imensurável perda, ao tempo em que presta condolências e expressa os mais sinceros pêsames”, completa a nota assinada pelo Desembargador Lourival Serejo, presidente do TJ-MA.
Blog do Domingos Costa 
Com 61%, prefeito Fábio Gentil lidera corrida sucessória em Caxias, aponta JPesquisa


O prefeito Fábio Gentil (Republicanos) se reelegeria com mais de 60% dos votos em Caxias se as eleições municipais fossem hoje. É o que mostra levantamento feito pela empresa JPesquisa, naquele município. A JPesquisa ouviu 600 pessoas na cidade, entre os dias 19 a 22 de junho, sendo a pesquisa registrada na Justiça Eleitoral com o número TSE nº MA-02708/2020. O intervalo de confiança é de 90% e a margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

A pesquisa apresenta três cenários: um espontâneo (quando não é citado para os entrevistados o nome de qualquer candidato) e dois estimulados (quando há nome de candidatos para a escolha do eleitor).

No primeiro cenário, o espontâneo, Fábio Gentil aparece com 51% das intenções de voto. Em seguida, vem o deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB), com 8%. Paulo Marinho Jr (PP) aparece com 4%, Thaís Coutinho com 2%, percentual igual à da deputada Cleide Coutinho (PDT). Tino Castro, César Saba e Léo Coutinho obtiveram 1% cada um. Não sabe ou não respondeu: 30%.

ESTIMULADO

Já no primeiro cenário estimulado, o prefeito Fábio Gentil obteve 61% da opinião dos entrevistados, sendo seguido por Adelmo Soares, com 15%; César Saba, com 4%, e “candidato do PT” com mesmo percentual que Sabá. Luís Carlos Moura foi citado por 2% dos ouvidos. Nenhum dos candidatos foi a opção de 10% dos entrevistados e não sabe ou não respondeu ficou com 4%.

Na simulação de uma disputa entre Fábio Gentil e Adelmo Soares, os percentuais ficaram assim: Gentil aparece com 64% das intenções de voto contra 17% de Soares. Nenhum dos candidatos somou 14% e não sabe ou não respondeu, 5%.

REJEIÇÃO

A JPesquisa também levantou a rejeição dos nomes postos para a disputa em Caxias. O deputado Adelmo Soares tem a maior rejeição (23%), seguido pelo prefeito Gentil (15%), Sabá (7%), “candidato do PT” (4%), Luís Carlos Moura (3%). Nenhum dos candidatos reuniu 30% dos ouvidos e não sabe ou não respondeu, 18%.

Além da rejeição, o levantamento mostra a avaliação da gestão de Fábio Gentil à frente da Prefeitura de Caxias. Consideram ótima a gestão do Republicano 16%; outros 37% disseram considerar boa e 30%, regular. Citaram como ruim, 10% dos entrevistados, e péssima, 4%. Não souberam ou não responderam somaram 3%.

Sobre se a população aprova ou desaprova a gestão municipal, a pesquisa mostra que 68% disseram aprovar a administração de Fábio Gentil e outros 29% opinaram pela desaprovação da gestão. Já 3% não sabe ou não respondeu. (Jornal Pequeno)
COVID-19: Uma reflexão do momento em que vivemos 


Rosângela dá Cruz
Terapeuta e Acupunturista 
Ac. de Farmácia

A pandemia repercute no modelo de economia capitalista neoliberal orientado para privatização e lei do mercado, expondo que os países que mais privatizaram a saúde são aqueles que enfrentam mais dificuldades de contingenciamento da pandemia, como os Estados Unidos, nesse cenário, a pandemia assume função alegórica à medida que traz à tona possibilidades de interpretação da realidade ou de pensamentos que sustentam as relações sociais e que, até então, estavam no campo da invisibilidade, especialmente as formas articuladas de dominação dos três unicórnios sociais: Capitalismo, Colonialismo e Patriarcado. Em conjunto, eles formam uma tríade poderosa que atua sobre a lógica de organização e funcionamento das sociedades. O cenário da pandemia torna transparente a visão binária capitalista (Superiores e Inferiores) que reforça as disparidades sociais, legitimando a má distribuição de riquezas, a manipulação de pensamentos, a dominação cultural, a exploração capitalista, a existência de desigualdades sociais e dos modos de vida que colocam em risco a sobrevivência da humanidade e do planeta. 

Atrelado a essa perspectiva do campo político, o que chama atenção, é que a pandemia revela o esvaziamento da mediação dos intelectuais no que tange à produção de suas teorias e de suas teorizações e o alcance destas em relação aos anseios e necessidades dos cidadãos em suas vidas cotidianas, visto que a maioria dos intelectuais pensa e produz sobre o mundo, mas não pensa e produz com o mundo, o Isolamento Social, discute a experiência de uma quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus, em que aqueles grupos vulnerabilizados pela discriminação racial, sexual e pela exploração capitalista, já vivem em detrimento das suas condições de vida. Para o autor, toda quarentena é difícil, e discriminatória para alguns e impossível para outros e, por isso, se propõe a analisá-la a partir da perspectiva de, idosos, crianças, grupos de riscos, pessoas em situação de rua, imigrantes sem documentos, trabalhadores precários e informais, moradores de periferias e deficientes. analisarmos a quarentena sob a ótica desses grupos, propõe-se uma reflexão sobre as recomendações de autoisolamento e distanciamento social proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Embora essas recomendações possam ser efetivas para a classe média, não contemplam os cidadãos submetidos a condições de discriminação, injustiça social e sofrimento, de modo que as ausências de suas liberdades individuais, de direito à cidadania, ao cuidado de si, à cidade e ao trabalho formal que lhes garantam renda para a manutenção das mínimas condições de higiene e alimentação lhes expõem diariamente ao maior risco de contaminação pelo vírus. 

A medida em que alguns grupos têm permanecido à margem de direitos básicos, eles já vivenciam historicamente quarentenas em seus cotidianos e também propõe reflexões sobre esses períodos que representam os seus modos de vida. Por fim, chama atenção para o fato de que, contrariamente ao que é evidenciado pela mídia e organismos internacionais, o isolamento, não somente evidencia esses grupos, como agudiza a injustiça e o sofrimento que vivem. Diante da Intensa Pedagogia do Vírus: Temos vários aprendizados que, extraídos do cenário da pandemia como aprendizagens tais como: O tempo político e “mediático” condiciona o modo como a sociedade contemporânea se apercebe dos riscos que corre; As pandemias não matam tão indiscriminadamente quanto se julga; Enquanto modelo social, o capitalismo não tem futuro. A extrema-direita e a direita hiper-neoliberal ficam definitivamente descreditadas; O colonialismo e o patriarcado estão vivos e reforçam-se nos momentos de crise aguda; O regresso do Estado e da comunidade. Então por meio uma abordagem sobre o “Aprender com a Pandemia”. Também se aborda a articulação entre a pandemia e os problemas mais antigos (como sociais e ecológicos) que a humanidade enfrenta e que se tornam acirrados e visíveis em tempos de crise, especialmente devido aos limites impostos ao Estado pelo capitalismo neoliberal advindo da política de privatização dos serviços de saúde, a busca por respostas a momentos e situações de crise se dá de formas diferentes, conforme os interesses econômicos e políticos que sustentam os modelos de sociedades neoliberais, cuja hegemonia social e política está fundamentada em concepções de extrema-direita e da direita hiper-neoliberal. Essas concepções têm passado por processos de descrédito à medida que as pessoas têm tomado consciência de seus objetivos financeiros e suas trágicas consequências globais, ao passo que o colonialismo e o patriarcado continuam exercendo poder e encontram terreno fértil para se fortalecerem em crises agudas. Em tese essa questão coloca, como fatores culturais, políticos, econômicos, sociais e ideológicos atuam como determinantes sociais da saúde e podem colocar populações em risco. Então a necessidade de discute-se, que as sociedades terão de se adaptar ao futuro, a fim de evitar que surjam novas pandemias tão ou mais letais quanto a atual. Ênfase especial é dada à reflexão sobre quais alternativas serão encontradas: se aquelas que buscam o retorno ao antigo normal ou aquelas que buscam a promoção do bem-estar, a partir de mudanças nos modos de produção e consumo. 

REFERÊNCIAS:

1. Sousa Santos B. A cruel pedagogia do vírus. Coimbra: Almedina; 2020. 
2. Scielosp.org
Dra. Cleide Coutinho manifesta pesar e se solidariza com o prefeito de Tuntum pela morte do seu filho 

A deputada estadual Dra. Cleide Coutinho usou sua rede social para manifestar pesar pelo falecimento de Rafael Seabra, filho do prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, ocorrido na manhã de ontem (27), na BR-316. O veiculo em que ele estava colidiu violentamente com um ônibus da empresa R.A. 
A deputada na sua conta no Instagram, escreveu:“Lembro do Rafael como um rapaz alegre, sempre gentil, de coração muito humilde, um pai de família apaixonado pela esposa e pelos filhos e um profissional sempre dedicado a salvar vidas". 

sábado, 27 de junho de 2020

Esposa de vereador dá geladeira usada a idosa e exige que a beneficiada agradeça ao esposo legislador...

Do site do Jotônio Viana 

Mais um exemplo da velha, ultrapassada e humilhante política praticada em Caxias do MA com os mais necessitados.
Assistência
No vídeo abaixo, a esposa do vereador Durval Júnior, Célia Durval, faz uma ‘assistência’ a uma senhora idosa, que estava precisando de uma geladeira.
Magnânima
‘Magnânima’, Célia Durval doa uma geladeira usada e, depois, constrange a idosa exigindo que a mesma agradeça ao marido vereador…
Humilhante
Nada mais humilhante para quem passa extrema necessidade.
Confira no vídeo abaixo...

Parabéns ao casal Irmão Assis e Irmã Nelzir pelas Bodas de Granito (48 anos de casado) 
Deus abençoe e ilumine a cada dia este casal com muitas prosperidades e guie para um caminho de glória 


Parabéns ao casal pela Bodas de Granito (48 anos) Que hoje e sempre não falte a saúde, a paz e as bençãos de Deus.
Deus em toda sua bondade concedeu a vocês mais um ano de vida juntos, e com certeza foi mais um ano se aprendizagens e de grandes momentos um ao lado do outro.
Parabéns e muitas felicidades e que Deus ilumine ainda mais a vida deste casal iluminado por Deus, este é um grande dia, acima de tudo muito especial, desejo muita alegria e felicidade a vocês.
São as felicitações deste redator ao casal de amigos e irmãos em Cristo, Assis e Nelzir, que eu tive a honra e o prazer de conhece-lo em maio de 1986. 
Parabéns! 
Filho do prefeito de Tuntum morre em grave acidente na BR-316 


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o jovem médico Rafael Seabra (foto) morreu durante um grave acidente na Br-316 entre os municípios de Alto Alegre e Peritoró na madrugada deste sábado  (27).
Segundo informações da PRF, o médico tinha acabado de sair de um plantão no hospital de Alto Alegre. O carro em que ele estava colidiu frontalmente com um ônibus da empresa R.A na BR-316 e o médico faleceu no local.
Dr. Rafael, dirigia uma Toyota Hilux, SW4. O jovem era filho do prefeito de Tuntum, Cleomr Tema, com a líder política Ana Isabel, de Tuntum.
Dr. Rafael Seabra, trabalhava no Hospital Geral de Alto Alegre. A morte do médico chocou a população do Alto Alegre, Tuntum e demais municípios onde ele era muito conhecido.


Veja as regras que bares e restaurantes devem seguir para reabrir neste sábado (27) 


Como parte do processo de retomada gradual das atividades no Maranhão, os bares e restaurantes poderão reabrir a partir deste sábado (27) no Estado. Mas, assim como nos demais segmentos, precisam seguir uma série de medidas sanitárias.
Além dessas regras específicas, os bares e restaurantes precisam seguir as normas gerais que valem para todos e que incluem o uso de máscara, a higiene das mãos e o distanciamento.
Os prefeitos podem editar regras mais rígidas, inclusive proibir a abertura dos estabelecimentos, dependendo da análise da evolução da doença nas cidades.
Restrições
Os bares, restaurantes e praças de alimentação dos shoppings e galerias ainda não podem reabrir, devendo funcionar com delivery ou drive-thru, como já vinha acontecendo.
Também não pode funcionar o serviço self-service, em que os alimentos ficam expostos e os clientes se servem. A mesma proibição vale para rodízios. Também fica proibido o self-service de pães e similares.
Não serão permitidas atrações culturais ou musicais, para evitar aglomerações. Festas não podem ser realizadas nesses estabelecimentos. Não podem se apresentar DJs, cantores, bandas e outras atrações desse tipo. Também não pode ser feito qualquer tipo de atração que promova aglomeração ou movimentação.
Lotação
Os estabelecimentos devem operar com metade da capacidade física, reduzindo bancos, mesas e cadeiras.
Só pode haver quatro pessoas por mesa, e todas elas devem morar na mesma residência.
Cada mesa precisa estar a pelo menos dois metros de outras mesas. Devem ser higienizadas a cada troca de clientes. As toalhas devem ser trocadas a cada uso.
Sem aglomeração
Não pode haver aglomerações nem dentro do estabelecimento e nem na entrada. Filas devem ser evitadas. Para isso, podem ser adotados senhas ou sistemas semelhantes. Se houver filas, é preciso distância de dois metros entre as pessoas.
Na parte de circulação interna, deve ser sinalizada a distância de dois metros entre um cliente e outro.
Regras de higiene
As máscaras são obrigatórias. Só podem ser retiradas no momento da refeição. O estabelecimento deverá fornecer um saco plástico higienizado para a máscara ser colocada durante a refeição.
Os funcionários precisam lavar as mãos e os antebraços com frequência. Aqueles que lidam com o público ou com alimentos precisam usar luva, óculos, avental e máscara cirúrgica.
Espátulas, pegadores, conchas e outros utensílios devem ser lavados a cada 30 minutos.
Os trabalhadores deverão manter os cabelos presos e não utilizar bijuterias, joias, anéis, relógios e outros adereços.
Público
Pessoas do grupo de maior risco não podem, ainda, estar presentes nos bares e estabelecimentos. Entre eles, estão as pessoas com sintomas gripais; com 60 anos ou mais; e gestantes.
O ambiente deve ser o mais arejado possível. Espaços exclusivos para crianças devem ser fechados.
Não podem ser dados alimentos e bebidas para degustação.
Devem ser retirados paliteiros, saleiros, açucareiros e temperos servidos dessa forma. Só sachês podem ser usados.
Guardanapos de papel devem ser oferecidos ao cliente em dispenseis protegidos ou embalados. Se forem usados guardanapos de tecidos, estes podem ser levados após o cliente ocupar a mesa.
Os estabelecimentos devem oferecer um sistema de pedidos e entrega delivery, com embalagens duplas para as refeições prontas.
Horário
Os bares e restaurantes deverão seguir os seguintes horários: almoço das 11h às 15h; lanches das 10h à 0h; e jantar das 18h à 0h.
As padarias deverão seguir o horário de 6h às 20h.

sexta-feira, 26 de junho de 2020

Para atender possíveis aumentos de casos na região vizinha ao Piaui, Flavio Dino anuncia novos leitos para Caxias e Timon  


Enquanto o Maranhão tem apresentado melhoras no quadro sanitário decorrente do novo coronavírus, o vizinho Piauí enfrenta ao que parece ser um pico de contágio. Seria a vez, se afeito a revanchismo, de Flávio Dino culpar a capital piauiense pelo possível aumento de casos em municípios maranhenses próximos a divisa – como fez o prefeito de Teresina, Firmino Filho, meses atrás, ao tentar responsabilizar o Maranhão pelos casos de Covid-19 no Piauí. Ao contrário disso, Flávio Dino anunciou, durante entrevista coletiva pelas redes sociais, na manhã de sexta-feira (26), a expansão de leitos em Caxias e Timon.
Tendo o Maranhão sempre mantido boas relações com o estado, de forte identidade cultural, causou espanto à época, quando vídeos e áudios viralizaram nas redes sociais em que o prefeito Firmino Filho dizia que o vírus entrava no Piauí pelas fronteira com o Maranhão e exigia uma postura de Flávio Dino. Na época, ocupado em dar celeridade à implementação do lockdown e à expansão da rede de atendimento, Dino não retrucou, numa clara preferência em não comprometer as relações diplomáticas com o estado irmão.
A resposta ao prefeito de Teresina seria clara: não há barreiras para a nova doença e é o que se vê pelo mundo. A hora é de dar as mãos e cuidar dos seus. Parece que é o que fez Dino que, mesmo diante do crescimento dos casos no Piauí, se ateve a procurar as saídas para resolver o que cabe à gestão maranhense: o suporte às vítimas do Covid-19 na região.
“Nós estamos agora, hoje e amanhã, implementando uma medida de ampliação de leitos, no leste do Maranhão, especialmente nas cidades de Caxias e Timon, porque lá houve um crescimento, acompanhando inclusive o que está acontecendo no vizinho estado do Piauí, onde há notícia até de saturação da rede hospitalar do vizinho Piauí, especialmente em Teresina”, relatou Dino, anunciando além dos novos leitos, a disponibilização de UTI aérea para trazer pacientes da região para tratamento em São Luís, se necessário.
Blog do Clodoaldo 
Humanizando o tratamento da Covid-19


O rigoroso isolamento de pacientes internados para tratamento da COVID-19, gera angústia aos seus familiares, que muitas vezes precisam ir às unidades hospitalares para ter notícias.

Preocupada com esta situação, a deputada estadual Dra. Cleide Coutinho (PDT), doou nesta sexta-feira, 26/06, um tablete com caixa de som ao Hospital Macrorregional de Caxias para que os pacientes possam interagir com seus familiares através de mensagens de vídeos e fotos, proporcionando uma melhor comunicação e levando mais tranquilidade aos seus entes queridos.



A entrega dos equipamentos foi feita pela coordenadora de Ação Social da parlamentar, Fátima Liguori. ao diretor do Hospital, Jefferson Coutinho,  que expressou sua “grande satisfação por mais esta ação da deputada Dra. Cleide. Ela é uma médica sempre preocupada e comprometida com o bem-estar dos nossos pacientes, viabilizando meios para humanizar o tratamento desta difícil enfermidade”