domingo, 10 de novembro de 2013

Assembléia de Deus. 69 anos disseminando a palavra de Deus no município.

Desfile pelas principais ruas  fez parte das comemorações.(foto NOCA)
A Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Caxias completa 69 anos de fundação neste final de semana. Um desfile pelas principais ruas da cidade na manhã de sábado (09) marcou o inicio das festividades de comemoração alusiva a data.

Maior denominação evangélica do Brasil, a Igreja AD caxiense nestes 69 anos de existência tem disseminado a palavra de Deus em todos os locais do município. O movimento pentecostal dos assembléianos neste torrão  teve inicio no povoado Boa Hora, local onde foi fundada a 1ª congregação da Assembléia de Deus de Caxias no dia 9 de novembro de 1944. De lá para cá, muitas bençãos e vitorias foram alcançadas pelos fiéis, que hoje atinge a marca de 17 mil congregados, espalhados em mais de 100 congregações. 

O pastor Caetano Jorge é o atual presidente da AD e conta com o trabalho de vários auxiliares na divulgação do evangelho em Caxias. Sob o seu comando a igreja cresceu em números de congregados e também na parte espiritual. O batismo com o Espirito Santo é o fortalecimento da vida de cada servo fiel ao Deus altíssimo.

     

A lealdade de Sebastião Madeira…


Nem o mais revoltado oposicionista maranhense pode negar a postura de lealdade e compromisso que o prefeito de Imperatriz , Sebastião Madeira (PSDB), construiu ao longo de sua trajetória política.
Madeira sempre esteve ao lado do ex-governador Jackson Lago (PDT), e se manteve com ele, mesmo quando muitos dos que hoje usam o legado jackista como bandeira preferiam estar em outros palanques.
O compromisso do prefeito tucano era com Jackson Lago e se manteve até o fim.
Tanto que, hoje, Madeira tem o respeito, a admiração e a lealdade da viúva Clay e do filho do ex-governador, Igor.
Esta mesma lealdade ele demonstra agora com o secretário e pré-candidato a governador Luis Fernando Silva (PMDB).
O prefeito se aproximou de Luis Fernando mesmo quando sua candidatura ainda era uma possibilidade mais que remota.
E enfrentou até a ironia dos mesmos que agora o atacam.
http://3.bp.blogspot.com/_0U-tmDGHj4A/S_ssf0u-McI/AAAAAAAAAfQ/Y1yHMjTlxwo/s320/JAckson+%26+Madeira.JPG
A mesma lealdade dada a Jackson ao longo da vida
Poucas lideranças políticas maranhenses demonstram tanta lealdade e compromisso para 2014 quanto Sebastião Madeira.
O tucano enfrentou o próprio partido, assumiu o risco da aliança em plena campanha pela reeleição em Imperatriz e ainda convenceu muitos aliados a seguir o mesmo caminho.
A oposição – tola e sectária – ao invés de tentar reconquistá-lo, preferiu empurrá-lo ainda mais para a aliança com o secretário, atacando o prefeito e tentando impedir a renovação do seu mandato.
Muitos destes oposicionistas – agrupados no PDT, no PSB e no PCdoB – ainda apostam que Madeira se afastará de Luis Fernando, acreditando eles na cretina tese da traição e enganação política, que muito move a própria oposição.
Para estes, Madeira costuma dizer que a resposta será dada em 2014.
blog do Marco Deça

Maranhão com todo o gás

Coluna do Sarney
Deus entregou ao Maranhão uma nova e fundamental fonte de riqueza, o gás. O Maranhão passa agora a ser um exportador de energia para o resto do país.
Foram inauguradas no dia 7 as usinas da Eneva em Santo Antônio dos Lopes, após dois anos e três meses de obras. O Complexo Parnaíba, com as usinas Parnaíba I (676 MW) e Parnaíba III (169 MW) já operam e somam 845 MW. Passaremos no primeiro semestre do próximo ano a ser o maior campo de gás do país, com o equivalente a 1.400 MW e chegaremos a 3.140 MW, o equivalente à energia firme de duas usinas de Jirau. O Complexo de usinas pode chegar a produzir 3.722 MW e deve atender até 6,4 milhões de famílias.
gasEle é único do Brasil que integra a produção de gás e a geração de energia. Suas instalações são ultramodernas e já mudaram a face da região. O gás atinge sete municípios.
O projeto da Eneva, antiga MPX, que tem como principal acionista a E.ON, é um investimento de R$ 4,2 bilhões, todos da iniciativa privada. Foi feito um gigantesco esforço em treinamento de pessoal e foram criados 3.700 empregos diretos e mais de 10 mil indiretos.
É um projeto ultramoderno. Eu visitei há alguns anos a usina a gás de Shangai que tinha 400 metros de extensão e gerava 500 MW. Aqui o projeto é feito de unidades compactas a partir de 160 MW que se integram para o resultado final.
O Complexo Parnaíba responde por metade da capacidade de geração da Eneva. O investimento total da companhia no Maranhão atinge R$ 7 bilhões, com a Termelétrica Itaqui, em São Luís.
O gás natural que abastece as usinas do Complexo Parnaíba é extraído dos poços da Bacia do Parnaíba e representa cerca de 40% da produção em terra (on shore) do combustível no Brasil. Atualmente, o consumo de gás natural pelas usinas é de cerca de 5,5 milhões de metros cúbicos/dia.
Até agora, 33 poços de exploração já foram perfurados na Bacia do Parnaíba, dos quais 22 tiveram indicação de gás. Além do gás, estão sendo produzidos diariamente 120 barris de petróleo, o começo de uma produção que seguramente vamos ter com o resultado da exploração dos novos campos licitados no estado. Além disso, com o crescimento da produção de gás, deve haver um excedente não utilizado na geração de energia elétrica que será disponibilizado para as indústrias maranhenses.
O empreendimento é fruto do trabalho da governadora Roseana e do ministro Edison Lobão, que se empenharam para que ele se tornasse realidade. Isto confirma a nova etapa em que o Maranhão está entrando, com os investimentos em celulose da Suzano e com a Refinaria Premium da Petrobrás, que será a maior do Brasil. São R$ 120 bilhões de investimentos nos diversos projetos em andamento no estado.
Alcançamos também um resultado da maior importância na redução de pobreza, onde a presidente Dilma tinha fixado a meta de redução de 12,5% em 2015, meta que o Estado já atingiu, baixando 22% para 12% a pobreza extrema. Este anúncio foi feito pelo subsecretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Ricardo Paes de Barros.
O Maranhão, na inauguração do Complexo Parnaíba, deu também provas de caráter: foram prestadas homenagens a Eike Batista, num momento em que o empresário está passando por dificuldades, e à visão pioneira de Roberto Viana, que foi o primeiro a descobrir a capacidade de geração de gás na região.

Imagem comprometida.


Pelo visto o prefeito Leonardo Coutinho (PSB) parece não estar muito preocupado com o movimento grevista dos guardas municipais, que entra hoje no 4º dia de paralisação, sem previsão de nenhum acordo de ambas as partes. Com a greve da categoria a imagem dele, que já não está boa, fica ainda mais comprometida.
O prefeito demonstra que não vai ceder fácil as pressões de 95% dos guardas que aderiram ao movimento de paralisação Duro contra o Sindicato da classe, desde o inicio das negociações, o impasse comprova que Léo Coutinho é um péssimo administrador. Impressiona o fato dele não ouvir nem mesmo os vereadores da sua base de apoio, que não o convenceram a enviar ao Legislativo o Plano de Cargos, Salários e Carreira da classe, tentaram foi a todo custo emperrar à advertência dada pelos servidores da Guarda Municipal de quê iriam paralisar suas atividades. 

Crises como essa da Guarda Municipal e a notável precariedade em alguns setores, só prejudicam a administração municipal, que cambaleia meses após meses, e parece perdida a ponto de não se encontrar mais. E é bom o prefeito correr contra o tempo logo, porque não tem coisa pior para a imagem de um gestor, do quê greve de funcionários da prefeitura. É pra fechar a tampa do caixão!

Quando será que o eleitor se deixará cair pelo jogo sujo pelo poder?


Em minha opinião, o eleitor se acostumou a ser massa de manobra e, principalmente, a acreditar de promessas mirabolantes que jamais sairão do discurso nefasto ouvido nos programas eleitorais. O certo é que os políticos tratam os eleitores como objeto de sua avidez pelo poder.
Vimos isso acontecer claramente nas eleições de 2012 aqui em Caxias, cujos políticos usaram seus palanques para prometer, enganar, além de praticar todos os tipos de estelionatos eleitorais na busca de votos e quando se elege, não assume o que prometera e sequer se lembra daqueles que caíram no conto do vigário.
Nesse jogo macabro, o chefe do executivo, que não passa de uma marionete nas mãos daquele que se coloca a ditar as regras, pois é uma espécie de superior hierárquico, que usa de sua força para manobrar as finanças, a administração, a comunicação e os aliados.
Este cidadão após um ano comandando tudo, mesmo não cumprindo com as promessas mirabolantes, sem planejamento ou um programa de governo bem elaborado, terá a responsabilidade sequer por um dia do mandato, pois o povo, que caiu como pato, confiou seu voto e elegeu uma marionete.
Na verdade, observa-se agora que mais uma vez o eleitor ver de braços cruzados a promiscuidade praticada neste jogo indecoroso, que trouxe uma gestão pífia e recheada de famigerados.
A população deveria rechaçar estes políticos jamais lhes concedendo seu voto, pois está provado que não tem nenhum compromisso e respeito com a confiança depositada pelo povo, apenas buscam benesses políticas.
Alguém tem dúvida???

Abrindo caminhos


O secretário de Estado da Infraestrutura, Luis Fernando Silva, anunciou no final da tarde de sexta-feira (8), projeto executivo de pavimentação da rnto, o secretário anunciou o asfaltamento de 4 km de vias urbanas no município.
A solenidade que marcou o anúncio dos importantes investimentos contou com a presença do ministro do Turismo, Gastão Vieira; do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo; do prefeito de São João dos Patos, Waldênio Souza, além de prefeitos da região e dos deputados estaduais Alexandre Almeida e Rogério Cafeteira.
“Essas obras estão atendendo as demandas da população do médio sertão, que foi ouvida durante os seminários regionais realizados pelo Governo do Estado. Além das estradas que estamos recuperando na região, e das que vamos pavimentar, a exemplo da MA 034, que estamos aqui com o edital para contratação do projeto executivo, vamos asfaltar 102 km de vias urbanas em 27 cidades das regiões de Balsas, Colinas e São João do Patos”, informou o secretário.
luisfernando1
Para Luis Fernando, a construção, manutenção e conservação das estradas é também investimento em saúde, educação e desenvolvimento.  “Com a estrada asfaltada, a saúde das crianças e dos cidadãos melhora porque eles não viverão na poeira; os estudantes poderão ser transportados confortavelmente para a escola e a produção é melhor escoada”, pontuou o secretário
Com relação à pavimentação das vias urbanas, Luis Fernando lembrou que essa é uma iniciativa do Governo do Estado para ajudar as prefeituras e diretamente a população. “Sempre digo que o prefeito não pode tudo, mas pode muito. E com a ajuda do Governo do Estado, os prefeitos podem muito mais. Para desenvolver um estado precisamos melhorar os municípios, e isso estamos fazendo”, acentuou.
O ministro Gastão Vieira elogiou a iniciativa do Governo do Estado de investir na região do médio sertão com ações de infraestrutura que melhorem a mobilidade. “Sou testemunha do cuidado do governo com essa importante região do Maranhão”, disse Vieira.
Já o prefeito Waldênio Souza, que recebeu do secretário Luis Fernando cópia do edital para contratação do projeto executivo de pavimentação da MA 034, agradeceu o governo pelos investimentos que beneficiarão os diversos municípios.
“A parceria que o governo tem feito com os municípios e as obras que estão sendo realizadas é de substancial importância tanto para São João dos Patos quanto para os demais municípios da região”, finalizou o prefeito.